Ciência constata que telepatia e outros dons mediúnicos estão em nosso DNA…

mudanças dna“Nosso DNA é um biocomputador”, dizem cientistas russos.

Pesquisas científicas estão explicando os fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos de cura e autocura e outros.

Quando os cientistas começaram a desvendar o mundo da genética, compreenderam a utilidade de apenas 10% do nosso DNA.

O restante (90%) foi considerado “DNA LIXO”, ou seja: sem função alguma para o corpo humano.

Porém, este fato foi motivo de questionamentos, pois alguns cientistas não acreditaram que o corpo físico traria algum elemento que não tivesse alguma utilidade.

E foi assim que o biofísico russo e biólogo molecular Pjotr Garjajev e seus colegas iniciaram pesquisas com equipamentos “de ponta”, com a finalidade de investigar os 90% do DNA não compreendido.

E os resultados apresentados são fantásticos, atingindo aspectos antes considerados “esotéricos” do nosso DNA.

O QUE AS PESQUISAS ESTÃO CONCLUINDO?

1. O DNA tem capacidade telepática

A partir das últimas pesquisas, cientistas concluíram que o nosso DNA é receptor e transmissor de informações além do tempo-espaço.

Segundo essas pesquisas, o nosso DNA gera padrões que atuam no vácuo, produzindo os chamados “buracos de minhoca” magnetizados! São “buracos de minhocas” microscópicos, semelhantes aos “buracos de minhocas” percebidos no Universo.

Sabe-se que “buracos de minhocas” são como pontes ou túneis de conexões entre áreas totalmente diferentes no universo, através das quais a informação é transmitida fora do espaço e do tempo.

Isto significa que o DNA atrai informação e as passa para as células e para a consciência, uma função que os cientistas estão considerando como a internet do corpo físico, porém muito mais avançada que a internet que entra em nossos computadores.

Esta descoberta leva a crer que o DNA possui algo que se pode chamar de telepatia interespacial e interdimensional. Em outras palavras, O DNA está aberto á comunicações e mostra-se suscetível a elas.

Pesquisas relacionadas à recepção e transmissão de informações através do DNA estão explicando os fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos de cura e autocura e outros.

2. Reprogramação do DNA através da mente e das palavras

O grupo de Garjajev descobriu também que o DNA possui uma linguagem própria, contendo uma espécie de sintaxe gramatical, semelhante á gramática da linguagem humana, levando-os a concluir que o DNA é influenciável por palavras emitidas pela mente e pela voz, confirmando a eficácia das técnicas de afirmação, de hipnose (ou auto hipnose) e de visualizações positivas.

Esta foi uma descoberta impressionante, pois diz que se nós adequarmos as frequências da nossa linguagem verbal e das imagens geradas por nosso pensamento, o DNA se reprogramará, aceitando uma nova ordem e uma nova regra, a partir da ideia que está sendo transmitida.

O DNA, neste caso, recebe a informação das palavras e das imagens do pensamento e as transmite para todas as células e moléculas do corpo, que passam a ser comandadas segundo o novo padrão emitido pelo DNA.

Os cientistas russos estão sendo capazes de reprogramar o DNA em organismos vivos, usando as frequências de ressonância de DNA corretas e estão obtendo resultados bastante positivos, especialmente na regeneração do DNA danificado!

Utilizam para isso a Luz Laser codificada como a linguagem humana para transmitir informações saudáveis ao DNA e essa técnica já está sendo aplicada em alguns hospitais universitários europeus, com sucesso em vários tipos de câncer de pele. O câncer é curado, sem cicatrizes remanescentes.

3. O DNA responde á interferências da Luz Laser

Continuando nessa linha de pesquisas, o pesquisador russo Dr. Vladimir Poponin, colocou o DNA em um tubo e enviou feixes de Luz Laser através dele. Quando o DNA foi removido do tubo, a Luz Laser continuou a espiralar no DNA, formando como que pequenos chacras e um novo campo magnético ao redor do mesmo, maior e mais iluminado que o anterior.

O DNA mostrou-se agir como um cristal quando faz a refração da Luz, concluindo que o DNA irradia a Luz que recebe.

Esta descoberta levou os cientistas a uma maior compreensão sobre os campos eletromagnéticos ao redor das pessoas, assim como também compreenderam que as irradiações emitidas por curadores e sensitivos acontecem segundo esse mesmo padrão: receber e irradiar, aumentando e preenchendo com Luz o campo eletromagnético ao redor.

Assuma o Comando do seu Ser!

As pesquisas estão ainda em fases iniciais, e os cientistas acreditam que ainda vão descobrir muitas outras coisas interessantes!

Por enquanto, as conclusões nos estimulam a continuarmos com as técnicas de afirmações positivas, cuidando dos nossos pensamentos e das imagens por ele geradas, a fim de que as transmissões sejam correspondentes a saúde, ao bem estar e a harmonia, enviadas não apenas ao DNA como também para todo o corpo!

Tenho certeza de que o nosso DNA agradece por suas informações positivas transmitidas a ele!

Que tal melhorar as suas transmissões verbais e mentais?

Comunique-se positivamente com seu corpo e reprograme seu DNA!

Tania Resende

Nota: Todas as informações do texto acima estão contidas no livro “Vernetzte Intelligenz” von Grazyna Fosar und Franz Bludorf, ISBN 3930243237, resumidos e comentados por Baerbel.

O livro, infelizmente, só está disponível em Alemão até agora. Você pode alcançar os autores aqui:

Também poderá ouvir o próprio Pjotr Garjajev falar neste vídeo:

Fonte: “O Sol Interno”: Cientistas revelam: DNA possui funções mediúnicas: telepatia, irradiação e contato interdimensional!

O QUE É REALIDADE?

matrix-1_thumb.jpg

(O conceito matemático de Matriz [= Matrix, em inglês] consiste em uma ordenação adequada de símbolos [normalmente números] no espaço. Em duas dimensões, essas ordenações são chamadas de ‘linhas’ [na horizontal] e ‘colunas’ [na vertical], estamos presos aqui dentro)

 

“FÍSICA QUÂNTICA – A ILUSÃO DA REALIDADE”

Postado em 29 de junho de 2010 por Miguel Galli

Somos emanações divinas presentes eternamente no infinito AGORA. Tudo que observamos são nossas criações mentais. Tempo e espaço são conceitos ilusórios que criamos, formando uma prisão, que podemos chamar de ‘Matriz’. Vamos aos detalhamentos:

1. Hologramas são projeções de energia ou ‘luz’ que parece, ao observador, ser uma forma de 3 dimensões, mas na realidade são uma série de códigos e padrões de onda que apenas geram a ilusão de 3D quando um laser emite sua luz sobre esses hologramas. Toda a realidade dos 5 sentidos é uma ilusão holográfica que apenas existe de uma forma ‘sólida’ porque o cérebro/mente humana faz com que se aparente desta forma. O mundo 3D de paisagens, mares, edifícios e corpos humanos, apenas existe nessa forma quando nós olhamos para ele! Se não ele é uma massa de campos vibratórios e códigos. No filme Matrix, a Matriz é representada, vista de fora, por uma série de números verdes e códigos, enquanto que do interior ela é vivenciada como o tipo de mundo em que nós pensamos que vivemos – montanhas, ruas, pessoas etc. Esta é uma boa analogia.

2. Nós não enxergamos com os nossos olhos, nós enxergamos com o nosso cérebro! No caminho dos olhos até o córtex visual, região cerebral responsável pela “fabricação” da visão (gnosia visual), os lobos temporais editam e reconstroem até 50% ou mais da informação original que entra através da retina e nós apenas “vemos” o que o cérebro, com todas as suas realidades condicionadas, decide o que ele está vendo.

Em “O Universo Holográfico”, Michael Talbot conta-nos que nos anos ‘70 seu pai contratou um hipnotizador profissional para entreter um grupo de amigos. Um dos escolhidos para ser hipnotizado foi um homem chamado Tom e era a primeira vez que ele encontrava-se com um hipnotizador. O que os hipnotizadores de palco fazem é programar as pessoas para acreditarem que elas estão vendo algo ou fazendo algo que, na verdade, não passa de pura invenção.

O hipnotizador fez Tom acreditar que existia uma girafa na sala e mais tarde fez com que comesse uma batata crua acreditando que era uma maçã. Essas são confirmações de que o cérebro vê e experimenta o que ele é programado para acreditar o que ver e experimentar. Mas a parte mais interessante da história veio quando Tom foi trazido de volta para o estado de consciência desperta. Logo antes do hipnotizador terminar o estado de transe formal, ele disse a Tom que quando ele acordasse ele não seria capaz de ver sua filha, Laura.

O hipnotizador pediu a Laura para ficar em pé de frente e junto do pai de tal forma que quando ele abrisse os olhos ele estaria olhando no estômago dela. Quando perguntaram a Tom se ele conseguia ver sua filha, ele respondeu que não. Laura se mexeu bastante, mas não deu nenhum resultado. O hipnotizador se colocou atrás de Laura e segurou algo contra as costas de Laura. Para ver esse objeto, Tom teria que ver através de sua filha.

O hipnotizador pediu a Tom para dizer o que ele estava segurando em sua mão e, inclinando-se para frente para junto do estômago da filha, ele disse: “um relógio”. Foi-lhe pedido então para ler a inscrição no relógio e ele leu. O hipnotizador confirmou que realmente estava segurando um relógio com a inscrição descrita por Tom.

A mente de Tom foi programada para acreditar que ele não poderia ver sua filha e portanto ele não a viu. Além disso, ele pôde ver o que estava atrás dela. Como isso é possível? Nós construímos nossa realidade “aqui dentro” e não “lá fora”.

3. Uma afirmação perfeitamente correta é: “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Na prática, uma grande parte do que conhecemos é Mentira. Uma das mentiras mais enraizadas em nós é o nosso conceito (ilusório) de separação espacial e de tempo.

Comecemos pelo nosso conceito de tempo: com o conceito de tempo estabelecido na superfície de nosso planeta Terra, todos nós podemos praticar um ato posterior ANTES de um ato anterior, basta cruzar de oeste para leste o “meridiano do tempo”, que cruza o Oceano Pacífico exatamente na localização oposta ao meridiano de Greenwich. Desta forma cria-se uma diferença de tempo entre os atos de quase 12 horas! Que absurdo! Nosso conceito de Tempo é uma tremenda ilusão. Passado, presente e futuro: ilusão! Então, como funcionam todas as coisas, sem o conceito de Tempo?

Na realidade só existe o infinito e eterno Presente, o AGORA, com todos nossos conceitos de eventos passados e futuros ocorrendo no Eterno Agora, em realidades paralelas simultâneas, criadas por nossas mentes. É exatamente por causa disso que videntes conseguem “ver” e “sentir” acontecimentos “passados” e “futuros”: eles estão presentes no Agora! Reencarnação, portanto, não é um processo de vir e sair deste mundo com o passar do tempo: é mover-se para dentro e para fora de diferentes realidades, todas acontecendo simultaneamente.

Ainda não está convencido sobre a ilusão do tempo? Então considere um dos grandes mistérios que é a predição do “futuro”, que muitos estudos já provaram ser possível. Um exemplo nesse sentido é o “teste da cadeira” proposto pelo vidente holandês Gerard Croiset: investigadores iriam identificar eventos em salas espalhadas pelo mundo que não tivessem assentos numerados pré-alocados. As pessoas sentariam onde quisessem quando elas chegassem ao local do evento. O investigador daria a Croiset um assento particular para ser focalizado semanas antes do evento e ele teria que descrever a pessoa que iria sentar lá durante o evento futuro.

Durante 25 anos Croiset descreveu os ocupantes dos assentos com enorme precisão. Dra. Jule Eisenbud, professora clínica na Universidade do Colorado, conduziu um desses testes em 1969. Mais de duas semanas antes de um evento em Denver, Colorado, Eisenbud contactou Croiset na Holanda e deu a ele um assento para “ler”. Croiset disse que o homem que iria sentar naquela cadeira tinha cerca de 1.75m de altura e trabalhava na indústria e com ciência. Em seu trabalho, disse Croiset, ele usava um avental de laboratório que estava manchado com um produto químico esverdeado. Ele disse que o homem tinha os cabelos pretos, penteados para trás, uma cicatriz no seu dedão e um dente de ouro na sua mandíbula inferior. 17 dias depois, este mesmo homem sentou no assento e Croiset estava correto em todos os detalhes, inclusive sobre sua altura.

Como isso é possível? O homem “depois” na cadeira e o homem “antes”, antes mesmo que ele inclusive soubesse que ele iria àquele evento, não eram eventos que estavam acontecendo separados por várias semanas: eram eventos concomitantes na eternidade. Eles estavam acontecendo simultaneamente. Eram duas realidades mentais distintas, mas acontecendo no Infinito AGORA!!

4. Uma ilusão só pode controlar você quando você pensa que ela é real. Quando nós observamos nossas experiências diárias nós estamos olhando em um espelho de nós mesmos. Portanto, para mudar seu mundo mude a você próprio. Não culpe os outros, pois isso é aceitar que os outros têm poder sobre sua vida e sobre a realidade que você cria.

Não existe nada que não possa ser explicado, uma vez que entendamos que o Amor Infinito (Unicidade) é a única verdade e todo o resto é ilusão e que nós estamos criando a ilusão ou tendo a ilusão programada em nós por acreditar que ela seja real. Lyall Watson, biólogo e autor de “Supernature”, diz ter presenciado uma mulher Indonésia chamada Tia, uma xamã, conversando com uma menininha em um pequeno bosque de árvores.

Ele olhava a cena de uma curta distância e ela não sabia que ele estava lá observando. Ela pareceu explicar algo à garota e um certo ritual de dança e de gestos começou. Para o espanto de Watson, o pequeno bosque de árvores desapareceu e, após alguns segundos, voltou novamente. “Num momento Tia dançava no bosque sombreado; no seguinte ela ficava em pé sob um sol escaldante”, ele disse. “Ela conseguiu ‘ligar’ e ‘desligar’ o bosque várias vezes”, com Watson olhando sem acreditar. Isto é impossível? Não, não é. O bosque é uma ilusão holográfica e aqueles que compreendem como o processo funciona podem se desconectar dessa realidade, o sonho de consenso que concorda que o bosque existe. Com Lyall Watson observando esta cena intensamente, foi fácil para ele tornar-se parte do campo de realidade de Tia e também ver o bosque aparecer e desaparecer.

Outras pessoas poderiam ter observado isso de uma ilusão de realidade de consenso e o bosque não teria desaparecido para elas. Isto explica porque algumas pessoas podem caminhar através de paredes – elas acreditam que podem e essa torna sua experiência. Elas desconectam suas mentes e corpos das leis da realidade de consenso que insiste que isso é impossível. Quando digo “acreditar”, isto é um nível de crença muito além de qualquer pessoa que apenas diz “eu acredito”. Não é crença, é um conhecimento, um ser.

Existe um velho ditado que diz que nós podemos “mover montanhas”. Isto não tem um significado literal? Por que não? Se um bosque pode desaparecer, porque não uma montanha? A montanha é uma ilusão holográfica e nossa mente controla a ilusão. Por que nós não movemos montanhas? Nós podemos, mas nós não fazemos, porque nós não sabemos que nós podemos. A realidade de consenso, programada, diz que a própria idéia é ridícula e se acatamos essa realidade, assim é. Porém se criarmos uma outra realidade que diz o oposto, moveremos montanhas!

5. As “leis” do mundo dos 5 sentidos podem apenas ser aquilo que nós pensamos que elas são, e enquanto aceitarmos elas como real nós estaremos sujeitos às suas limitações. Da mesma forma, se nós pudermos livrar nossas mentes dessas realidades, nós não estaremos mais sujeitos às suas “leis” e limitações. Isto é o que chamamos “milagres”. Quase todos já leram sobre feitos inexplicáveis como caminhar no fogo sem se queimar, ter espadas atravessadas através do corpo sem se machucar ou deixar cicatriz, levitação e muitas outras coisas. Nenhum desses fenômenos é possível para a ciência materialista convencional, mas isso é simplesmente porque a ciência convencional é o conhecimento equivalente a um filme do Mickey Mouse.

David Icke conheceu uma mulher que separou um quarto de sua casa para ser usado por meditadores sérios, meditadores que queriam meditar por longos períodos sem serem perturbados. Um cara entrou e não apareceu por muitos dias e ela ficou curiosa para saber se ele estava bem. Ela pegou um copo de chá para ele e abriu a porta devagarinho. No momento seguinte o copo se espatifou no chão porque quando ela olhou para ele, a metade de baixo de seu corpo estava invisível. Impossível? É possível sim e perfeitamente explicável.

Em 1905, o paranormal Indridi Indridason fazia parte de um projeto de cientistas eminentes da Islândia no terreno do “paranormal”. Quando ele entrava em transe profundo os cientistas viam diferentes partes de seu corpo desaparecer e reaparecer. Tudo é possível, literalmente tudo, porque nós somos infinitas possibilidades. David Icke também conta que uma mulher do Texas lhe contou que um dia, pela manhã, ela acordou próximo do marido e encontro-o flutuando a cerca de 1,80m acima da cama, ainda dormindo…

O Dr. William Tufts Brigham, o curador do Bishop Museum de Honolulu, era um investigador perspicaz do “paranormal” e seus estudos envolveram os ”milagres” feitos por xamãs havaianos, ou kahunas. Ele testemunhou uma delas curar um homem que tinha quebrado a perna tão forte que pedaços do osso estavam atravessando a pele. A mulher kahuna “orou” (pensamento concentrado) e meditou ao lado do homem e esticou sua perna, empurrando os ossos quebrados. Após alguns minutos ela disse que a cura estava completa e o homem se levantou e saiu andando sem nenhum sinal de seu severo machucado de minutos atrás. Isto é possível porque, na realidade, não existe osso – isso também é uma ilusão…

6. Um pouquinho sobre o “carma”: a crença na realidade sólida materialista é fundamental na ciência oficial, assim como a necessidade de que tudo seja provado através de experimentos que possam ser repetidos. Cientistas que sugerem explicações alternativas são jogados no ostracismo ou sabotados, para se defender a “sabedoria” existente. Fundamental para perdermos de vista nossa unidade infinita é a política oficial da ciência não-alternativa que apresenta o mundo como partes desconectadas e isto está refletido na própria estrutura da ciência, com suas especialidades compartimentalizadas, que raramente conversam entre si. Mas, quando as crenças dos cientistas estão afetando os resultados dos experimentos, como a física quântica está cansada de mostrar, de que valia é este dogma? Uma partícula subatômica chamada ”anomalon” foi verificada ter propriedades diferentes em diferentes laboratórios, o que é equivalente a ter um carro que muda de cor e outras características dependendo de quem o está dirigindo. As “leis” da Ciência apenas se aplicam porque os cientistas acreditam que sim e, graças ao estado divinizado da Ciência: o que ela decide que é “real” torna-se a realidade de consenso.

Mas tudo é uma ilusão.

Tome, por exemplo, a lei básica da Ciência conhecida como “Lei de Causa e Efeito”, o fundamento da chamada “Lei do Carma”. Para cada ação tem que existir uma reação. Isto é verdade – mas apenas se você acredita que é. Se você acredita que não é verdade então ela não é! As pessoas possuem carma apenas porque elas acreditam que elas o possuem em suas mentes individuais e coletiva. William Tiller, físico da Stanford University, escreve: “quando chegamos nas fronteiras de nossa compreensão, podemos de fato deslocar as leis de tal forma que nós estamos criando a física enquanto caminhamos”. Não existem “leis”, apenas possibilidades infinitas. O que é realidade? O que você pensa que é? Então isso é o que é.

Certas áreas do conhecimento são muito mais subversivas para o sistema do que simplesmente expor a rede de sociedades secretas ou a agenda global porque elas oferecem meios que nós podemos pensar de excluir a agenda e seus valores fascistas de nossa existência e pensar e trazer uma nova realidade em existência. Esta é a transição da prisão para o paraíso.

Como toda realidade, a transição tem que acontecer primeiro na mente – ou, mais acertadamente, no coração – e apenas então pode ser experienciada no mundo ”físico” como holograma manifesto. Rejeitar a realidade de consenso e criar a nossa própria é a transformação. É como o conto de Andersen “A Roupa Nova Do Rei”. A realidade de consenso era que ele estava vestindo roupas novas lindas, porque a multidão não queria admitir que ele estava nu. Foi preciso que uma criança gritasse “o rei está nu” para quebrar o encanto e propagar o óbvio.

7. Acredito que todos já tenham ouvido falar do Conde Drácula, não? É uma ficção, porém baseada em fatos reais, que estão ocorrendo agora na nossa aristocracia/realeza…

Primeiramente, uma introdução: há uma técnica de controle mental chamada de Distúrbio de Múltiplas Personalidades (MPD, em inglês). Isto ocorre quando a mente é fraturada, através de trauma e programação, em uma série de aparentes “personalidades” ou “personagens”, cada um com diferentes atitudes, crenças e, até, diferentes “idades” ou “sexos”. David Icke testemunhou um caso (na sala de um terapeuta) de uma mulher de 30 anos que manifestou sete distintas “personalidades” em meia hora de sessão, incluindo uma de bebê. Cada personalidade tinha seu próprio nome, antecedentes e características, e cada uma foi trazida à tona, em seqüência, pelo terapeuta pelo uso de palavras corretas de acionamento e por códigos.

Quando uma personalidade era comutada para outra, a face da mulher mudava, inclusive a cor dos olhos e características da pele (cicatrizes podem desaparecer quando uma personagem substitui outra como a mente consciente). A pessoa pode estar doente, em um modo, e perfeitamente saudável no outro. Mulheres com MPD podem ter diferentes ritmos menstruais com cada personalidade, e parecerem mais velhas ou mais jovens. Agora, como é o outro termo para essa transformação instantânea das feições da face e do corpo?

Mudança de forma (“shape-shifting”, em inglês). Esta é uma das características do Drácula: mudança de forma, assim como os humanos alimentando-se da energia humana. A linha dos manipuladores está seriamente envolvida em sacrifícios humanos e em rituais de beber sangue em toda a nossa história. Os registros sumérios revelam que os Anunnakis, deuses da Antiga Suméria que igualmente apreciavam o derramamento de sangue humano.

8. Quando os místicos meditam, antes de executarem um “milagre”, eles estão se desconectando da realidade de consenso, a mente coletiva, que diz que o “milagre” é impossível.

O que não vemos, nós inventamos: nossos olhos possuem um ponto cego, onde o nervo óptico se conecta ao olho, no meio da retina. Qualquer que seja o objeto que olharmos, nós não podemos ver nada que incide naquela parte do olho, mas o cérebro constrói a cena completa usando a informação disponível e, portanto, preenche o “buraco” usando para tal as imagens vindas do outro olho ou recolhidas na memória. Realidade é apenas aquilo que nós fomos programados a acreditar que é.

Vemos apenas o que estamos condicionados a ver e EDITAMOS (eliminamos) tudo o que contradiz esse condicionamento. Um exemplo claro pode ser confirmado abaixo, fixe a visão no sinal em preto no centro da figura (sua rotina de vida), e todo o resto que acontece em sua volta NÃO É VISTO ! Isto não é ILUSÃO DE ÓTICA…É ILUSÃO DE VIDA !

Implantar crenças é tudo o que os manipuladores desejam, pois é através da crença que nós manifestamos nossa realidade. Geralmente, a crença cria a Polarização; polarização = divisão e conflito, divisão e conflito = dividir e dominar. Eles desejam crenças rígidas e em conflito, por esta razão; eles não se importam muito com o que você acredita piamente, contanto que você acredite piamente em algo, porque assim eles podem jogar você contra os outros que acreditam piamente no (aparente) oposto.

Albert Einstein disse: ”nós precisamos lembrar que nós não observamos a natureza como ela existe realmente, mas a natureza exposta aos nossos métodos de percepção. As teorias determinam o que nós podemos ou não podemos observar”. O que nós pensamos que vemos como edifício, pessoas, florestas e lagos são, na realidade, ilusões holográficas tridimensionais conjuradas nessa realidade por nossas próprias mentes. As sessões de hipnose exemplificam bem esta situação.

O que é “livre arbítrio”? A mente consciente não é aquela que, no final, está no controle dos eventos, exceto na forma que ela decodifica os padrões holográficos 3D de acordo com o seu senso de realidade. O Inconsciente é a fonte principal de resposta humana e de comportamento, e não a consciência que pensa que está tomando as decisões. Experimentos revelaram que os sinais no cérebro, necessários para mover um braço, abrir a boca ou executar qualquer ação física, começa um segundo e meio antes da mente consciente tomar a “decisão” correspondente.

A Matriz foi criada pelo Inconsciente Coletivo, e a mente consciente foi aprisionada pelas ilusões assim criadas. A Matriz tomou vida própria quando ela acessou uma fonte de energia própria: o medo gerado pelas mentes consciente e Inconsciente aprisionadas em uma ilusão que acreditam ser “real”. Este medo auto-percebido, a Matriz, então aprisiona também o Inconsciente Coletivo na ilusão. É o Inconsciente que os manipuladores visam controlar. Estamos condicionados a ver o que nos é dito para ver, pelas normas da sociedade.

A hipnose nos vem de inúmeras formas: na infância estamos sujeitos à programação de nossos pais, que instalam suas próprias realidades sobre nós. Isso se compõe, em seguida, com a educação que recebemos na escola. Educação não está envolvida com o desenvolvimento da auto-percepção, ela meramente prepara os jovens para os trabalhos que servem ao sistema. A educação verdadeira seria desaprender a doutrinação incutida pela “educação” oficial. O hipnotizador residente encontra-se no canto da sala: “mamãe, onde eu aprendo o significado da vida?”. “Oh, cale a boca e veja TV”. “OK, mamãe…”.

9. Fatos incomuns podem acontecer quando as pessoas manifestam ilusões diferentes e sonhos diferentes. Quantas vezes temos sonhos nos quais participamos de eventos que iriam nos matar ou machucar, mas isso não acontece? Da mesma forma, se for sua realidade que o fogo não pode queimar seu pé, então ele não pode. Por que? Porque seus pés não existem mais do que o fogo! Como pode uma ilusão queimar uma ilusão, a não ser que acreditemos que ela possa e manifestemos essa realidade: a ilusão da queimadura e a da dor? Quando sentimos dor, é no cérebro que a sentimos e não no dedão que chutou a perna da mesa. O cérebro manifesta a dor pela mensagem que ele recebe e o cérebro condicionado sente dor apenas porque ele pensa que deve sentir. Isto é o que o programa de computador diz e isso é o que ele entrega como resultado. Quando você muda o programa, você obtém uma realidade diferente: sem queimadura e sem dor.

“Milagres” são apenas saídas da realidade de consenso para onde suas ”leis” ilusórias não mais se aplicam. Como pode o seu corpo queimar quando você sabe que ele é apenas uma ilusão holográfica de sua mente? Como pode uma ilusão holográfica ser prejudicada por uma espada ou uma bala, que também é apenas uma ilusão holográfica? Resposta: apenas quando você acredita que isso é possível! O homem que “perdeu” metade do seu corpo quando meditava foi para um tal estado de consciência (sua realidade) que seu corpo holográfico começou a segui-lo. Fazendo isso, ele começou a desaparecer, retirando-se desta realidade.

Quanto à levitação e outros fenômenos ditos “paranormais” (paranormais para a realidade de consenso), o princípio é o mesmo. “Quando você levita, não é você que vai ‘para cima’, é o seu ‘mundo’ que vai ‘para baixo’.” Mas não é a levitação a arte de sobrepujar a gravidade? Apenas se você pensa que é, porque a gravidade é outra ilusão. Se nós não acreditarmos nela, nós não iremos estar sujeitos às suas leis. Não existem leis a não ser que nós acreditemos que elas existam. Amor infinito é a única verdade, tudo o mais é ilusão. Pessoas têm levantado carros para salvar seus filhos: suas mentes em estado emocional altamente concentrado mudam as realidades e não ficam mais sujeitas às “leis” desta realidade que conhecemos. Todos conhecem fatos semelhantes a este.

Muitos tentam fazer esses aparentes “milagres” com a chamada “iluminação” ou “avanço espiritual”, o que pode vir ser uma armadilha. Você não é um “deus vivo na Terra” por conseguir fazer esses truques que vêm do conhecimento de como nós criamos a realidade: os manipuladores estão usando essas técnicas o tempo todo. Essas habilidades podem ser usadas (e o são) por aqueles que desejam expor a ilusão e ajudar as pessoas a despertarem dela. Mas não precisa ser assim: isso é apenas um conhecimento e você pode usá-lo da forma que desejar…

10. No laboratório podemos gerar um holograma a partir de um feixe de luz emitido por um laser. Divide-se esse feixe em dois feixes: um vai diretamente à chapa fotográfica e, o outro vai para essa mesma chapa fotográfica após ser refletido pelo objeto a ser fotografado. Para reproduzir a foto do objeto, em 3 dimensões, usa-se o mesmo laser para iluminar o holograma gerado na etapa anterior. Uma das características espantosas do holograma é que cada parte contém o todo: se você cortar o filme holográfico em quatro partes e incidir o laser em cada um desses pedaços, eles não irão revelar quatro partes da cena fotografada, mas cada pedaço irá mostrar um versão menor de toda a cena. Você pode cortar a chapa em quantos pedaços quiser e eles sempre irão projetar a mesma imagem inteira (completa), quando o laser os iluminam. É exatamente porque o corpo humano é um holograma que cada célula contém toda a informação necessária para “crescer” um corpo inteiro. Portanto, pode-se clonar pessoas e animais a partir de uma única célula, usando-se sua informação genética contida no DNA (ácido desoxiribonuclêico).

A Medicina convencional tende a rejeitar alternativas como a Acupuntura, a Homeopatia, a Reflexologia, as Medicinas Tradicionais Xamânicas, etc. Mas se ela não estivesse tão “hipnotizada” pelo cartel farmacêutico dos manipuladores, ela iria perceber que o corpo é um holograma e a base de tais terapias alternativas não poderia ser mais simples. A Reflexologia, por exemplo, baseia-se no entendimento de que diferentes partes do corpo (pés, mãos e orelhas) são espelhos de todo os órgãos e quando se trabalha sobre estas imagens refletidas, atua-se sobre o órgão da mesma forma. A mesma coisa acontece com a Iridologia: todos os órgãos do corpo estampados na íris dos olhos. Isto é perfeitamente lógico, já que o corpo é um holograma e cada parte do holograma contém a imagem do todo: cada célula contém o todo. A Acupuntura baseia-se nos sub-sistemas holográficos do corpo, assim como a Kiromancia, porque a mão contém informação de todo o corpo. O corpo holográfico é uma expressão do holograma que é o universo e o cosmos, assim como cada parte do corpo ( o Micro-Cosmos repete o Macro-Cosmos).

O cérebro não é a alma, o cérebro é um computador usado pela mente e portanto os cientistas nunca conseguiram localizar onde, no cérebro, encontra-se a alma. Eles nunca irão encontrar, porque a alma não está lá.

Nós não pensamos com o cérebro, mas através do cérebro, na nossa realidade dos 5 sentidos. A ciência oficial também não localizou a área do cérebro que contém a memória, porque a memória, o “disco rígido do computador” está espalhada por todo o cérebro, já que o cérebro é um holograma e cada parte contém o todo.

Pessoas já tiveram boa parte do cérebro removidas, por causa de tumores e surpreendentemente não perderam certas memórias específicas. O holograma tem uma enorme capacidade de armazenar informação: pode-se armazenar muitas cenas em um mesmo filme holográfico, por exemplo, e mudando-se o ângulo de incidência da luz do laser, escolher qual a cena que se quer ver. Nossa memória funciona de forma semelhante: possuímos memória fotográfica holográfica.

Pessoas podem “ler” objetos, como relógios e jóias, e tirar deles informações detalhadas de suas histórias e dos donos, porque os objetos são hologramas que registram essas informações. Os hologramas de nosso corpo armazenam a memória de todos nossos sentidos.

Quando, por exemplo, cheiramos algo isso pode acionar uma memória tão poderosa como quando vemos ou escutamos algo que nos lembra uma certa experiência. A memória holográfica estende-se além do cérebro para todo o corpo holográfico.

O holograma do corpo contém a memória do holograma do cosmos e assim por diante. Tudo está conectado com tudo. Tudo É tudo. A Matriz não pode dividir o todo em partes porque a Unicidade é sempre a Unicidade, mas a Matriz pode dar a ilusão de divisão e de polaridade, e isso é o que ela faz, manipulando nosso sentido de realidade. Divisão e polaridade são ilusões, porque tudo é Um.

11. Vejamos algumas informações sobre nossos sentidos holográficos. Todos os nossos 5 sentidos são holográficos e estão localizados por todo o corpo-holograma. Sim, até a nossa visão. É claro que não precisamos de olhos para ver, quando analisamos os inúmeros relatos daqueles que passaram pelos fenômenos de experiência “fora-do-corpo” e de “quase-morte”. Eles se desprendem de seus corpos e de seus olhos físicos, mas eles continuam a ver. Isto é possível porque a mente não vê, apenas decodifica padrões de freqüência em ilusões holográficas que ela pensa que vê (gnosia visual).

É uma realidade virtual e você não precisa de olhos para ver aquilo que sua mente está pensando, porque isso tudo está acontecendo “aqui dentro” e não “lá fora”. Se algo pode decodificar freqüências em hologramas, este algo pode “ver”. Como todas as consciências podem fazer isto, tudo pode ver e cada parte do corpo holográfico possui “olhos”. Portanto, podemos ver através de qualquer parte do corpo, já que o corpo é um holograma.

Experimentos mostram que ratos continuam a ver perfeitamente com 90 % do córtex visual do cérebro removido e gatos continuam a ver após 98 % de seus nervos ópticos deixarem de funcionar. Muitos experimentos mostraram que certas pessoas podem ver e ler através das mãos, com seus olhos vendados. As mãos e todas as outras partes do corpo podem enviar mensagens ao córtex visual no cérebro, de onde nós “vemos”. De fato, não precisamos, inclusive, de cérebro para ver, isto é mais um nível da ilusão. Por acaso o Infinito precisa de olhos e de um cérebro para ver??

Paul Bach-y-Rita, um neurocientista e médico na Universidade de Wisconsin em Madison, Estados Unidos, diz: “você não vê com os olhos. Você vê com o cérebro (indo mais além: você vê com a mente). Quando uma imagem atinge a retina do olho, ela torna-se pulsos nervosos sem diferença daqueles que vêm do dedão do pé”. Informação entra nos olhos como um padrão de freqüências e o cérebro o transforma em uma imagem 3D.

Como cada parte do holograma contém o todo, cada parte do corpo – a mão, o pé, o joelho – tem a capacidade de passar padrões de freqüências para o cérebro, que os transformam em hologramas que nós podemos “ver”. Isto significa que as pessoas realmente possuem “olhos nas costas”, como se diz. Já ouvi falar de pessoas que conseguem ver em 360 graus quando elas entram em estados alterados de consciência, que fazem com que elas se sintonizem a esses sentidos, retirando o foco da realidade de consenso dos 5 sentidos. Tudo perfeitamente explicável de uma perspectiva holográfica.

A revista Life reportou que uma russa chamada Rosa Kuleshova podia ler com a ponta dos seus dedos e outros podiam fazer o mesmo com outras partes de seus corpos, como nariz e orelha. David Eisenberg, da Harvard Medical School, comenta que duas irmãzinhas chinesas podiam ler com suas axilas!

Paul Bach-y-Rita e outros descobriram que nós podemos ver através da língua. Eles desenvolveram um dispositivo para estimular a habilidade da língua para perceber imagens e isto tem permitido a pessoas cegas recuperarem a visão. Um relatório diz: “a língua, um órgão do paladar e do tato, pode parecer um substituto improvável dos olhos. Afinal, ela está normalmente escondida dentro da boca, insensível à luz, e não conectada aos nervos ópticos. Porém, um volume crescente de pesquisas indica que a língua pode ser o segundo melhor lugar do corpo para receber informação visual do mundo e transmiti-la para o cérebro”.

Pesquisas anteriores têm usado a pele como uma rota para as imagens que chegam ao sistema nervoso. Pessoas conseguem decodificar pulsos nervosos como informação visual que vêm de outras fontes, que não os olhos, mostrando quão adaptável e plástico é o cérebro. A maioria das pessoas não acessa estas habilidades inatas porque elas não sabem que elas as possuem e elas não acreditam que elas as possuem.

Nós somos o que nós pensamos que somos e nós conseguimos fazer aquilo que nós acreditamos que nós podemos fazer. Cada parte do holograma possui os sentidos do todo e é consciente. No livro “O Universo Holográfico”, Michael Talbot conta que ele estava tendo um problema com o baço e ele estava usando visualização para tratar o problema, usando sua mente para rebalancear o holograma constituído pelo baço.

Uma noite ele ficou frustrado com o processo e, na privacidade de seus próprios pensamentos, deu a seu baço uma reprimenda por não responder com suficiente rapidez. Alguns dias depois ele foi consultar uma vidente sobre sua saúde e ela identificou o problema no baço e, então, parou, parecendo confusa, antes de dizer: “seu baço está muito perturbado com algo. Por acaso você tem gritado com o seu baço?”. Ela disse que o baço ficou doente porque ele pensou que isso era o que Talbot queria. Ele tinha dado mensagens erradas, ela disse, e agora o baço estava confuso. “Nunca, nunca fique com raiva do seu corpo ou com seus órgãos internos”, ela disse, “apenas envie mensagens positivas para eles”.

12. A Matriz dos manipuladores procura construir uma realidade de consenso na qual a mente humana coletiva, o inconsciente coletivo de Jung, aceita a “verdade” prevalente que ela está programada para acreditar. Quanto mais isso acontece, mais poderosos são os padrões de pensamento que mantêm a realidade manipulada coesa e mais densos os hologramas irão parecer. Nós estamos nos hipnotizando mutuamente através da aceitação e imposição das normas, que leva a compartilharmos das mesmas ilusões básicas. O objetivo é solidificar a ilusão de consenso ainda mais, removendo os desafiantes e as alternativas a ela.

A realidade da Matriz está construída com pensamentos ilusórios altamente desbalanceados (medos) que produzem padrões vibratórios de baixa freqüência. Aqueles presos à ilusão da Matriz ressoam nesses padrões e quanto mais preso você está, mais devagar será sua vibração. Cria-se um círculo vicioso com ambos, a prisão e os prisioneiros, contribuindo para a sobrevivência da Matriz.

Até que esses padrões de freqüência sejam desafiados por aqueles que vibram na Unicidade e na harmonia, a Matriz irá prevalecer, já que medo e desarmonia são a Matriz. A analogia mecânica desse fenômeno pode ser observada, por exemplo, quando colocamos dois violinos próximos um do outro: ao acionarmos uma corda em um dos violinos, a mesma corda do outro violino irá começar a vibrar, no que é chamada de ressonância simpatética.

Quando temos um pensamento, nós estamos enviando ondas de som em freqüências que os 5 sentidos não podem ouvir (infrasom) e este som ressoa um padrão espacial de freqüência. Mude o som – o pensamento, a realidade – e o mundo muda. Parece que esses campos de pensamento formam vórtices, como redemoinhos em uma pia, que podem tornar-se fixos e rígidos, correspondendo a opiniões fixas, pontos de vista imutáveis e senso rígido da realidade, que resistem a mudanças.

O que acontece quando uma pessoa desafia o sistema e oferece uma outra realidade? Ela é ridicularizada, condenada, despedida, marginalizada, atacada financeiramente, aprisionada ou, mesmo, morta. O que está realmente acontecendo em um nível vibracional? É a expressão dos 5 sentidos do padrão de energia da Matriz que está forçando a corda vibrante desajustada a entrar na linha. Podemos ver as conseqüências em tais rebeldes sendo atacados de várias formas, pois para a Matriz eles representam um tom de freqüência diferente que precisa ser jogado de volta para a linha vibracional prevalente da Matriz. É comum vermos políticos que começam desafiando o sistema e, depois, tornam-se advogados dele.

Não podemos acabar com a prisão da Matriz reagindo “lá fora” com armas, bombas, raiva e ódio, porque isso irá tornar a freqüência da Matriz ainda mais forte, contribuindo para o seu padrão de desarmonia. A solução encontra-se “aqui dentro”, mudando os nossos padrões próprios de vibração e nos conectando com a Unicidade, a harmonia e o amor. Se mudarmos a nós mesmos, nós mudamos o nosso mundo, nossa realidade. A Matriz é uma construção vibracional e para remover seu controle temos que romper o poder vibracional que ela tem sobre nós. Na realidade, a maior parte desse ‘poder’ é simplesmente nossa ignorância de que tal controle existe.

Nós estamos criando o nosso próprio universo, um único para nós. Quanto mais você redefine sua realidade, com relação ao consenso, mais você irá se destacar da multidão e ser um prego acima do resto. A razão dos manipuladores procurarem martelarem essas pessoas de volta para o conjunto dos outros pregos bem enfiados em uma base de madeira é que elas ameaçam sabotar a própria realidade de consenso da qual a Matriz depende. Essas pessoas mostram que existe mais de uma realidade possível. Os visionários são pessoas perigosas para os manipuladores e eles desejam se ver livres delas. Uma pessoa independente é um demônio para um manipulador da realidade de consenso!

Quando nos for dito para fazer ou acreditar em algo, pergunte: “quem decidiu isso?”, “por que devo fazer ou acreditar nisso?”. Eu sou o Um Infinito, não TENHO que fazer ou acreditar em nada que eu não queira. Melhor, nem faça essas perguntas…

13. Que momento excitante para estar aqui nesta ilusão dos 5 sentidos! Nós estamos voltando para casa, apesar de nunca termos partido! Apenas nos enganamos que tínhamos partido! A gargalhada é muito importante nisto tudo. Não existem lágrimas no “céu”; nem sofrimento no Um. O que podemos fazer, a não ser gargalhar? Aqui estamos correndo em torno de um laço no tempo, como um rato em sua roda giratória, acreditando em um tempo que não existe. Quanto mais rápido nos movemos para frente, mais rápido nós vamos para trás, quando, na verdade, nunca vamos a lugar nenhum. Que gozação! Nossos corpos apenas “morrem” porque nós pensamos que eles morrem. Nós apenas sentimos dor e ficamos doentes porque nós pensamos que isso ocorre.

Nós ficamos velhos porque nós pensamos que nós ficamos.

Nós batemos a cabeça contra uma parede sólida que não pode ser sólida; nós chutamos nosso dedão na perna da mesa, apesar da mesa ser uma ilusão, assim como o dedão. Nós temos medo do futuro, apesar de não existir futuro. Nós lamentamos o passado, quando não existe passado. Nós temos medo do desconhecido apesar de termos o conhecimento de Tudo que existe. Um sábio chinês disse: “finalmente, no fim quando tudo está terminado e todas as questões foram respondidas, não existe mais nada a fazer a não ser sentar e dar uma ótima gargalhada”.

Você quer dizer que a Lua não é real ?
Não é.

E que tal o Sol? Também não é ?

Mas eu estou caminhando sobre a Terra, certo ? Não, você está de pé sobre sua mente.

OK, te vejo amanhã ? Não existe amanhã. Está acontecendo agora, exatamente como ontem.

Que hora são? Aquela que você pensa que é.

Você está brincando, certo ? Está me tirando um sarro? Não, é verdade, honestamente. Isso é realmente verdade?

Sim, se você pensa que é! Somos uma Unicidade Infinita.

Nós não podemos morrer e nós somos aquilo que escolhemos ser por toda a eternidade. O que acontece, nós fazemos acontecer e temos o poder infinito para mudar.

Na minha busca incessante por saber quem sou, o que faço aqui, e porque, encontrei este texto que, em poucas palavras expressa muito daquilo que me intriga. Apesar de não constar o nome do autor, apenas jaredadams 1968, a ele dou os meu devidos créditos.

Espero que gostem e que o vosso interior comece a pensar.

Ilusão ou Realidade?

Vivemos em um universo tão antigo quanto nossos cientistas conseguiram calcular ou imaginar. Os dias passam e vão se tornando semanas, meses e anos e nossas vidas vão se enchendo de memórias, todas perdidas e acessadas dependendo de algum vínculo, como um som, imagem, cheiro ou algum evento similar.

O que é a realidade?

A realidade, não é nada mais que nossa percepção do que já virou passado. Tudo que vivemos já passou… a sua leitura deste parágrafo tem sentido após a leitura, ou seja, o texto e a leitura está no passado e não no futuro ou presente. A minha realidade, talvez a sua sejam baseadas na percepção comum, ou pelo menos, o que todos dizem ser real. Ilusão coletiva?

Talvez vivamos dentro de uma grande ilusão coletiva, algo como um grande Matrix, como no filme, onde todos estamos conectados e devido a essa imersão, não conseguimos compreender ou sentir a diferença. Me lembro de um capítulo da série Viagem ao Fundo do Mar, onde o um grande telepata, faz com que todos de uma cidade vivam uma grande ilusão coletiva, ao ponto de não conseguirem enxergar os tripulantes do Submarino e vice-versa.

Um sentimento que nos conforta a sensação de realidade, nos é altamente confortante, ela nos é tão importante, quando um tábua que aparece de repente, quando estamos perdidos e sozinhos no mar a noite. Os Indianos e Budistas, colocam a ilusão da realidade dentro dos contextos religiosos, onde estamos e somos parte de um todo.

Já li também que algumas culturas, nos colocam como partículas de um todo, que estamos somente nos interagindo e aprendendo, para depois retornar a fonte e nos tornar uno. E o Universo? Desde que o homem olhou para o céu, ele tem se questionado cada vez mais do que ele faz parte e o que poderiam ser aquelas luzes brilhantes. Nas várias teorias, o universo tem uns 15 bilhões de anos de existência, mas isso é o nosso Universo.

Alguns teóricos, dizem que podem haver explosões de diversos universos a cada momento, bolhas e mais bolhas de novas realidades ou universos aparecem e desaparecem a cada momento. A realidade e a Existência? Imagine-se, você próximo ao pequeno grão altamente denso e pesado que deveria ter sido o início do nosso Universo… o que você veria? Um vazio total negro? A luz preenchendo cada espaço? A criação do nosso universo, não quer dizer que foi o início de tudo, de toda a realidade… Você acredita nisso? Que o Big Bang foi o início de tudo? E a borda do nosso Universo? E o que há na borda de nosso Universo? Será que algo como o pensamento dos Europeus durante a idade média? Onde a terra era plana como uma pizza e que se você navegasse, chegaria a borda e cairia no grande vazio? No filme Men in Black, mostra que uma galáxia poderia ser compactada ao ponto de ficar do tamanho de uma bola de gude, onde um alienígena brinca com a nossa e a coloca em um saco cheio de outras. Imagine que ao chegar a borda, você verá um laboratório… melhor, não será possível, porque seremos como um percevejo sobre uma folha de papel e acharíamos que o que vemos é a nossa realidade. Então? Não tenho a resposta para a minha pergunta inicial, mas posso somente especular que vivemos em uma grande ilusão, algo como o Matrix, algo tão elaborado que não conseguimos ou até queremos perceber… talvez não temos nada mais que somente a nossa consciência. Por que?

Veja só que interessante, quando estamos imaginando alguma coisa nova, uma idéia, uma sugestão, ficamos matutando, pensando e imaginando alguma coisa… até que do nada, você chega a conclusão, algo superbo, maravilhosamente simples, mas até aquele momento, ninguém estava pensar. Já tive muito disso, quando estava em reuniões de Brain Storming e quando eu ou algum participante chegava àquela idéia, como que todos tivessem atingido por um raio, chegávamos a idéias parecidas, como se todos estivessem conectados, parte de um grande todo. E a religião? Sempre precisamos nos perguntar o papel de Deus dentro de nossos dias.

Tudo é tão grande, impossível de imaginar onde estamos ou como poderemos fazer parte. Deus nos conforta, guia e nos faz pensar diferente… Deus me dá força e muitas vezes me guia ao caminho certo. Isso chama-se fé, nada mais que isso e precisamos dela.

Quando eu vejo o tamanho do Universo comparado a minha pessoa, só consigo acreditar que Ele existe, nada mais que isso.

Deus deve ser ou ter sido um grande cara, que dentro de sua sabedoria, ele fez tudo tão simples, baseado em pequenos tijolos básicos, as sub-partículas atômicas, onde cada partícula e átomos são construídos. Somente Ele que poderia ter feito e planejado tudo isso. O que eu acredito? Que dentro de nossa “realidade” baseada na grande ilusão do Universo, nos sentimos totalmente confortáveis e precisamos disso para viver. Imagine você saber que você não passa mais que somente uma pequena partícula fluindo dentro da grande consciência de Deus? Eu acredito que todos somos muito mais que somente úteis, como que necessários para que o mecanismo total do Universo possa existir, que sou muito mais que somente um vírus dentro do nosso pequeno planeta.

Acredito que meu trabalho, idéias e até este louco texto fará parte da grande conexão que todos compartilhamos, como na grande Matrix do filme.

SIMPLESMENTE PENSANDO ….

Nós somos as únicas criaturas do planeta que podem modificar a própria biologia através dos pensamentos, sentimentos e intenções. As nossas células estão constantemente espionando os nossos pensamentos e sendo modificadas por eles. Quando nos apaixonamos, pensamentos positivos percorrem o nosso corpo e fortalecem nosso sistema imunológico. Por outro lado, pensamentos sombrios e sentimentos depressivos podem nos deixar vulneráveis a doenças.

Ao longo das últimas três décadas, centenas de estudos mostraram que nada possui mais poder no corpo do que as crenças da mente. Esta é a visão de mundo quântica, que nos ensina que todos somos parte de um campo infinito de inteligência – a fonte dos nossos pensamentos, mente, corpo e tudo o mais no universo. Este paradigma, que tem conquistado aceitação crescente no mundo da medicina Ocidental moderna, se baseia nas dez concepções seguintes:

1.  O mundo físico, incluindo o nosso corpo, é um reflexo das nossas percepções, pensamentos e sentimentos. Não há nenhuma realidade objetiva “lá fora” que é independente do observador. Ao contrário, nós criamos nossos corpos conforme criamos nossa experiência do mundo.

2.  Apesar do corpo físico parecer matéria sólida, na verdade ele é composto de energia e informação. Os físicos quânticos nos dizem que todo átomo é 99.9999 por cento espaço vazio, e as partículas subatômicas se movendo à velocidade da luz neste espaço são pacotes de energia vibrante. Essas vibrações não são aleatórias ou caóticas, elas transportam informações ao longo de padrões específicos.

3.  A mente e o corpo são inseparáveis. Existe somente uma única inteligência criativa que expressa a si própria como nossos pensamentos – assim como às moléculas das nossas células, tecidos e órgãos.

4.  A nossa consciência cria a bioquímica do nosso corpo. As nossas crenças, pensamentos e emoções direcionam as reações químicas que ocorrem em cada célula do corpo.

5.  Percepção é um fenômeno aprendido. A maneira como experimentamos o mundo e o nosso corpo é um comportamento aprendido. Mudando as nossas percepções, nós podemos mudar a experiência do nosso corpo e mundo.

6.  A todo momento, impulsos de inteligência estão criando nosso corpo. Modificando os padrões desses impulsos, nós podemos nos modificar.

7.  Apesar que, para a nossa mente-ego, nós parecemos separados e independentes, nós todos somos parte de uma inteligência universal que governa o cosmos.

8.  O tempo não é absoluto. O que chamamos de tempo linear é simplesmente um reflexo de como percebemos as mudanças. Na verdade, o tempo é eterno e imutável. Se começarmos a perceber a imutabilidade, o tempo como conhecemos deixará de existir e iremos experienciar a imortalidade.

9.  A nossa natureza essencial é puro ser. Embora estejamos acostumados a nos ver como personalidade, ego e corpo, o nosso verdadeiro Self (”si-mesmo”) é eterno e ilimitado.

10.  Já que nossa essência é imortal e imutável, nós não precisamos ser vítimas do envelhecimento, doença e morte. Isso é causado pelas lacunas em nosso autoconhecimento e pela ilusão antiga de que nossos corpos são materiais. Como a Ayurveda ensina, qualquer desordem pode ser prevenida se mantermos o equilíbrio em nosso corpo, mente e espírito.

Estas podem parecer grandes concepções, mas elas estão fundamentadas nas descobertas da moderna física quântica. Eu quero encorajá-lo (a) a ver que você é muito mais do que seu limitado corpo, ego e personalidade. Em um nível mais profundo, o seu corpo é eterno e a sua mente é atemporal. Uma vez que você se identifique com esta realidade, você tem liberdade ilimitada para criar uma melhor saúde, alegria e qualquer outra coisa que você deseje em seu mundo.

E se algum de vocês tem falta de Sabedoria, peça-a a Deus (o Deus Interno), o qual dá a todos abundantemente e sem censura e ela lhe será dada.

Mas peça com fé, não duvidando nada, porque o que duvida é semelhante à onda do mar que é arrastada pelo vento e jogada de um lado para o outro.

eu não uso mais o antigo mote “Penso, logo existo” prefiro usar “Escolho, logo existo.” — Amit Goswami (Físico Nuclear)

Via: O Terapeuta Quântico: “FÍSICA QUÂNTICA – A ILUSÃO DA REALIDADE”

Fonte: O QUE É REALIDADE?

União de Espiritualidade & Ciência…

A humanidade surgiu com uma infinidade de histórias simbólicas e racionalizações para explicar a razão e o propósito de nossa existência. As respostas tradicionalmente defendidas para questões existenciais tendem a vir da religião ocidental tradicional ou da “ciência ateísta”.
Enquanto a humanidade se dividiu em grande parte entre essas duas mentalidades, a única alternativa que parece ter sida deixada de fora é a união entre a ciência e a espiritualidade. Poderiam ser ligados uns aos outros, ou eles são obrigados a contradição? Sem se referir a uma teologia dogmática, seria a consciência a essência de tudo? Ou a vida é só um fenômeno sem propósito em meio a um universo de matéria morta?

A-União-entre-a-Espiritualidade-e-a-CiênciaAmbos, ciência e religiões tem consciência de que todo universo é montado em padrões geométricos, galáxias, sistemas solares, átomos, plantas, animais, as células, ecossistemas em geral, até mesmo o DNA, até flocos de gelo criam padrões geométricos específicos em suas estruturas dependendo das emoções que são expostos, todos os mecanismos que compõem a nossa realidade seguem uma “lógica” ou seria melhor dizer, um padrão, que é embutido na estrutura da matéria em si. A compreensão dos padrões e como a energia se distribui pelos mesmos é o que chamam de Geometria Sagrada.

carlA ciência não só é compatível com a espiritualidade; É na verdade uma fonte profunda de espiritualidade”~ Carl Sagan

Esse simples fato deveria ser prova suficiente de que existe um design inteligente por trás da criação. O próprio criador da física quântica, Max Planck, a frima que “não existe o que chamamos de ‘matéria’, toda matéria surge e existe apenas em virtude de uma força que leva as partículas de um átomo a vibrar e manter equilibrado esse diminuto sistema solar que é o átomo. Temos de aceitar a existência de uma mente consciente e inteligente por trás dessa força. Essa Mente é a matrix de toda a ‘matéria’ ”.

A-União-entre-a-Espiritualidade-e-a-Ciência-1
É como se a fonte que tudo criou e tudo é estivesse se projetando dentro dessas expressões de si mesma para ter experiencias e retornar com o conhecimento para expandir e se desenvolver. Ser contra a espiritualidade é querer travar em uma etapa da evolução. Deveria ser óbvio que a ciência é somente uma ferramenta para nos ajudar a compreender a mecânica do universo, e que na realidade esse universo é consciente por natureza. No entanto, muitos cientistas insistem em descrever uma existência tão complexa e ao mesmo tempo tão simples como uma mera coincidência, sem inteligências envolvidas na sua criação. A única inteligência ou consciência de que a ciência convencional. Não estou generalizando todos cientistas parece reconhecer é o intelecto do nosso cérebro. Quanta arrogância! Até hoje, lemos na maioria dos livros de ciência que a consciência é apenas um resultado de processos químicos no cérebro, como se ela surgisse por coincidência de fora do tecido cerebral.

A-União-entre-a-Espiritualidade-e-a-CiênciaO que aparenta estar sendo deixado de lado é ironicamente a base, a questão mais importante e fundamental: Qual a fonte dessa energia que movimenta não só nossos pensamentos, como tudo que existe.
Esse questionamento gera um leque de outros questionamentos que inevitavelmente levam pra mesma questão existencial: Porque estamos aqui?

A comunidade cientifica teima em ignorar esse ponto fundamental, talvez para evitar uma perspectiva mais metafísica sobre o mundo, medo de não poder possuir algo que é intangível, não poder mensurar algo imensurável O que realmente é algo patético, mas para eles o seus argumentos do porque ignorar algo tão fundamental tem base, uma base que eles chamam de ceticismo, o famoso “ver pra crer”, o que é bom até certo ponto, mas quando o mundo se divide em dois extremos, aqueles que só seguem a lógica e aqueles que só seguem a fé (crer para ver), criam-se as complicações, cria-se o desequilíbrio não existe harmônia, pois ambos os lados estão dizendo que estão certos, e acabam descartando o outro porque se acham os donos da verdade. A verdade é, que ambos os lados estão certos, até certo ponto.
Quantum-PhysicsThumbnail
Einstein disse que “a coisa mais incompreensível sobre o universo é que é compreensível”. É assim porque o mesmo foi criado de tal modo para que o Um pudesse se fragmentar em varias partes e “descer” até a criação para ter experiencias com o proposito de descobrir a si mesmo. Pois sendo Um não existe ponto de vista, não existe outras perspectivas, somente a verdade absoluta de tudo que é. Portando não existe também criatividade, pois sem a sombra, a luz não pode se expressar pois está cega em si própria.

Nós somos a luz aprendendo sobre si mesma, abra sua mente e expanda a luz que há em você. Somos a consciência que criou tudo. Consciência é a língua programadora do universo, o que nos torna TODOS, sem exceção, criadores por excelência.

quantum-physics
Deveríamos mudar o nosso modo de operar e unir ambos tangível e intangível em nosso dia a dia, unificar o que nós fragmentamos. Aquilo que é dito como esotérico ou mistico é somente ciência que ainda não foi compreendida. Precisamos nos desapegar do que consideramos possível e impossível pra poder abranger o nosso horizonte de possibilidades, e melhor compreender a existência. Vamos parar de ter medo do desconhecido e dar boas vindas de braços abertos, só assim nós aprenderemos as lições que estão além da caixa que criamos para nós mesmos. Fonte

Ouvir a nossa “voz” interna é a chave!

trebuie-sa-ne-transformam-viata-si-sa-gasim-echilibrul  “O que temos chamado de matéria é energia (luz), cuja vibração foi reduzida a ponto de ser perceptível aos sentidos. Não existe nenhuma matéria. “              ~Albert Einstein

2 mil livros de bioconstrução, permacultura e agroecologia para baixar gratuitamente…

2 mil livros sobre bioconstrução, permacultura e agroecologia para baixar gratuitamente

Jardinagem, horta, apicultura, reciclagem, agroecologia, permacultura, bioconstrução e vida sustentável. Estes são alguns dos temas tratados em um compilado de manuais práticos e gratuitos reunidos pela plataforma espanhola Ideias Verdes.

O CicloVivo sempre disponibiliza cartilhas e manuais gratuitos sobre os mais diversos temas relacionados à sustentabilidade. Esta no entanto é talvez a maior biblioteca digital com os assuntos mais variados encontrados em um só lugar.

Logicamente, é difícil saber por onde começar com tanta opção boa. Por isso, o próprio site destacou alguns livros em uma lista, confira abaixo.

Permacultura e agroecologia

John Seymour – El Agricultor Autosuficiente

John Seymour – La Vida En El Campo

Fukuoka – La Revolucion De Una Brizna De Paja

Fukuoka – La Senda Del Cultivo Natural

Bill Mollison – Introduccion A La Permacultura

Bill Mollison – La Parabola Del Pollo

Bill Mollison – El Momento Mas Terrible Del Dia

David Holmgren – La escencia de la permacultura

David Holmgren – Dinero Vs Energía fósil

Emilia Hazelip – Coleccion De Agricultura Sinergica

Jairo Restrepo – ABC agricultura organica y harina de rocas

Jairo Restrepo – Abonos Organicos Fermentados

G.E. Xoriguer – Manual Practico para Construir Cajas Nidos

Mariano Bueno – Como Hacer Un Buen Compost

Josep Rosello – Como Obtener Tus Propias Semillas

Jerome Goust – El Placer De Obtener Tus Semillas

Fernandez-Pola – Cultivo De Plantas Medicinales Y Aromaticas

Bioconstrução

Predes – Construccion De Vivienda En Adobe

Gernot Minke – Manual De Construcción Con Paja

Gernot Minke – Manual De Construccion En Tierra

Gernot Minke – Techos Verdes

Johan Van Lengen – Cantos Del Arquitecto Descalzo

Johnny Salazar – Construyendo Con COB

Elias Rosales Escalante – Manual De Tratamiento De Aguas Grises

Bill Steen – La Casa De Fardos De Paja

Lourdes Castillo Castillo – Sanitario Ecológico Seco

Gustavo San Juan – Manual De Construccion De Calentador Solar De Agua

Pedro M. Molina – Como Hacer Hornos De Barro

A biblioteca com todos os títulos disponíveis para download pode ser conferida aqui. Vale ressaltar que as publicações estão em espanhol.

Fonte

Reprogramando o corpo através de novas intenções…

saint queenO “INATO” REVELADO …

Mensagem de Kryon canalizada por Lee Carroll

Geralmente as canalizações ao vivo têm uma energia implícita que carrega um tipo de comunicação que o texto escrito não traz. Para ajudar o leitor, esta mensagem foi re-canalizada [por Lee e Kryon] e complementada, para permitir um entendimento mais claro. Inclusive, às vezes são até acrescentadas novas informações. Então, aproveite esta mensagem melhorada, transmitida em Portland, 22 de novembro de 2014.

Saudações, queridos, eu sou Kryon do Serviço Magnético. Esta noite, desejo expor para vocês um sistema muito importante, de uma forma que nunca expusemos antes. Vamos chamar esta informação de “O começo das informações sobre o Inato.” Já lhes oferecemos outras canalizações antes e uma delas foi chamada de “O Misterioso Inato”. Mais adiante, lhes demos alguns dos atributos do seu próprio corpo, e hoje desejamos ampliar isto ainda mais.

O MAGNÍFICO INATO…

Querido, quero lhe falar de um processo que ocorre no seu corpo, que não só é misterioso porque não é tridimensional, mas é também tão indescritível, que você não consegue realmente defini-lo. Entretanto ele lhe pertence tão bem que, na verdade, é você. “Kryon, como pode haver alguma coisa dentro de mim, que eu realmente não conheça?” – você pode perguntar. E lhe darei de novo a mesma resposta: que o seu DNA ainda não está funcionando em sua capacidade plena, e que esta é a questão. Sua consciência ainda não está sincronizada com a realidade de certos tipos de coisas que trabalham dentro do seu corpo. Mas essas percepções acabarão chegando a você, e a re-calibração da humanidade inclui um espírito evoluído dentro de você… vamos falar um pouco mais sobre isto nesta canalização.

Em primeiro lugar, identifiquemos o Inato. O que torna o Inato tão misterioso é que ele não é uma função do cérebro. Inclusive, talvez seja um dos únicos sistemas do corpo que não é centralizado. Para você, isto é difícil de conceber. Este sistema ainda não foi descoberto, por isto ele também ainda não está definido na ciência médica. Entretanto já foi visto várias e várias vezes.

O que você tem no DNA é muito difícil de explicar. Os trilhões de moléculas de DNA no seu corpo estão todas em comunicação umas com as outras, o tempo todo. E é assim que deve ser, considerando o que o DNA faz. Como o seu corpo sabe que tipo de célula ele precisa e onde ele precisa dela? O Inato é o responsável por tudo isso no seu nascimento. Podemos dizer que o DNA é verdadeiramente uma central esotérica de controle. O campo ao redor dos trilhões de peças do DNA conhece a si mesmo como uma entidade única. Todo o DNA junto trabalha como um só sistema através desse campo, e esse sistema único é chamado INATO. Portanto podemos dizer que ele é a combinação das células do DNA do seu corpo vistas em conjunto como uma coisa só, a qual chamamos de corpo inteligente – Inato. Ele é descentralizado. Não existe um órgão único ou glândula que seja responsável pelo Inato. Todas as partes do corpo estão envolvidas neste sistema de corpo inteligente.

Apesar de o Inato ser difícil de se definir, você sabe como encontrar soluções para o corpo através dele, usando, por exemplo, teste muscular ou cinesiologia. Existem muitas maneiras de fazer isso – “EFT”, “body talk”, decodificação, e outras mais. Todos esses sistemas lhe dão o que chamaríamos de “feedback” (ou parecer) do corpo inteligente. Através deles você descobre o que o corpo inteligente quer lhe dizer. Aqueles que facilitam estes processos sabem muito bem que estão conversando com o “campo inteligente” do corpo. Este campo está representando o DNA como um todo, não um órgão ou uma glândula, e nem o cérebro.

O INATO É UM SISTEMA DE BACK-UP INTELIGENTE…

Então, a primeira coisa que queremos lhe dizer sobre o Inato é que ele é um sistema que abrange todo o corpo e “sabe” mais do que o seu sistema nervoso ou cerebral poderia jamais saber. O Inato está em todo lugar. Está na unha dos dedos do seu pé e no seu cabelo; está em todo lugar onde o DNA esteja, em qualquer forma que o DNA exista. Ele é único e é você.

Falei que a medicina já viu isto muitas e muitas vezes, mas não o entende. Deixe-me dar um exemplo. Quando um Ser Humano rompe a medula espinhal num acidente, ela continua rompida para sempre. Já falamos sobre isto antes, e perguntamos: “Não é estranho que os nervos espinhais não se re-conectem e voltem a crescer?” Tudo mais no seu corpo está programado para se regenerar, entretanto as células dessa área não se regeneram bem. Um membro quebrado consegue fazê-lo, mas os nervos da medula espinhal não se re-conectam. Inclusive dissemos que chegará um tempo em que ela se regenerará e que isto faz parte do Ser Humano evoluído que está chegando. Mas, falemos sobre como as coisas são agora.

Imagine isto… digamos que você conheça ou já tenha visto um paraplégico… um homem ou uma mulher numa cadeira, que não consegue movimentar nada além da sua cabeça. Você acha que faz sentido que a maioria dos nervos da medula espinhal, que permitem absolutamente todos os movimentos, estejam cortados e, no entanto, as coisas do corpo que dependem dos sinais cortados do cérebro continuem funcionando? Os músculos do coração continuam batendo, embora lhe tenham dito que o ritmo dos batimentos cardíacos é enviado pelo cérebro, para que os sinais estejam no padrão correto.

A ciência tem uma resposta para isto em relação ao coração (veja abaixo), entretanto a digestão também continua, a reprodução continua e a maioria das funções corporais do pescoço para baixo não é interrompida. Entretanto, o cérebro não está mais enviando sinais. Como se explica isto? A medicina realmente tem uma boa explicação para o coração, já que vê isso o tempo todo. Ela diz que o coração consegue ser autônomo, que consegue bater através de células especiais no nódulo sinoatrial. Esta é a descrição deles do Inato! Eles também estão enxergando um sistema de back-up profundo em ação.

O Inato é um sistema de back-up dentro do campo do DNA que mantém o ser humano vivo. O campo do DNA do seu corpo realmente se conecta com o cérebro, e os sinais ainda são enviados de uma forma quântica (sem fio). O nódulo sinoatrial é uma antena nervosa que continua a “captar” as transmissões do cérebro através do campo. E faz isto tão bem que, mesmo se o cérebro estiver morto, ele “se lembra” de padrões por algum tempo, como um back-up de bateria. Este é o poder do Inato.

Lembre-se que o campo do seu DNA quântico está em conexão com o corpo inteiro o tempo todo, mesmo quando a medula espinhal está rompida. O cérebro continua enviando os sinais, o campo do DNA recebe-os e os envia aos músculos do coração, aos processos digestivos – tudo menos os músculos de outras áreas. Observe atentamente essa esquisitice do corpo no caso da lesão espinhal, e verá que tenho razão. Peço-lhe isto para que tenha uma prova do mundo real a respeito deste fenômeno.

Inato, o corpo inteligente, o manterá vivo mesmo que as ligações do seu cérebro estejam cortadas. O Inato é inteligente, muito mais do que aquele que é chamado de órgão de sobrevivência – o cérebro. O cérebro é um enorme computador de sobrevivência e existência. Ele lhe dá a capacidade de estar aqui. Mas não é tão inteligente. Ele nem consegue lhe dizer se você tem uma doença horrível no seu sangue. Mas o Inato pode.

A SINGULARIDADE DO INATO…

Está na hora de você pensar no seu DNA como uma coisa única, e não trilhões de coisas. A ciência nem sequer reconhece que o DNA pode se comunicar consigo mesmo, no entanto ele precisa fazer isto para que seu corpo possa resolver as coisas do jeito que faz. A beleza do que estamos ensinando é que o corpo físico, aquele que o cérebro controla, está começando a construir uma ponte para o Inato. Esta ponte será através da intuição e finalmente criará um tempo em que você será seu próprio médico intuitivo! Você não apenas saberá o que está ocorrendo dentro do seu corpo, com também terá uma compreensão muito mais elevada da energia do seu Akasha.

O Inato tem seu próprio tipo de programação. Ele está programado para algo que você deveria conhecer, pois, com esta nova energia, está na hora de reescrever esse programa.

PROGRAMA DE SOBREVIVÊNCIA…

Enquanto o cérebro Humano está programado para a sobrevivência do corpo, o Inato está programado para a sobrevivência espiritual. Você pode perguntar “Qual é a diferença?” Sobrevivência corporal é a sua capacidade de fugir do tigre que o está perseguindo e encontrar alimento e abrigo. Ela lhe dá a lógica para descobrir essas coisas e se manter vivo. Sobrevivência espiritual é algo muito diferente, e muito esotérico. É um tipo bem mais amplo de sobrevivência; ela impulsiona a evolução espiritual da humanidade e provê um nível de trabalho superior do seu DNA. Deixe-me explicar.

O Inato sabe o que os antigos sabiam. Ele conhece o grande plano; lembre-se que ele está conectado com o Eu Superior. Ele sabe quanto tempo a humanidade tem para existir neste planeta até que não lhe seja mais possível decidir pela graduação do planeta. Ele sabe disto; seu DNA sabe disto. Qual é a diretriz principal do Inato? É fazer tudo que pode por você, oferecendo-lhe múltiplas chances de livre escolha, possibilitando que o despertar ocorra e, portanto, possibilitando que a humanidade atravesse a ponte da sobrevivência e mude para a condição de planeta ascendido. Esta é sua diretriz principal.

A sobrevivência espiritual representa e evolução potencial da Terra e tudo está programado ao redor disso. O Inato está projetado para levá-lo adiante em direção à conscientização espiritual, de todas as maneiras possíveis dentro do sistema de livre arbítrio. É para isto que serve o Inato. Você consegue enxergar o grande plano em tudo isto? Você possui um sistema de orientação interno para ajudá-lo a navegar no seu potencial.

Neste processo, o Inato também cruza a ponte com a química corporal de várias formas diferentes. O Inato também é responsável pela regressão espontânea. Você realmente pensava que isto vinha do cérebro? Como pode um ser Humano ter uma doença que desaparece da noite para o dia? Como é possível que o corpo físico se limpe de algo tão desequilibrado da noite para o dia? Como é possível que um tecido cresça num ritmo acelerado para causar a cura da noite para o dia? Estou apenas citando situações que hospitais têm visto muitas e muitas vezes. Eles tiraram Raio-X, verificaram e testaram tudo quimicamente, mas… “Não tem jeito de isto acontecer normalmente!” – devem ter dito. Para os espiritualizados, só pode ter sido um milagre! Para os de mente científica, essas coisas continuam inexplicáveis. A beleza disto é que é, de fato, inexplicável. É o milagre do Inato! É o seu próprio corpo mantendo-o vivo. É um sistema de back-up profundo e miraculoso.

Este é o poder que você tem. Quando o Inato finalmente começar a construir a ponte para o eu corpóreo, o Ser Humano, como você o conhece hoje, desaparecerá. Aquele que o substituir terá uma vida muito mais longa, capaz de restaurar a si mesmo e até de fazer membros crescerem de volta. Assim é que foi projetado, querido, e isto deveria começar a fazer sentido para você.

A PROGRAMAÇÃO DA VELHA ENERGIA DO INATO…

Agora que você já sabe o que é o Inato, vamos conversar sobre a programação do Inato do passado. No Livro Um de Kryon (1993) falei sobre algo que é de responsabilidade do Inato. Eu falei, “Está na hora de soltar seu carma.” O carma é uma energia que você carrega consigo como resultado de experiências de vidas passadas, e que é trazida através do véu para o corpo reencarnado. É uma energia de questões não completadas. Isto é o carma. Ele é real e era necessário numa energia mais antiga.

Ele está no seu DNA e o Inato o governa. Então quando eu lhe disse para soltar seu carma, quis dizer que você deveria falar com seu corpo e falar com suas células. Quando fizer isto, diga, “A energia do passado é um assunto encerrado para mim. Eu solto meu velho carma. Eu sigo adiante.” Estas foram as primeiras instruções que você recebeu de mim a respeito do processo que cruza a ponte do eu corpóreo para o Inato. Nós lhe dissemos para usar intenção pura.

A MUDANÇA CELULAR NÃO É AUTOMÁTICA…

A intenção pura dirige-se às suas células numa forma tão pura, que o seu corpo a vê como uma verdade e age de acordo com ela. É assim que o carma é liberado. Ele o vê como o patrão, como deveria, e age. Agora, quero que você veja o que não foi afirmado em todos esses anos passados, e que agora está na hora de ser revelado. Quero que isto faça sentido para você, por isto lhe apresento primeiro a lógica ligada a ele. Qualquer que seja a programação do corpo, ela é totalmente governada pelo livre-arbítrio. Você tem a opção de obedecer às instruções de sobrevivência do seu cérebro ou não. Você tem o livre arbítrio de acreditar que esta mensagem é real ou não. Portanto, as opções esotéricas nesta nova energia não virão automaticamente para o seu corpo. Livre arbítrio significa que você precisa usar sua consciência divina para dirigir o Inato para se mudar para a nova energia. Será que faz sentido você, como alma antiga, entrar numa nova energia onde o carma não é mais necessário, e o Inato liberá-lo para você por conta própria? A resposta é “não”. O Inato espera por seu direcionamento. A sua mudança de consciência não está programada no seu DNA. Isto é livre-arbítrio.

Agora, escute, pois este é o ensinamento de hoje. Por mais inteligente que ele seja, o Inato continuará como era antes, até receber suas novas instruções. VOCÊ precisa reprogramar o Inato, porque ele tem uma tendência da energia antiga. Ele vem trabalhando com você do mesmo modo desde que você é um Ser Humano. Ele foi projetado para fazer certas coisas de certo modo, e está na hora de mudar isto. Sua consciência é a chave para essa mudança. Ela sempre foi e sempre será. Seu livre-arbítrio é necessário para desprogramar o que eu chamo de conjunto de instruções do Inato. Então, liberar seu carma foi a primeira instrução da nova energia que eu lhe dei. E agora há mais uma.

Reprograme o Inato no seu corpo agora mesmo! Esta reprogramação acontece através da sua intenção consciente livre, e não é difícil. Sua consciência, através da intenção pura, é a rainha da mudança do corpo. Você sempre soube que pode mudar sua química e curar seu corpo. Então, a chave é falar com o Inato. Agora fica mais complicado. Eu lhe direi o que é a velha programação daqui a pouco.

O SEU PODER…

É assim que isso funciona: você deve conversar com o Inato como com seu melhor amigo, como faria com um Ser Humano sentado à sua frente. Se você fosse ter uma conversa com seu melhor amigo, ficaria repetindo as coisas várias vezes? A resposta é “não”. Pelo contrário – você daria a um bom amigo a credibilidade da inteligência para ouvir e entender. Esta é a credibilidade que você precisa ter com o Inato. O Inato é o seu corpo inteligente e está na hora de reprogramar o que ele pensa que é a sua sobrevivência espiritual, porque Inato não cruzou esse marco de energia com você. A sua consciência passou para esta nova energia, mas sua estrutura celular antiga e original não. A re-calibração não é automática, querido.

Alma antiga, existem algumas coisas que você deveria entender. Você acha interessante que o Inato saiba tudo sobre suas vidas passadas e você não? O que lhe parece isto, em termos de sistema eficiente? Você gostaria de saber mais? Qual a energia que você adquiriu numa vida passada e gostaria de poder usá-la novamente hoje em dia? Já conversamos sobre isto. Você consegue minar o Akasha através do livre-arbítrio da consciência e conversando com o Inato. Teste muscular, EFT, “body talk”, afirmações, decodificações – o que você puder fazer para contornar a lógica corporal do cérebro Humano constitui um trabalho com o Inato. Você precisa pensar de forma diferente na sua realidade para realizar plenamente este potencial. Você está acostumado com quantidade, repetição e outros conceitos lineares para mudar as coisas no seu interior. Isto não funciona mais.

Então, vamos falar sobre o que você tem que reprogramar, que é o maior problema do Inato.

REPROGRAMAR SEU CORPO…

NÚMERO UM: Libere seu carma. Nós repetimos, este é o número um. O que continua dominando-o e que é o ponto fraco da sua personalidade, querido? O que é isso que você simplesmente não entende? Eu vou lhe dizer; é a energia do passado, e ela não é necessária para o futuro. Liberte-se dela. Inato fará o que você lhe disser para fazer. Se ele enxergar isso como lógica espiritual, ele cooperará, porque o Inato está escutando esta canalização junto com você! Ele sabe o que você sabe, e você é o impulso consciente para mudar seu próprio Inato.

NÚMERO DOIS: Mude a diretriz principal do Inato. O que o Inato foi criado para fazer que não faz absolutamente nenhum sentido? Vou lhe dizer agora mesmo, e esta é a maior revelação até esta data. Querido, existe um sistema chamado reencarnação que é o motor, até o momento, do progresso espiritual neste planeta. Por exemplo, você vive uma encarnação, aprende determinadas coisas e morre. Aí você nasce de novo no planeta e, no seu DNA e Akasha, está a sabedoria que você trouxe consigo da sua vida passada. Cada vida lhe dá mais sabedoria, e você tem o livre-arbítrio para usá-la ou não. Mas, ao reencarnar, ela vem com você no nascimento, como um potencial novo.

Uma alma velha traz muito mais sabedoria esotérica do que uma alma nova. Está entendendo até aqui? Você, como alma velha, já esteve aqui e conseguiu isso. Já viu os novatos neste planeta? Eles não são capazes de entender nada! A cada vida eles constroem uma biblioteca de sabedoria, enquanto você se senta na cadeira hoje. Você sabe que é uma alma velha. Agora, adivinhe o que o Inato faz com isso!

O PROGRAMA ANTIGO DO INATO…

Eis o que o Inato aprendeu a fazer, porque o sistema antigo assim requeria. Está pronto para ouvir? A morte! Para se graduar, adquirir sabedoria e seguir adiante em direção a uma consciência espiritual mais elevada na próxima vida, você precisa de uma encarnação curta e produtiva. Depois, então, você reencarna com essa sabedoria. Quanto mais rápidos os ciclos de aprendizado, maior o potencial para que o planeta desperte numa vibração superior – evolução espiritual. Está começando a perceber onde isto vai chegar? O inato lhe dará vidas curtas propositadamente! Que sistema!
É importante que você veja o sentido disto. Numa consciência mais antiga, isto se tornou o “motor da iluminação”. A reciclagem de almas velhas era a chave… deixemos que elas tenham experiência e sabedoria; em seguida as reciclemos de volta para o planeta, para que a sabedoria possa ser utilizada.

É importante lembrar que a energia antiga não permitia realmente que a sabedoria da vida presente fosse usada pela grade do planeta. Isto só era conseguido através do renascimento e com o DNA trabalhando apenas com cerca de um terço do seu potencial.

De repente, em 2012, os seres humanos passaram a marca (segundo foi medido pela precessão dos equinócios) e chegaram a um ponto de consciência do qual todas as antigas profecias falaram. Querido, é por isto que estou aqui! Pela primeira vez, o ser humano tem a capacidade de fazer aquilo que, há 25 anos, quando eu cheguei, nós vimos que seria possível. Seu DNA está começando a evoluir.

Desejo que você comece a falar para o seu Inato que você não precisa passar pela transição da morte para transmitir a sua sabedoria. Há um novo processo agora, que é diferente de qualquer outro que já houve aqui no passado. Não só a sua sabedoria atual pode passar para as grades do planeta hoje, mas tudo o que você aprendeu desde o começo pode ser aplicado também. Toda a sua sabedoria e aprendizado Akáshicos de repente estão acessíveis em tempo real para a energia da Terra.

Você não precisa mais reencarnar rapidamente. Ao contrário, você pode fazê-lo permanecendo aqui à medida que o seu DNA começa a ficar mais eficiente. No momento em que você chegar a 36% (veja a numerologia disto), o processo se completa. Então você terá a capacidade de ficar aqui um tempo muito longo! Querido, o Inato não sabe disto. Durante milhares de anos, ele vem aprimorando o potencial de crescimento espiritual deste planeta oferecendo encarnações curtas. O Inato precisa saber disto, e VOCÊ é quem deve lhe contar. Encarnações mais longas são a chave para a evolução do planeta!

Não lhe parece lógico, querido, que você consiga realizar mais coisas neste planeta se não tiver que renascer e crescer tudo de novo? Fique!

Há muitas pessoas na Terra que dirão: “Isto é besteira. Você nasceu de um jeito e vai permanecer desse jeito.” Mas isto é simplesmente o raciocínio antigo e tradicional. Você pode reprogramar quase tudo no seu corpo! Muitos sabem que mudaram toda a sua personalidade, talvez até a sua natureza humana! Mudaram até sua estrutura corporal. Alguns dos que estão lendo isto conseguiram deter o envelhecimento, e isto é uma prova de que estas coisas que estamos lhe falando são reais.

A chave para deter o processo de envelhecimento, como você sabe hoje, é reprogramar o Inato. Seu corpo está projetado para envelhecer, mesmo que isto lhe pareça um contrassenso! Seu corpo celular foi projetado para rejuvenescer, e não está indo bem, entende? Mudar isto é tarefa do Inato, mas ele precisa do sinal para fazê-lo – isto é livre-arbítrio – e VOCÊ é o único que pode fazer isto; não um facilitador, nem um terapeuta e nem um canalizador. VOCÊ precisa aprender como se comunicar com o Inato.

Diga ao Inato: “Eu não preciso mais morrer para criar crescimento espiritual.” Você pode fazer isto praticamente de qualquer jeito que quiser. Aprenda a construir afirmações que sejam positivas. Entre em contato com o corpo através de qualquer processo que chegue a você. Você está pronto para se comunicar com seu corpo inteligente.

Agora, a beleza disto é que você não precisa convencer o Inato de nada. Ele sabe! Só está esperando o chamado! Assim que ele perceber o progresso que você fez em sua consciência, o trato estará feito! Ouviu isto? O Inato sabe quem você é! Afinal, ele é o seu corpo inteligente. Mas ele não sabe até que você faça o chamado.

O Inato estará pronto para cooperar assim que enxergar a nova e desenvolvida via de evolução espiritual. O resultado disto é que você poderá viver muito mais tempo. Alguns dirão: “Não tenho certeza se quero isso!” Se você for um desses, então estará aceitando o velho paradigma de que idade é igual a problemas de saúde. Não precisa ser assim! Então este é o próximo ponto: Permaneça saudável, ao mesmo tempo em que não envelhece [Kryon sorri]. Rejuvenescimento não é complicado! Isto é algo possível e cheio de amor? Sim! É novo? Sim! E inclusive é suficientemente inteligente para funcionar bem.

Acabo de oferecer a todos vocês, queridos, um atributo que nunca fui capaz de oferecer à humanidade. E vocês ouviram isto pela primeira vez esta noite. Para que esta informação pudesse ser dada, vocês tiveram que atravessar a energia de 2012, passar por 2013 e entrar em 2014. Estava na hora de saberem a verdade. Vocês estão no controle de muito mais do que lhes foi ensinado. Vejam quão poderosos vocês são. Vocês verão isto e depois acreditarão. Na verdade, vocês são todos únicos, e nem todos vão ser capazes de despertar o Inato com a mesma força. Isto porque cada um de vocês é um indivíduo único, num caminho espiritual exclusivo. Queridos, eu sei quem vocês são!

Almas antigas deste planeta, despertem! Despertem para um novo processo, e um novo tipo de vida. Vocês podem duplicar, ou mais, o seu tempo de vida! Não tenham medo do que vêem ao seu redor. Haverá aqueles que não concordarão com nada disto, e o resultado será que não conseguirão fazê-lo. Eles não o entendem! Lentamente, como vocês não envelhecerão tanto, as diferenças entre vocês e eles poderá acabar assustando-os. Isto não será para sempre, porque chegará um tempo em que toda a humanidade saberá que o que estou ensinando esta noite é verdade.

E assim é
KRYON
Esta informação é gratuita e está disponível para que a imprima, copie ou distribua como desejar. No entanto seus Direitos Autorais proíbem sua venda de qualquer forma, exceto pelo editor. Lee Carroll
Tradução de Vera Corrêaveracorrea46@ig.com.br / Fonte: LIVE KRYON CHANNELLING “THE INNATE REVEALED”

Bioenergia Magnética – Biomagnetismo/Par Biomagnético…

Biomagnetismo Médico…

Biomagnetismo médico é um sistema terapêutico desenvolvido pelo Dr. Isaac Goiz Duran, em 1988. O método consiste no uso de imãs poderosos para combater parasitas, bactérias, fungos, vírus e outros germes que causam várias doenças. 

O sistema consiste no reconhecimento de pontos de energia alterada no corpo que, juntos, causam a doença humana. Este reconhecimento é feito com ímãs passivos (não-eletrificados ou conectados a máquinas eletrônicas), que se aplicam em diferentes áreas do corpo, que chamamos de rastreio Biomagnético. Uma vez reconhecidas as áreas e confirmada a sua energia potencial, que correspondem a órgãos e tecidos submetidos a distorções, o terapeuta aplica um conjunto de ímãs sobre estes pontos durante cerca de 20 á 30 minutos.

Cada órgão ou tecido do nosso corpo tem um maior ou menor grau de acidez ou alcalinidade, que nos é dado pela leitura da sua concentração de hidrogênio, isto é, pelo seu potencial de hidrogênio ou pH. As pessoas com algum tipo de doença apresentam, habitualmente, um excesso de íons eletropositivos (toxinas, radicais livres, etc), que acidificam as células, os órgãos, o sangue e as secreções.

Quando isto acontece, quando um tecido corporal qualquer se polariza positivo (acidez), pelo excesso de íons de hidrogênio, existirá outro que se terá polarizado negativo (alcalino) e é esta alteração da polarização que, na perspectiva do biomagnetismo medico, produz a doença. Esta permanência do tecido numa condição de pH alterado, vai permitir o desenvolvimento de vírus onde o pH é mais ácido e de bactérias onde ele é mais alcalino.

Vírus e bactérias vão comunicar-se entre si através da denominada bioressonância magnética e potencializar o desenvolvimento de um vasto conjunto de doenças e patologias degenerativas. Deste modo, bastará alterar a polaridade de ambos os tecidos afetados para eliminar a doença.

Esta técnica, de tratamento natural, consiste em equilibrar e restabelecer o sistema defensivo do corpo humano, ao criar-se um campo magnético que permite tornar incompatível o desenvolvimento e a existência do vírus, das bactérias, dos fungos e dos parasitas, tornando um campo totalmente inacessível para eles.

O Biomagnetismo é uma terapia não invasiva, de fácil e cômoda aplicação que pode tratar todos os tipos de doenças e disfunções, inclusive a nível emocional. A duração aproximada de uma sessão é de 1 á 1:30 hora. O número de sessões depende do tipo de patologia, da sua agressividade e antiguidade.

O Biomagnetismo Medico é compatível com qualquer outra forma de terapia (homeopatia alopática, Naturopatia, Florais de Bach, Reiki, Acupuntura, etc.) e pode também ser usada em conjunto com os tradicionais tratamentos alopáticos.

É um tratamento de baixo custo e de efetividade comprovada. Não requer equipamento caro ou sofisticado, está livre de efeitos secundários nocivos, pelo que constitui uma valiosa alternativa para tratar os mais diversos problemas de saúde. A finalidade é aliviar a dor e recuperar a saúde do paciente, mas também o seu foco principal é de manter sempre uma manutenção geral para a saúde e o bem estar. Por isso sempre é aconselhado não só para tratar algo em específico, mas manter um check upde rotina de 3 em 3 meses para verificar se está tudo Ok.

O tratamento consiste no rastreio de mais de 250 pontos anatômicos, com ímãs de alta potência, de forma a localizar as zonas do corpo que estão ácidas ou alcalinas, e detectar o par correspondente. O paciente está vestido em cima de uma maca, e o rastreio demora cerca de 30 minutos, seguido depois da terapia, com os ímãs colocados por mais 30 minutos.

Biomagnetismo em Animais

A Terapia pode ser feito em crianças e ainda em bebês e animais por intermédio dos pais ou donos, ou simplesmente por uma ”antena” (uma pessoa que aceite ser a pessoa a ser tratada) através de uma técnica chamada Bioenergética. No caso dos animais os resultados com o biomagnetismo são fantásticos pois o processo de cura com eles é mais acelerado não só com o biomagnetismo mas também com varias outras curas energéticas.

Biomagnetismo/ Bioenergética 

 Tratando á Distância

Com a Bioenergética fica muito mais fácil tratar tanto animais e pessoas que não tem condições de uma sessão presencial, como bebês e pessoas, onde quer que estejam, através da bioenergia quântica.
A Bioenergética é uma técnica que permite, nós terapeutas Biomagnetistas, a se conectarem a todos os seres com o poder da intensão. Fazemos uma conexão que chamamos de ”antena” para que possamos tratar também pessoas que não estão perto. É simples e eficaz. É o que chamamos de Entrelaçamento Quântico. Não há dúvidas que funcione, pois os resultados são os mesmos, seja presencial ou a distância, a diferencia é que a distância é algo mais comodo e sem preocupação , pois você continua sua rotina sem se preocupar em ter que se deslocar. Totalmente Acessível a todos. 

O Biomagnetismo Médico é uma terapia indolor, que não recorre a nenhum medicamento para obter os resultados. Quando o terapeuta coloca um polo magnético negativo no local afetado, o hemisfério corporal direito do paciente encurta 1 a 2cm (como se a perna direita fosse mais curta). De seguida é encontrado o chamado par biomagnético, ou seja, o local correspondente que está alcalino. Aí coloca-se o polo positivo e restabelece-se o equilíbrio dos dois hemisférios corporais. As zonas ácidas estão relacionadas com micro-organismos como vírus e fungos, e as zonas alcalinas com bactérias e parasitas. A associação de ambos causa a patologia.

Esta técnica permite, pela forma como atua, o tratamento de inúmeras doenças. Tem mostrado resultados positivos no tratamento de doenças auto-imunes, desde o Lúpus, Psoríase, Artrite Reumatoide, Vitiligo, etc…, bem como noutras manifestações como diabetes, hepatite, gastrite, sida, reumatismo, fibromialgia, Alzheimer, Parkinson, esclerose multipla, artroses, varizes, herpes, acne, infertilidade, asma, tosse crônica, hipertensão arterial, aterosclerose, colesterol, dismenorreia, metrorragia, tumores, cancro, quistos, …

Dr Isaac Goiz Duran

Ao longo de 25 anos de pesquisa e com mais de 200 mil pacientes atendidos pelo autor da técnica, foram feitas descobertas importantes e tratados casos que aparentemente não tinham cura com a Medicina Convencional. Estas revelações estão publicadas em vários livros, com relatos clínicos dos pacientes e com o trabalho científico efetuado.

Assista a seguir um vídeo extraordinário em que o Dr. Goiz destrói patógenos em 10 minutos em um paciente espanhol, em vista de médicos reconhecidos e, no final de seus respectivos estudos, amostras de sangue comprovando cientificamente a eficácia do Biomagnetismo. Veja o Vídeo:

O Biomagnetismo é um tratamento levado á sério, procure sempre um terapeuta certificado. Fonte

 

Neurocientista da Harvard Comprova os Efeitos da Meditação sobre o Cérebro…

meditation-brain-2Neurocientista da Harvard: Meditação não apenas reduz estresse, ela muda o seu cérebro. Carolina Senna

download (1)

Sara Lazar, neurocientista do Hospital Geral de Massachusetts e da Escola de Medicina de Harvard, foi uma das primeiras cientistas a aceitar as subjetivas reivindicações a respeito dos benefícios da meditação e atenção plena e a testá-los com o uso de tomógrafos computadorizados. O que ela encontrou a surpreendeu – que a meditação pode, literalmente, mudar seu cérebro. Ela explica:
Porque você começou a prestar atenção para a meditação, atenção plena e o cérebro?
  • Eu e uma amiga estávamos treinando para a maratona de Boston. Tive algumas lesões por esforço e procurei um fisioterapeuta, que me disse para parar de correr e apenas fazer alongamentos. Então comecei a praticar ioga como forma de fisioterapia. Percebi que era muito poderoso, que eu tinha benefícios reais, então fiquei interessada em saber como funcionava.

A professora de ioga usou de vários argumentos, dizendo que a ioga iria aumentar a compaixão e abrir o coração. E eu pensei: “ok,ok,ok, estou aqui para alongar”. Mas comecei a perceber que eu estava mais calma. Estava mais apta a lidar com situações mais difíceis. Estava mais compassiva e com o coração mais aberto, e capaz de ver as coisas pelo ponto de vista dos outros.

Pensei, talvez fosse apenas uma resposta placebo. Mas então fiz uma pesquisa bibliográfica da ciência, e vi evidências de que a meditação havia sido associada à diminuição do estresse, da depressão, ansiedade, dor e insônia, e ao aumento da qualidade de vida.

A essa altura, estava fazendo meu PhD em biologia molecular. Então simplesmente resolvi mudar e comecei a fazer essa pesquisa como um pós- doutorado.

Como você fez essa pesquisa?
  • O Primeiro estudo avaliou meditadores de longa data versus um grupo controle. Descobrimos que os meditadores de longa data tem a massa cinzenta aumentada na região da ínsula e regiões sensoriais do córtex auditivo e o sensorial. O que faz sentido. Quando você tem atenção plena, você está prestando atenção à sua respiração, aos sons, a experiência do momento presente, e fechando as portas da cognição. É lógico que seus sentidos sejam ampliados.

Também descobrimos que eles tem mais massa cinzenta no córtex frontal, o que é associado à memória de trabalho e a tomada de decisões administrativas.

Já está provado que nosso córtex encolhe à medida que envelhecemos – se torna mais difícil entender as coisas e se lembrar das coisas. Mas nessa região do córtex pré-frontal, meditadores com 50 anos de idade tinham a mesma quantidade de massa cinzenta que pessoas de 25 anos.

Então a primeira pergunta foi, bem, talvez as pessoas com mais massa cinzenta no estudo já tivessem mais massa cinzenta antes de terem começado a meditar. Então fizemos um segundo estudo.

Pegamos pessoas que nunca tinham meditado antes, e colocamos um grupo deles em um programa de oito semanas de atenção plena com foco na redução de estresse.

O que você descobriu?

Descobrimos diferenças no volume do cérebro depois de oito semanas em cinco regiões diferentes dos cérebros dos dois grupos. No grupo que aprendeu meditação, encontramos um aumento do volume em quatro regiões:

  1. A diferença principal encontramos no giro cingulado posterior, o qual está relacionado às lembranças e auto- regulação.
  2. O hipocampo da esquerda, o qual dá suporte ao aprendizado, cognição, memória e regulação emocional.
  3. A junção temporoparietal, ou JTP, à qual está associada a tomada de decisões, empatia e compaixão.
  4. Uma área do tronco do cérebro chamada de Ponte, onde muitos neurotransmissores reguladores são produzidos.

A amígdala, a parte do cérebro responsável pelo instinto de ataque ou fuga, e que é importante nos aspectos da ansiedade, medo e estresse em geral. Essa área ficou menor no grupo que participou do programa de oito semanas de atenção plena com foco na redução de estresse.

A alteração na amígdala também foi associada a uma redução nos níveis de estresse.

Então por quanto tempo alguém precisa meditar até que comece a ver mudanças no seu cérebro?
  • Nossos dados mostram mudanças no cérebro após apenas oito semanas. Em um programa de atenção plena com foco na redução de estresse, nossos pesquisados participaram de uma aula por semana. Eles receberam uma gravação e foram solicitados a praticar por 40 minutos por dia em casa. E foi assim.
Então, 40 minutos por dia?
  • Bem, foi altamente variável no estudo. Algumas pessoas praticaram 40 minutos todos os dias. Algumas praticaram menos. Algumas apenas umas duas vezes na semana.

No meu estudo, a média foi de 27 minutos por dia. Ou em torno de meia hora por dia.

Ainda não existem dados suficientes sobre quanto alguém precise praticar para se beneficiar.

Professores de meditação lhe dirão, apesar de não existir absolutamente nenhuma base científica para isso, que comentários de estudantes sugerem que 10 minutos por dia podem trazer benefícios subjetivos. Ainda precisamos testar.

Nós estamos apenas começando um estudo que, com grande esperança, nos permitirá acessar quais são os significados funcionais dessas mudanças. Estudos de outros cientistas mostraram que a meditação pode melhorar a atenção e a habilidade de regular a emoção. Mas a maioria dos estudos não foi com neuroimagens. Então agora estamos esperançosos em trazer o aspecto comportamental e a ciência da neuroimagem para trabalharem juntos.

A partir do que já sabemos da ciência, o que você encorajaria os leitores a fazer?
  • Atenção plena é similar a um exercício. É uma forma de exercício mental, na realidade. E assim como o exercício melhora a saúde, nos ajuda a administrar melhor o estresse  e promove longevidade, a meditação se propõe a partilhar alguns desses mesmos benefícios.

Mas, assim como o exercício, não pode curar tudo. Então, a ideia é de ser útil como uma terapia de apoio. Não é uma coisa em separado. Já foi usado com muitos outros distúrbios e os resultados variam tremendamente – impactam alguns sintomas, mas não todos.  Os resultados são às vezes modestos. E não funciona para todos.

Ainda está muito cedo para se tentar concluir o que a meditação pode ou não fazer.

Então, sabendo-se das limitações, o que você sugeriria?

Lazar: Parece sim ser benéfico para a maioria das pessoas. A coisa mais importante, se você for tentar fazer, é encontrar um bom professor. Porque é simples, mas também é complexo. Você precisa entender o que está acontecendo na sua mente. Um bom professor não tem preço.

Você medita? E você tem um professor?
  • Sim e sim.
Que diferença fez em sua vida?
  • Tenho feito isso por 20 anos, então tem uma influência profunda em minha vida. Dá muito “chão” (ancoragem). Reduz o estresse.  Me ajuda a pensar mais claramente. É maravilhoso para interações interpessoais. Tenho mais empatia e compaixão pelas pessoas.
Qual a sua prática pessoal?
  • Altamente variável. Alguns dias pratico 40 minutos. Alguns dias cinco minutos.  Alguns dias não pratico nada. É muito parecido com exercício. Exercitar-se  três vezes por semana é maravilhoso. Mas se tudo o que você pode fazer é se exercitar um pouquinho todos os dias, isso também é uma coisa boa. Tenho certeza de que se praticasse mais me beneficiaria mais. Não tenho ideia se estou tendo mudanças no meu cérebro ou não.  E é isso que funciona para mim nesse momento.
Texto original: Brigid Schulte
Tradução: Joann Schaly
Fonte: Neurocientista da Harvard: Meditação não apenas reduz estresse, ela muda o seu cérebro – Nowmastê
Veja também:
OBS: Para adicionar a legenda em português clique no ícone Legendas/legendas ocultas.