Aconselhamento Metafísico….

Resultado de imagem para ACONSELHAMENTO METAFÍSICOHá várias formas de nossa Alma conduzir a Mente.
O objetivo sempre será o aperfeiçoamento do aparato mental para que seja cada vez mais adequado a expressão dos anseios de nosso Ser Eterno, nossa Alma, aqui na matéria.
Este é um trabalho que vem se realizando há milênios; a cada etapa da evolução humana, a mente se adéqua às necessidades de sobrevivência física, sendo instrumento de leitura do mundo,  o que possibilita nossa intervenção na matéria. A partir da formação dos padrões mentais, desenvolvem-se estruturas que alicerçam o desenvolvimento das demais facetas humanas (emocional, psicológica, social, política, etc). Desta forma, esses padrões mentais “formatam” nosso comportamento, nossos valores que definem tudo que atrairemos e, assim, nossas experiências que, ficam registradas formando a memória (possuidora de grande carga de energia emocional, que é o que a faz se fixar em nós) e, neste processo, o SENTIR é a ponte de orientação que temos com a nossa Alma pois, aquilo que sentimos é Sua avaliação quanto às interpretações de nossa mente e de suas consequentes ações frente às experiências vividas. Toda sensação é reação da Alma ao que a mente está realizando; sensação boa, prazerosa, a Alma está aprovando a mente; sensações desagradáveis, a mente está sendo desaprovada e é hora de mudar.

Periodicamente, necessitamos expandir nossos padrões e limites para possibilitar a evolução; devido aos mecanismos naturais de proteção e manutenção, sofremos nessas etapas pois, é preciso soltá-los, negá-los, superá-los, o que nos coloca em uma situação muito vulnerável; sendo muito natural que nos sintamos inseguros e, até mesmo, amedrontados. Sendo isto a origem dos conflitos que aparecem nessas fases. Muito natural pois que temos que decidir entre nos manter , insatisfeitos, dentro da zona de conforto e segurança  ou nos lançar rumo ao crescimento, sem saber o que virá e se estaremos habilitados a bancar nosso propósito frente ás condições apresentadas.  

Conhecimento, aceitação e compreensão são elementos fundamentais; se não há conhecimento lúcido, este será resgatado através das vivências por existir no plano imanifesto da Alma. Tais situações ocorrem como medida do Ser Supremo para se tornar cada vez mais adentrado no plano físico, de forma consciente e lúcida. Cada vez que nos voltamos ao Altíssimo, damos-Lhe oportunidade de Fixar-se mais um pouco na matéria.

Compartilho do pensamento de que a Ascensão começa com a descensão do Espírito na matéria; que é o domínio da matéria pelo Espírito nosso objetivo final. Este domínio da matéria, o compreendo como o Espírito ter  desenvolvido  a habilidade de conduzir, de forma consciente e lúcida, todos os processos  do plano físico que possibilitam a manifestação da vida, realizando sem a necessidade de criar uma “personalidade” intermediária, todos Seus objetivos.

A “Personalidade” é uma grande aliada do Espírito mas, não é o Espírito, não é a Alma.

Somente um pouco da Luz do Espírito consegue (por enquanto) manter-se consciente e lúcido na matéria; mais de 80% de nós, mantem-se inconsciente, existindo no invisível; sem acesso direto a nós; é como se fôssemos movidos por controle remoto que recebe muita interferência.

Este controle a distância é possibilitado pela formação de estruturas bioenergéticas, de condensações diversas, que são adaptáveis, podendo ser modeladas e alteradas através de padrões mentais, os quais são gerados pelas necessidades da Alma, as quais são refletidas em nossos sentimentos, emoções e sensações. Primeiro sentimos, depois pensamos e, de tanto sentir de uma mesma forma, forma-se um padrão mental que será o responsável por tudo que será atraído ao nosso sistema de manifestação, ou seja, a nossa vida. 

Tais estruturas bioenergéticas são diferenciadas, atendendo a funções e necessidades inerentes à manifestação da Consciência na matéria, formando um conjunto único, ao qual denominamos personalidade.

Fazendo uma analogia com o computador, a personalidade seria o software e o corpo seria o hardware. Da mesma forma que os softwares necessitam de atualizações para continuarem atendendo às necessidades dos usuários, nossa Personalidade também passa por essas “atualizações”, no sentido de se aprimorarem permitindo cada vez mais a manifestação da Consciência na matéria.

Por ter sido, anteriormente, necessário a criação de determinados padrões mentais para atender certas necessidades que, já não existem mais por terem sido superadas, far-se-á necessário desfazê-los ou modificá-los. Por termos assentados em nós mecanismos de proteção, que visam principalmente nossa sobrevivência, e que estão alicerçados em padrões mentais, entrar nesta área para realizar alterações não é uma tarefa fácil e nem, muito menos, simples. Precisaremos encontrar um caminho que não ameace nosso sentido de segurança; por aí vem todos os rolos e dificuldades que todos nós conhecemos pois, este processo não será regido pelo raciocínio, por mais que queiramos, nesses momentos, ser racionais (a “operação” estará sendo feita no plano mental, ele não poderá estar totalmente ativo).

Nossa comunicação com nossa Alma não é via mental, não é um contato racional, todos nós sabemos disso. Portanto, por ser esta comunicação de natureza sensível, não racional, os símbolos são de grande valia, pois comunicam mensagens a partir da conexão que fazem entre nosso consciente e a nossa parte não consciente, invisível, imaterial=nossa Alma ou parte dela, através da porta de nosso Plano Interno (interno à nossa Consciência).Desta forma também, por estarmos alicerçados em padrões, muitos deles nos são conhecidos em sua forma geral. Assim são os arquétipos, a Numerologia, os Horóscopos, a Astrologia; nos fornecem tal qual um mapa, pelo qual podemos nos orientar para promover nosso aprimoramento espiritual, contribuindo com nossa individualidade para a construção do coletivo.

São esses mapas que apontam para as atualizações que serão feitas em nosso software e, até mesmo, nas configurações de nosso hardware.

Alguns instrumentos podem ser utilizados como catalisadores e potencializadores dessas mudanças: florais, mandalas, amuletos, as imagens das formas dos campos energéticos dos nomes, as meditações e muitos outros.

Para nos orientar no caminho, nossa Alma se vale de muitas pontes, algumas vezes a dos oráculos (Tarot, Runas), outras utiliza a linguagem das vibrações como a da Radiestesia, Anjos, a dos Sons e Cores da Alma  e o próprio Aconselhamento Metafísico ajuda neste processo de crescimento por ser mais uma ponte e instrumento que a Alma usa para nos acessar.

O Aconselhamento Metafísico utiliza cada uma dessas pontes de Expressões da Alma em suas sessões, pois são formas de autoconhecimento valiosas que colaboram para o esclarecimento de dificuldades que a pessoa esteja passando e, também, de orientação. Fonte

Resultado de imagem para ACONSELHAMENTO METAFÍSICOACONSELHAMENTO METAFÍSICO TRANSENERGÉTICO

Em um momento espiritual, num ambiente acolhedor e relaxante, começamos conversando sobre os motivos que o trouxeram até mim. Conhecer o que o(a) incomoda ou aflige e o que o(a) impede de ser feliz, assim como o que lhe dá prazer e alegria. Sentir suas dores físicas, emocionais e… espirituais, suas carências, seus cansaços.

Nós somos nossos pensamentos, emoções, sensações, ações e também nossos corpos. A história pessoal está armazenada na estrutura do corpo, refletindo todas as experiências
vividas; o impacto das relações desde a primeira infância, traumas físicos e emocionais, por exemplo, são armazenados e contidos no corpo na forma de padrões de tensão muscular crônica, doenças. Sendo inconscientes, os problemas emocionais neles representados limitam a capacidade da pessoa de viver e funcionar livremente.
Para que haja equilíbrio emocional, espiritual e físico, é preciso um bom contato energético: a energia deve fluir livremente. Primeiramente em nossos corpos sutis – emocional, etérico e mental – para, a seguir, em todas as áreas de nosso corpo com as quais nós mantemos contato com o mundo – braços, mãos, pernas, pés, órgãos dos sentidos e áreas sexuais – numa verdadeira integração de corpo, mente e espírito.
Através de um processo de análise psicológico-sensitiva descortinaremos juntos, então, e pouco-a-pouco, as causas que bloqueiam suas energias e que lhe trazem o mal estar seja ele da ordem que for. Lidamos, assim, com o trânsito das energias desta – e porque não? – de outras vidas acumuladas através das experiências, hábitos, crenças e valores distorcidos e por isso mesmo limitadores e até mutiladores.
Por isso, o aconselhamento metafísico é uma psicoterapia transenergética, vibracional, pois cuida do trânsito das energias, trabalhando na regulagem da vibração energética dos diversos corpos sutis para a reconstrução das energias individuais, através da reavaliação dos valores pessoais, auto-estima, crenças, bloqueios e traumas emocionais, mobiliza a saúde psíquica, emocional e espiritual; a sensibilidade mediúnica é reconhecida e avaliada, assim como os bloqueios espirituais.

Complementando este quadro rico de possibilidades psico-energéticas, durante o tratamento podem ser aplicadas algumas técnicas bio-energéticas complementares, de acordo com a necessidade de cada caso:

  • O poderoso magnetismo do Reiki;
  • A força universal da cromoterapia;
  • A sutileza certeira dos florais;

A movimentação energética corpo-espírito-mente proporcionada pela massagem bio-energética.
Exercícios e práticas auxiliam e intensificam o tratamento transenergético do aconselhamento metafísico, reforçando a análise terapêutica.
Com toda esta carga de renovação de conceitos, as energias estagnadas vão sendo liberadas e modificadas pouco-a-pouco; crenças são modificadas, valores resignificados,
estruturas internas são restabelecidas, permitindo o fluxo livre do prana e demais energias, trazendo a tão almejada mudança ou cura.
Você aprende a conhecer e a lidar com sua força pessoal, sua sensibilidade e a valorizar seu universo interior, sem culpa e sem medo. O processo de autoconhecimento se desenvolve, trazendo autoconfiança e fortalecimento, pois o poder pessoal foi resgatado. Com isso, o presente passa a ser vivido com intensidade e realidade. Sem temor o indivíduo passa a ser o dono de si mesmo, o autor de seu dia-a-dia, de seu destino. O futuro deixa de ser atemorizante já que ele depende exclusivamente das decisões conscientes de cada um.
É o despertar de um novo tempo, o renascer para uma nova vida: a conquista do autoconhecimento que traz a paz e a autorrealização, sem medo, sem culpa, sem cobrança, com saúde física, emocional e espiritual. Fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s