Cientistas da Nova Era, Prof. Hélio Couto-Aurora Dourada…

Cientistas da Nova Era – Prof. Hélio Couto – Aurora Dourada – A Unificação com o Todo – A Ressonância Harmônica… parte 4

“Iluminação é sentir isso. Sentir que o Observador está dentro de si. Junto com o observador. É o que se chama a Parte e o Todo. Quando estes dois observadores se fundem num só é que a verdadeira felicidade pode ser sentida. Pois nesse ponto há unificação de consciências. É por esta razão que quando há um relacionamento entre dois observadores há alegria e felicidade. Porque aconteceu uma unificação. São um só. Essa é uma experiência transcendental, pois transcende cada um dos observadores. É criada uma consciência expandida pela união (multiplicação) das consciências. Quanto mais consciências se unificam mais alegria há. Até o ponto em que só há uma consciência (a unificação de todas) e a alegria é infinita.” – Prof. Hélio Couto

Cientistas-Post-19.11.2015

Cientistas-Post-19.11.2015-1(Nota do Blog: Os textos a seguir foram selecionados pela Luz é Invencível por serem considerados importantes na nossa maneira de pensar, já que toda a obra do Prof. Hélio Couto é de grande relevância para todos nós. Na impossibilidade de colocar toda a sua obra neste espaço e afim de estimular a leitura de seus livros e palestras, separamos por temas e incluímos nossos grifos pessoais, porém, os textos estão na íntegra, como é de praxe com todas as  postagens que fizemos dos nossos Cientistas da Nova Era. Esperamos que aproveitem, meditem e tirem suas conclusões da obra deste grande pesquisador e cientista brasileiro, que está revolucionando conceitos e quebrando velhos paradigmas, contribuindo assim com muita relevância para esta Transição Planetária. No final do post, teremos todos os links, bibliografia e websites para consulta e ampliação dos textos.)

– Uma breve biografia – Hélio Couto por ele mesmo

“Quando fiz 32 anos de idade, comecei um período que o psiquiatra Stanislav Grof chama de “emergência espiritual”. Comecei a mudar drasticamente, expandindo a consciência em todos os sentidos. Passei a repensar tudo e fazer inúmeras terapias para entender o que acontecia comigo. Até esta data eu era um analista de sistemas e paralelamente lia sobre a mente humana, psicanálise, psicologia, mitologia, sociologia, etc. Essas leituras começaram com 8 anos de idade e nunca mais pararam. Até que chegou o dia em que começou a catarse com 32 anos de idade. Durante 12 anos a catarse durou. Nesses anos minha pesquisa sobre a realidade aprofundou-se ainda mais. Passei a questionar tudo que já haviam me dito e ensinado. Questionei todas as religiões, a ciência, a economia, a sociedade, etc. Passei a testar cada coisa para saber se era verdade ou não. Pois tinha descoberto que havia um simbolismo oculto em tudo e que só haviam me ensinado sobre o primeiro nível de significado. O nível que é passado para o povo e que mantém a manipulação que existe até hoje. Nesses anos percebi que minha profissão não me satisfazia mais e que era apenas um número numa engrenagem que triturava as pessoas. Foi muito difícil rever tudo e perceber que tudo era mentira. E que teria de construir um paradigma totalmente novo. Resolvi experienciar cada coisa sem acreditar em mais nada que diziam. Eu tinha de testar para saber se era real ou não. É um processo doloroso e caro. Se gasta muito tempo e dinheiro para testar cada coisa que é passada como a verdade pela sociedade. Foi extremamente instrutiva essa fase. O alicerce para a fase seguinte estava sendo construído, embora eu não percebesse isso ou o alcance do que estava a fazer. Continuei trabalhando como analista e pesquisando todo o tempo que me restava. Até que chegou o momento em que estava pronto para no próximo passo em 1994. Parei de trabalhar como analista e tornei-me terapeuta alternativo. Desenvolvi naquela época uma ferramenta com mensagens subliminares e paraliminares, extremamente eficientes, mas genéricas. Isto é, servia para todo mundo e muito fáceis de serem pirateadas. No inicio como poucas pessoas sabiam do trabalho não houve problema com pirataria, mas quando comecei a ter 180 pessoas nas palestras do antigo Hotel Danúbio em São Paulo, a pirataria apareceu rapidamente. Ele entrou em contato comigo e comprou uma fita de cada. Dez dias depois colocou à venda 800 fitas numa palestra no mesmo horário, mesmo dia da semana e mesmo hotel. Isso durou anos e inviabilizou totalmente o trabalho. Parei de trabalhar e desenvolver a ferramenta e levei 5 anos pesquisando como ter um produto não pirateável.

Cientistas-Post-19.11.2015-2

Surgiu então a ferramenta personalizada da Ressonância Harmônica. É um produto totalmente impossível de ser pirateado, mas é claro que é impossível impedir que outros digam que fazem o mesmo. Nem os seres negativos do Astral sabem como funciona a Ressonância Harmônica. Tal o poder que está embutido na ferramenta. Se vocês lerem no blog o que Caio Julio Cezar disse sobre a ferramenta, entenderão porque ela não pode ser posta publicamente por enquanto. Da mesma forma que naquela época, depois de virem 180 pessoas na palestra, isso acontece novamente. Podem dizer o que quiserem, está é uma ferramenta única no mundo.

– Explicando a Ressonância Harmônica

Quanto à ciência que está por trás da Ressonância Harmônica, bastaria que lêssem e pesquisassem com isenção de ânimo, para chegarem às conclusões que eu cheguei. O problema é que se um Nobel não entende o significado da Mecânica Quântica, imaginem os demais. Isso se a pessoa tiver boa vontade em entender. Como estamos falando de física, bastaria que a pessoa testasse a ferramenta para saber que é real. É possível testar com quaisquer informações, não apenas casa/carro/apartamento. Considerem todos os artigos sobre auto-sabotagem que estão no site. O Ego Reptiliano não quer que ninguém entenda Mecânica Quântica. Porque as mudanças seriam radicais na vida terrestre. E serão! Já disse em várias palestras que a Ressonância Harmônica não veio para este planeta para que poucas pessoas consigam casa/carro/apartamento. O motivo é muito maior. Isso foi só o começo  do trabalho. É por isso que questiono sempre se entenderam a Ressonância Harmônica. Será que percebem o alcance que tem isso? Será que percebem o que está por trás disto? 

– Não substitui

Leia esta nota integralmente antes de solicitar adesão ao processo de Ressonância Harmônica!

Ressonância Harmônica não é um ato médico, psicoterapia, psicanálise, pensamento positivo, feitiçaria ou magia. A Ressonância Harmônica é um processo que se utiliza de ondas de informação que limpam gradativamente crenças limitantes e inserem no indivíduo novas informações para alavancar seu crescimento, em todas as áreas. É uma ferramenta que serve a propósitos evolutivos conscienciais/espirituais. A Ressonância Harmônica, dentre outras coisas, fornece ao seu corpo uma oportunidade de retornar ao seu estado ideal de equilíbrio, à sua vibração natural de saúde. Entretanto, recomendamos que você consulte um médico em todas as questões relativas à sua saúde. Desaconselhamos que os usuários da Ressonância Harmônica interrompam parcial ou totalmente quaisquer tratamentos médico ou psicológico aos quais estejam sendo submetidos. Seus médicos e/ou prestadores de cuidados de saúde devem continuar a monitorar a sua saúde e recomendar eventuais modificações no seu tratamento. Nunca retarde a busca de atendimento médico baseado apenas na sua interpretação sobre o conteúdo do material oficial da RH, disponibilizado no site. Nada do que é explicado nos livros, áudios, artigos e palestras é destinado a substituir os serviços do seu profissional de saúde. Neste trabalho não fazemos promessas e não damos nenhuma garantia a respeito de quaisquer questões, incluindo as referentes à saúde dos usuários. Você é o único responsável por seus cuidados de saúde e qualquer ato contrário a isso é de sua total responsabilidade.

@Hélio Couto

Cientistas-Post-19.11.2015-3– Sobre a Matrix – Prof. Hélio Couto

A Matrix é uma construção mental. É um mundo colocado diante dos olhos, como disse Morpheus. Essa construção mental é mantida pela percepção dos cinco sentidos. O cérebro processa essas informações e cria uma representação mental da realidade. Da realidade que os sentidos perceberam. Existem crustáceos que tem mais percepção que os humanos, as galinhas também e etc. Nossos sentidos estão programados dentro de parâmetros que definem uma faixa de percepção. Fora desta faixa achamos que não existe nada. Não vemos as ondas eletromagnéticas, mas elas estão chegando no seu celular. É praticamente um mundo de sonho, como disse Morpheus. Somente quando expandimos a consciência é que percebemos outra realidade. E coisas que eram a verdade absoluta para nós aparecem como relativas. É por isso que ler e pesquisar é fundamental. Senão ficamos presos numa só visão da Matrix. Se a pessoa está sonhando como ela sabe que está sonhando? Neste ponto ainda temos a questão do sonho dentro do sonho. A pessoa está tendo um pesadelo e acorda dentro de outro sonho. E agora ela acha que está acordada já que estava sonhando antes! Isto é uma coisa que pode ocorrer com certeza. E a pessoa ainda está num sonho! O filme “A Origem” trata disso. Considerando isso, qual o grau de “acordado” realmente a pessoa está quando “acordada”? Se não entendermos que estamos dentro da Matrix como estamos acordados? Neo só se dá conta disso quando vê a colmeia cheia de casulos como o que ele está. Nesse ponto ele acordou e imediatamente é expulso da Matrix. Jogado no esgoto. 

Quando se trata de outras dimensões da realidade é a mesma coisa. É um nível dentro de outro nível dentro de outro nível dentro de outro nível… Acordamos de um nível e tem outro acima… Isso é a expansão da consciência. Tomar ciência das infinitas possibilidades de tudo o que existe. Quando fazemos isso aprendemos a analisar qualquer problema por todos os ângulos possíveis. E assim fica muito mais fácil viver. Deixam de existir as variáveis ocultas ou constantes cósmicas numa equação. O véu é rasgado. Enxerga-se a realidade nua e crua. E isso pode acontecer em qualquer dimensão em que estejamos. Quantas pessoas que estão mortas (desencarnadas) acham que estão vivas (encarnadas) ainda? Quantas dessas pessoas tomam ônibus, elevador, etc. pensando que estão ainda nesta dimensão? O fato de ter percepção de frio, calor, fome, sede, etc. não significa nada. É apenas percepção sensorial processada pelo cérebro. A realidade absoluta ainda está lá fora esperando que nos conscientizemos dela. Essa realidade absoluta não pode ser percebida pelos sentidos, pois ela é um sentimento. Somente sentindo o que ela sente é que podemos interagir. Entrar em fase como se diz na física. 

O problema de perceber que se está na Matrix é que é preciso um referencial. Sem isso como se pode saber que se está na Matrix? É por isso que alguém tem de lhe oferecer a pílula vermelha. Uma lagarta (se considerarmos apenas esta dimensão) não tem nenhuma possibilidade de perceber que a realidade é maior do que o que ela pensa que é. Ficaria presa para sempre nessa percepção. Ainda bem que a lagarta vive em outras dimensões também e assim ela sabe que a terceira dimensão não é a única que existe. Mesmo a questão de que a realidade mais prazerosa seja a realidade, não se sustenta porque na próxima dimensão todos os sentidos são mais aguçados. O prazer é maior. Pessoas com mais capacidade de percepção extra-sensorial conseguem “ver” pela nuca. Sabem o que está nas costas dela. A visão espiritual não depende de olhos desta dimensão. Enxerga-se com o corpo todo. Portanto, achar que o que dá prazer é que é o real não tem consistência. É o que Cypher pensa. Ele quer saborear a comida mesmo sabendo que é uma ilusão. Ele acha que não dá para saborear a comida sem estar na Matrix e por isso quer voltar para ela. Cada dimensão tem suas atrações em termos perceptivos. Tudo foi muito bem planejado visando o bem maior de todos. Em todos os aspectos. 

Quando o menino monge fala que a colher não entorta e que nós é que entortamos, ele não está falando uma bobagem zen. Ele está falando a mais pura verdade. Somente quando expandimos (entortamos) a consciência é que a realidade muda (entorta). Só existe a consciência em última instância. Tudo que se quiser fazer tem de ser feito nela primeiro. Dentro da própria consciência de cada um. É nesse ponto que entra a compreensão. Ver a Matrix não é suficiente. É preciso compreender como ela funciona para que se possa ter a ação. Viver no mundo sem estar no mundo. Entrar na Matrix e sair da Matrix quando se quer. Com um telefonema. Com uma conexão com a outra dimensão. Conectando com o lado espiritual. Estamos nos dois lados simultaneamente. Basta um telefone, uma conexão para ir de um lado para o outro. Nesse ponto somos livres. Esta é a verdadeira liberdade. Transitar entre as dimensões livremente. Para isso é preciso pelo menos acordar do primeiro nível do sonho. 

Quando os aparelhos de realidade virtual que estão sendo desenvolvidos estiverem simulando todas as percepções como a pessoa saberá que o que está vivendo não é real? Daí entraremos numa Matrix dentro de outra Matrix. O fato de se ter prazer sensorial não quer dizer que se está ou não dentro da Matrix. O Oráculo está cozendo biscoitos deliciosos. É a opção da consciência que define se estamos dentro ou fora da Matrix. Como sempre está o Caminho do Meio. O equilíbrio. A sabedoria. A concepção de que se morre dentro da Matrix é outra ilusão persistente projetada pela Matrix. Uma consciência não pode morrer nunca, nem desaparecer. Energia só se transforma. E consciência é pura energia consciente. Entendendo isso pode-se avaliar as infinitas possibilidades da existência. E assim sendo a Matrix não tem mais controle sobre Neo. A ressurreição de Neo acontece por um ato de amor de Trinity. 

Cientistas-Post-19.11.2015-4

– A Consciência Imaterial – Prof. Hélio Couto 

A questão da imaterialidade da consciência ou mente pode ser resolvida quando se entende de que é feito tudo que é material (considerando material o que tem massa). Algo passa a ser material (ter massa) quando o Bóson de Higgs (um campo) “dá” massa a ele. Um campo colide com uma onda e esta passa a ter massa. É assim que a matéria surge neste universo. Se voltarmos um pouco veremos que não existe massa de forma alguma. O Vácuo Quântico ou Energia do Ponto Zero são pura energia (onda) sem massa. Essa energia que flutua por todo o infinito é que se transforma em Bóson de Higgs e dá massa a outra coisa. A mente ou consciência é imaterial no sentido de não ter massa, mas tem substância. A substância da mente é a própria substância de tudo o que existe. É uma onda. A mente pode se transformar no que quiser sem perder a autoconsciência. É apenas uma questão de percepção da realidade. Se uma pessoa acredita que não pode se fundir com uma árvore ela não conseguirá fazer isso. Outra pessoa acredita que pode se fundir e faz isso. E depois volta ao estado normal (seu formato original seja qual for ele). Isso é válido para qualquer coisa que exista, pois tudo é consciência em última instância. É por isso que existem as infinitas possibilidades. Para aquele que acredita nas infinitas possibilidades. As infinitas possibilidades estão sujeitas à intenção de Tudo-O-Que-Existe. O Todo. Todo ser que usa sua intenção afeta tudo o mais. Quando observamos um elétron e fazemos o experimento da dupla fenda retardada nossa intenção está afetando o comportamento do elétron ou fóton ou moléculas (o que já é algo extremamente material e grande). Portanto, existem dois observadores: O Observador e o observador (o sujeito que faz a experiência). É a união das duas observações que cria a realidade objetiva. 

Cientistas-Post-19.11.2015-5

– O Estado de Consciência 

O estado de consciência é a chave para tudo na vida. Chegar ao nível do estado da arte de criar o estado de consciência que se quer é o que se chama Iluminação. Este é o nível do Co-Criador Consciente. É aquele que cria o próprio estado de consciência que deseja ter. E a consciência é tudo o que existe. Portanto, quem é capaz de criar um determinado estado de consciência é capaz de criar qualquer coisa. Toda consciência é uma estação de rádio. Emite e recebe frequências. Tudo que existe são frequências. Criamos a realidade emitindo determinadas frequências. O estado de consciência é uma determinada frequência. Mudando a frequência mudamos o estado de consciência e consequentemente mudamos o que estamos criando, positivo ou negativo. Para isso é preciso saber exatamente o que se quer criar. Para que emitamos a frequência exata daquilo. A informação pode estar dentro de nós, mas para acessá-la é preciso estar na frequência daquela informação. Nós somos a frequência que emitimos. A questão da negatividade não é o problema principal para se conquistar o que se quer. O problema é a seleção da frequência que emitimos. Essa frequência é selecionada pela intenção da pessoa. Pelo sentimento. O sentimento que está lá no fundo do inconsciente. Quem é verdadeiramente a pessoa. Essa verdade está no inconsciente. O consciente é apenas o operador das frequências. Quem emite é o inconsciente e ele é o sentimento de fundo. A repetição cria o hábito e isso é uma frequência. As experiências emocionais criam a cura ou o trauma. Alegria ou tristeza. Amor ou ódio. Desta forma podemos criar uma frequência que nos interesse. Precisamos decidir por um sentimento para criar uma frequência. Depois podemos por a meta que quisermos nesta frequência. Para isso é preciso ter total controle do que estamos emitindo de sentimento. 24 horas por dia. O tempo todo devemos estar no controle do que sentimos. É assim que teremos absoluto controle das frequências que emitimos. Qualquer pensamento negativo muda a frequência. Qualquer recordação de algo negativo muda a frequência. Qualquer sentimento de trauma muda a frequência. E o trauma está gravado profundamente no corpo emocional. Mexer no corpo mental não mudará o trauma. É preciso outro sentimento para poder apagar o trauma. Se a pessoa não assume o controle dos seus pensamentos e sentimentos ela estará repetindo os mesmos problemas dia após dia.

Co-criador Consciente – Prof. Hélio Couto:

Cientistas-Post-19.11.2015-6

– A Aurora Dourada do Planeta Terra – O Prof. Hélio fala da nossa transformação 

No momento todos já devem ter percebido os acontecimentos totalmente inesperados e raramente visto neste planeta. Estão ocorrendo coisas que não acontecem há séculos ou milênios. A mudança da frequência (vibração) está em pleno andamento e a catarse aumenta dia a dia. Já é impossível “jogar tudo para debaixo do tapete”. O inconsciente fervilha sem parar. O cérebro reptiliano já não é mais invulnerável. A informação chega até ele sem que se possa impedi-la de entrar. Os chakras cardíaco e coronário recebem informações especificas para ampliar o sentimento e a visão da realidade. Tudo isso acontece ao mesmo tempo. Agora vem somar-se uma quinta informação: o Poder Criativo Divino. Esta informação está sendo transferida gradativamente para aumentar a capacidade de manifestação da humanidade. Os humanos conseguirão manifestar com mais facilidade aquilo que pensam e sentem. Isto está sendo feito para que percebam que eles criam a realidade que pensam e sentem. Os que pensam e sentem negativamente criarão coisas e situações negativas e os que pensam e sentem de forma positiva criarão coisas e situações positivas. Desta maneira a cada dia que passa ficará mais difícil para os humanos não aceitarem que criam aquilo que querem, pensando e sentindo. Desta forma terão de ajustar seus pensamentos e sentimentos, se não quiserem criar situações desagradáveis o tempo todo. Causa e efeito. Para que as pessoas comecem a sair da zona de conforto e ajam está sendo feito o seguinte: com o Poder Criativo Divino aumentado nas pessoas foi possível observar que um grande número de pessoas querem ouro, outros querem sangue, outros querem poder e assim por diante. Se essas pessoas conseguem isso não saem mais da zona de conforto. Então esses objetivos foram elevados um degrau acima das pessoas. Elas não conseguem mais ter isso sem se mexerem. Sem trabalhar, estudar, lutar para melhorar. Caso contrário não chegam ao que querem. Isso está forçando a humanidade a sair da zona de conforto. Ainda é devagar e com má vontade, mas já começam a perceber que algo mudou. Não está tão confortável como estava. Tudo isto está acontecendo agora. Neste preciso momento e continuará. Novos ajustes serão feitos na medida da necessidade e da resistência que colocarem ao Plano Divino. O Poder Criativo Divino foi potencializado na humanidade. Significa que agora as pessoas criarão muito mais facilmente e velozmente o que pensam e sentem. Isso foi feito para que entendam o que é o Colapso da Função de Onda. Se não tomarem muito cuidado criarão coisas e situações negativas uma atrás da outra… O Poder Divino em Ação foi potencializado como complemento do Poder Criativo Divino. Os dois andam juntos. Essas frequências estão sendo emanadas sem parar para toda a humanidade. Isso significa que as pessoas sentirão um tremendo impulso para agir. Como co-criadores que são. Desta forma entenderão que são co-criadores e que estão criando a própria realidade. Será impossível não enxergar isso, pois a pessoa criará o que pensa e sente, sem parar.

Cientistas-Post-19.11.2015-7

– O Manifesto Quântico do Prof. Hélio Couto

A mudança de paradigma nunca foi tão necessária nesta civilização atual. Todos os indicadores mostram a decadência e o extremo perigo em que se encontra a humanidade atual, correndo o risco de voltar à barbárie de algum tempo atrás. Somente uma mudança radical de visão de mundo pode salvar esta humanidade. No momento ela está num estado letárgico, como o sono da morte, antes do último suspiro. A acomodação é praticamente a norma. A zona de conforto está lotada. O entorpecimento da consciência no que diz respeito ao sofrimento de bilhões de pessoas passando fome, na miséria, doentes mental e fisicamente, em condições sub-humana de existência, o abuso de meninas sendo submetidas à mutilação genital, a exploração dos escravos, os rituais de sacrifícios humanos, a crise econômica/financeira que se aprofunda, meios de transportes que causam sofrimento, as guerras sem fim, a exploração do homem pelo homem, a banalização da tortura, a crueldade refinada, armas de destruição automatizadas em que o homem não entra mais em batalha, ele apenas aperta botões, etc. A lista não tem fim.

Cientistas-Post-19.11.2015-8

– O Problema da Visão Materialista 

Tudo isso e muito mais é fruto de um paradigma materialista, cartesiano e reducionista. Esta visão de mundo em que o Todo não existe e que somente a matéria é o que importa é que trouxe esses resultados preliminares. A situação atual não é o fim do processo. É o inicio do fim, caso a humanidade não resolva reagir e mudar de consciência. A única coisa que pode reverter esse quadro é a mudança de consciência. Expandi-la para integrar o Todo na vida diária de cada um. Aceitar a Centelha Divina dentro de si e mudar toda a vida na Terra para que a civilização viva de acordo com esta verdade. Tudo terá de mudar para que a humanidade tenha futuro. Isso implica sair da zona de conforto e agir. Ler, estudar e trabalhar. Assumir a Centelha Divina que está dentro de cada um e viver de acordo com ela. 

Cientistas-Post-19.11.2015-9

– O Conceito da Centelha Divina 

O que é a Centelha Divina? É o próprio Criador, O Todo, A Fonte, Tudo-O-Que-Existe.

E como Ele é? Ele é puro amor. Consciente, Inteligente, Onisciente, Onipotente e Onipresente. Mas, a Sua Essência é Amor Incondicional. Ele distribui amor incondicionalmente por toda a criação. Melhor seria dizer, por toda a Sua Emanação. Criação dá uma ideia de separação e isso é que levou a esta situação calamitosa em que se encontra a humanidade. A ideia de um Deus separado do homem levou a todas as guerras religiosas em Seu Nome. Porque assim é possível matar outro ser humano, já que Deus não está dentro dele. Deus derrama amor por toda a humanidade o tempo todo, caso contrário a humanidade deixaria de existir num segundo. Deus colapsa a função de onda da humanidade o tempo todo. Tudo isso pode ser falado de forma teológica. Prefiro falar de forma científica para ver se isso muda a situação atual. Deus não pode ser entendido. Como pode a parte entender o Todo? O Todo é maior que a soma das partes. O que podemos fazer é sentir o máximo que pudermos o amor de Deus. O amor do Todo. Essa percepção do amor do Todo irá aumentar cada vez mais na medida em que aumentar a nossa capacidade de amar. Isso depende do estado da nossa consciência. Quanto mais ela expandir mais será capaz de amar incondicionalmente. 

Cientistas-Post-19.11.2015-10

– Como podemos mudar a situação atual? 

Imaginar que a solução de tudo isso acontecerá espontaneamente e sem esforço da humanidade é uma ilusão extremamente perigosa. As consequências afetarão todos sem distinção. De um jeito ou de outro, todos estão colapsando a situação atual e colherão os frutos que plantaram. A única saída é a aceitação do lado espiritual da realidade e mudar a forma com que a Terra é administrada para incorporar a nova visão de mundo. Achar que não é preciso agir para mudar isso é pura ilusão. Não acontecerá nenhum milagre para salvar a humanidade. Toda a informação que é preciso já está sendo recebida para a mudança de paradigma e o que vem acontecendo? Praticamente nada. A maioria absoluta está se remoendo e se debatendo com a consciência expandida que estão recebendo. Não sabem o que fazer com ela já que estão aferrados ao materialismo e os que têm conhecimento de espiritualidade precisam entender que é preciso agir para mudar esse estado de coisas. E a única solução é a mudança de consciência. Só isso. Que os humanos entendam que o Todo existe e vivam de acordo com a Centelha Divina, a parte do Todo dentro de si.

Continuar na zona de conforto com preocupações materiais de como melhorar as condições materiais da existência só aumentará os problemas. Lembram que onde se põe o foco aquilo aumenta? Quanto mais preocupação com um problema maior ele se tornará. Todas as questões materiais poderiam ser resolvidas rapidamente se o foco das pessoas estivesse no Todo. Tudo o mais viria por acréscimo, mas isso não é entendido porque as pessoas não entendem o Todo, não sentem como Ele. Repito: O Todo não pode ser entendido, Ele tem de ser sentido. 

Cientistas-Post-19.11.2015-11– O Fator Quântico 

Tudo que a Mecânica Quântica descobriu leva à comprovação da existência do Todo. Todos os experimentos mostram que a consciência permeia toda a realidade. Não há nada que não seja consciência e que não tenha consciência. Tudo é apenas uma organização de uma única consciência/energia que é tudo que existe. Esta energia se manifesta de infinitas maneiras e formas. Podendo mudar à Sua Própria Vontade. Mantém certas leis e constantes físicas para que Suas emanações possam evoluir em conhecimento e sentimento. Isso significa manter inúmeros universos e dimensões que possam acomodar os seres em evolução. Como todos os seres tem livre arbítrio eles podem polarizar a energia de forma negativa e tem de haver dimensões com seres negativos, que escolheram contrariar as intenções do Todo. É uma perda de tempo, mas eles são livres para serem assim. É evidente que tudo tem um preço e ir contra a essência do Universo traz horríveis consequências para quem age assim. É por isso que existe a eterna luta do bem contra o mal. Devido ao livre arbítrio dos seres com ego distorcido. Todo Manifesto conclama a ação. Divulgar os experimentos da Mecânica Quântica e seu significado é a coisa mais importante que existe hoje para se fazer. Não há nada mais prioritário que isso. As consequências da visão de mundo dominante hoje podem ser vistas nos noticiários e na vida diária das pessoas. É preciso mudar essa visão de mundo imediatamente. Não se pode perder um segundo com coisas secundárias e irrelevantes. Todos os experimentos mostram que existe uma Realidade Profunda que dá origem ao universo que vivemos. 

Cientistas-Post-19.11.2015-12– Uma definição sobre Eletromagnetismo 

Que a Física não queira estudar essa realidade é uma escolha dos físicos, mas isso não exime os humanos de pensarem por si mesmos e tirarem as conclusões. Ignorar essa Realidade Última é um erro gigantesco. A energia nunca desaparece e a consciência de cada pessoa é energia. Ela nunca desaparece e irá para dimensões de acordo com o seu conteúdo. Isso é eletromagnetismo. Não há punição. Há atração pura e simples. Todo ser vai para a dimensão que é correspondente à sua energia. Não há como escapar disto. E toda informação permanece para sempre. E todo débito tem de ser compensado com crédito. As regras que regem o universo são simples, mas os humanos resistem de todas as formas a aceitá-las. Quando se fala de Mecânica Quântica para alguém e essa pessoa nunca mais fala conosco ou se torna inimigo, o que significa isso? O que fizemos de errado mostrando como funciona o universo? Estamos falando de física! Mas, a pessoa sabe até onde o experimento chegará e não aceita o Todo. Essa é a questão pura e simples. Agora, se uma humanidade não aceita o Todo, qual o destino desta humanidade? Se alguém rejeita a própria essência que futuro pode ter? Como se classifica um doente mental? O protocolo não é classificar de acordo com a fuga da realidade que esta pessoa faz? E quanto mais longe da realidade mais doente é? Então como classificamos esta humanidade? 

Cientistas-Post-19.11.2015-13

– A situação atual do Planeta 

São pouquíssimos os que estão vivendo na realidade. Os demais vivem numa Matrix que dita tudo que devem pensar, sentir, fazer, experimentar, etc. Acontece que a maioria absoluta não tem ideia do tamanho do poço sem fundo em que está afundando. Na década de 20 foi a mesma coisa até que chegou o dia em que a “bolha” estourou e começou a Grande Depressão. Quem atinou para o que estava acontecendo? Os exemplos são inúmeros. A festa continua até que percebem que o Titanic está adernando e aí é tarde. Estes exemplos são brincadeira de criança para o que estamos vivendo agora. Numa era globalizada não há lugar para fugir. Ou a humanidade dá um salto acima ou cairá na barbárie. E para dar esse salto basta admitir que o Todo existe e que o Todo é puro amor. Não esse amor humano que foi banalizado na face da terra. O amor do Todo que faz o sol nascer para todos o tempo todo, não importando o que acontece. Por isso é um Deus incompreensível para os humanos. Um Deus que ama incondicionalmente não é admissível para os humanos. E que ama eternamente e que dá infinitas chances de recomeçar e que recompensa qualquer ato bom cem vezes mais. E isso é uma metáfora! Deus não se deixa vencer em generosidade. Experimentem! Como Deus ama incondicionalmente a humanidade resolveu colocar forma humana na idéia de Deus. Nasceu assim o conceito de um deus que tem ódio, ciúmes, vingativo, etc. Um deus com todas as características humanas. Esse tipo de deus é assimilável. Pois é humano. Desta forma podem-se fazer guerras contra outros humanos que tenham deuses diferentes dos nossos. Isso foi sempre assim. Desde o inicio a humanidade acreditou em milhares de deuses diferentes, sem atentar que eram apenas seres humanos com maior capacidade tecnológica. Essa é uma longa história que não cabe aqui. Toda a resistência que existe para que os humanos aceitem a Mecânica Quântica está baseada nesta questão. Deus. Esse é o pomo da discórdia como sempre. Esquecem que Deus é Amor e que é possível contatar com ele diretamente através da Centelha Divina que está dentro de cada um. Isso tem de ser sentido, não dá para achar isso em laboratório. Como dizem os taoistas, o Tao tem de ser vivido, não dá para explicá-lo. 

Cientistas-Post-19.11.2015-14

Desta forma a resistência a dar o salto de consciência para sentir o amor de Deus é feroz. A mudança em nossa sociedade seria extrema, pois estamos no outro lado da moeda. Estamos numa sociedade contra Deus, contra o Todo. Parece o contrário, mas os fatos provam o contrário. Como numa sociedade que supostamente acredita em Deus podemos ter mais de 1 bilhão de pessoas passando fome, com 2 dólares por dia? A lista das mazelas humanas é infinita. Assim, fica claro para quem tem olhos porque as pessoas reagem da forma que reagem quando se fala em Mecânica Quântica. Porque é preciso mudar tudo para incorporar as descobertas feitas a mais de um século. E quando falo mudar tudo, é tudo. Tudo que existe está baseado num paradigma materialista. Leiam os livros usados nas universidades. Não há lugar neles para Deus. E isso pode durar quanto? Roma durou 700 anos, mas virou pó. Estamos com quantos anos nessa era moderna? Mais ou menos 500 anos e já chegamos ao limite. É claro, com computadores tudo é mais rápido. Porém, computadores são baseados em que física? Mecânica Quântica. Para isso ela serve. Para construir todo tipo de parafernália eletrônica, mas o significado dela tem de ser ignorado, para que tudo continue como está ou que vá de mal a pior. Quem acha que a humanidade já chegou ao fundo do poço está muito enganado. O poço é muito fundo e não precisa muito mais para se abrir. Com certeza já estão achando que estou sendo pessimista. Pelo contrário. É por acreditar que tem solução que trabalhamos, mas esta solução tem de ser coletiva. É preciso um número mínimo de pessoas para divulgar a Mecânica Quântica, independentemente da reação das pessoas. Se fosse fácil já teria sido feito. É um desafio monumental fazer isso e essa é a graça de enfrentar a maioria. Uma nova geração está nascendo. Algumas dessas crianças já estão aqui. A conexão dessas crianças com a verdade do Todo é tão grande que mesmo quando estiverem encarnadas e “esquecerem” de onde vieram, elas permanecerão firmes e entenderão a Mecânica Quântica. Elas mudarão o planeta. Mas, para isso é preciso que essas crianças encontrem um meio adequado para evoluírem. Elas precisam saber o que é a MQ desde crianças, desde bebês. Elas têm de ouvir falar disto, ter material a disposição para estudar e com quem conversar. Daqui a três gerações a humanidade mudou. Só que esse trabalho tem de começar agora. Temos de propiciar os meios para que elas aprendam antes de entrar nas escolas convencionais. É preciso que os pais que entenderam a MQ se disponham a passar isso para os filhos. Não importando como os filhos serão vistos pelos colegas. Essa primeira geração que está nascendo é que dará inicio à revolução quântica. Livros, DVDs e toda espécie de mídia precisa estar à disposição delas para que assimilem o conhecimento de como funciona o universo, antes da lavagem cerebral materialista. Isto é da maior urgência. Todo o apoio e suporte necessário estão sendo dados pelas instâncias superiores do universo. Cabe aos encarnados fazerem sua parte. Ninguém deve esperar que o outro faça. Cada um tem uma função e uma missão. E tudo isso tem um preço a ser pago. Quem pega no arado e olha para trás não é digno do trabalho. Muitos se comprometem a fazer o trabalho quando estão do lado espiritual, mas quando encarnam esquecem o que prometeram e perdem uma encarnação. É por isso que demora tanto para a humanidade avançar centímetros. Um século depois e não se pode falar de MQ que se perde uma amizade ou se ganha um inimigo. E isso quando cada vez mais se tem produtos no mercado usando a tecnologia da MQ. Essa dicotomia não pode durar eternamente. 

Cientistas-Post-19.11.2015-15

Não é possível usar a tecnologia e não mudar filosoficamente. Hoje se discute que nem todos podem ter a tecnologia nuclear. Pois é, essa é a questão que estamos tratando aqui. O uso da tecnologia quântica sem a aceitação do seu significa gera esse tipo de situação. Qualquer físico pode entender essa tecnologia e fazer o que quiser com ela. E quando isso fica de conhecimento de todos o que teremos como resultado? Guerras nucleares. Pois quanto tempo precisa para que muita gente tenha acesso e use? A humanidade usa o que tem na mão. Esse é o problema de usar a tecnologia sem o conhecimento espiritual que possa limitar o seu uso indevido. Não há freio espiritual, porque não há consciência do que significa o átomo. Apenas sabe-se como pode ser usado como arma, mas quem é o átomo? Então ficamos na seguinte situação: uma pessoa que tem capacidade econômica de ter celular, rádio, tv, GPS, tablets, etc. têm tudo isso e quem tem capacidade de construir um artefato nuclear também faz. Todos estão na mesma situação filosófica. É apenas uma questão de capacidade econômica financeira. Tudo isso são parafernálias eletrônicas. Brinquedinhos, uns mais caros e outros mais baratos. E os humanos gostam muito de brincar de guerra. Aquela coisa de território do cérebro reptiliano. Uma civilização dominada pelo cérebro reptiliano só pode terminar de um jeito. Na própria extinção. E não se pense que as civilizações podem cair e nascer de novo. Tudo tem um limite. Uma coisa é uma guerra de 2 mil anos atrás com espadas, lanças, etc. e outra é com conhecimento de como o átomo funciona e pode ser usado como arma. Agora não há volta. Ou se evolui ou é o fim. E quando digo que é o fim é o fim de tudo para sempre. Não pensem que dá para refazer tudo porque não dá. Há seis mil anos a Suméria apareceu pronta com toda a infraestrutura social que temos hoje. A mesma coisa. E segundo a história, apareceu do nada. Com tudo funcionando como hoje. Só a tecnologia era diferente. E acham que isso veio do nada! Essa é outra longa história. Hoje não sobraria ninguém apto a reconstruir uma civilização destruída globalmente. Só a barbárie sobraria. Quem acha o contrário é porque ainda está na visão romântica da vida! O tempo urge. É preciso começar agora a preparar o terreno para que essas crianças encontrem um terreno fértil para germinarem. Essas crianças já estão prontas. Basta olhar nos olhos de um bebê de 2 anos e se vê isso. O progresso delas não pode ser atrasado por causa dos interesses imediatistas dos pais. O compromisso com essas crianças é sagrado. Elas vieram salvar o planeta e a humanidade. Quantas pessoas estão dispostas a dar sua vida pela evolução desta humanidade? Dar a vida pelo Todo? Sem medir o que faz, sem medir o quanto ajuda, sem medir o quanto gasta de tempo e dinheiro? Sem olhar para trás? Com quantas pessoas o Todo pode contar neste planeta? Com quantas pessoas que deixem o ego de lado e trabalhem pelo Todo sem reclamar, sem choramingar, sem lamentação, sem dar desculpas, etc.? O Todo está esperando a resposta de cada um. 

Cientistas-Post-19.11.2015-16– A grande transformação – A Mecânica Quântica 

Existe uma frequência específica para cada salto de consciência, exatamente como o elétron salta de uma órbita para outra. Esta frequência é ativada pelo Todo, que aguarda a disposição da pessoa em saltar.

Toda frequência tem uma geometria especifica que vai desde um átomo até um aglomerado de galáxias. Essa geometria é que interliga tudo no universo. A Consciência permeia tudo. Está em tudo. E flui sem parar do micro para o macro. É evidente que para se administrar todo o universo fica mais fácil se tivermos um tecido magnético permeando tudo. O tecido do espaço/tempo com a matéria obviamente dentro dele. Isso permite que se avalie periodicamente o estado de consciência de todos os planetas do universo. Existe uma gigantesca hierarquia que administra isso. E isso permite saber quando é necessário dar mais ajuda para um planeta evoluir. Desta forma temos planetas como imensas bibliotecas de DNA, que são preparados para serem enviados para outros planetas. A Terra é uma biblioteca viva de DNA. Por isso a manutenção da biosfera é tão importante. Essas redes magnéticas recebem informações de todas as partes. Tudo o que existe é informação. E tudo isso é feito através de ondas eletromagnéticas também. Além de ondas superluminares.

– Como se processa a informação

Todos os tipos de informações são processados através dessa teia eletromagnética com nodos de processamento em cada planeta. É por isso que é preciso dar saltos de consciência para poder acessar essas informações e avançar no tempo. Então será possível entender a verdadeira estrutura dimensional do planeta e do universo. Só assim ficará claro como é possível existir vários universos. Então não haverá problema em aceitar que haja vida por todo o universo. Entendendo a arquitetura do universo isso ficará fácil. E como a vida é difundida por todo o universo. Como se propaga pelos universos. Mas, para isso ser entendido é preciso dar vários saltos de consciência para entender a multidimensionalidade. Através dessa teia magnética as informações chegam até nós e propiciam os saltos de consciência. Tudo isso é dirigido por Seres de Luz que propiciam a evolução em termos de mineral, vegetal, animal e em diante.

Cientistas-Post-19.11.2015-17É nesse ponto que é importante entender o que é um Co-criador. Um ser que ajuda na administração dos universos. Desta forma todos os seres que ainda não optaram pela Luz podem optar e reiniciar a sua evolução. E assim novas formas de vida são colocadas nos novos planetas. E tudo isso é também feito por ressonância. O que tem dentro de uma onda? Ou o que é uma onda? Os fótons transferem a informação para o cérebro, que como é também uma onda não tem problema em assimilar a informação. Evidente que isso é feito por Seres de Luz benevolentes, que cuidam da evolução planetária. Na verdade, o cérebro é como um computador que processa informações multidimensionais. Ele processa pacotes de luz. Essa foi uma descoberta fundamental da Mecânica Quântica. Bom lembrar que tudo tem consciência e os fótons também tem consciência e sabem o que estão transportando. É assim que funciona a neguentropia. Que coloca ordem no caos. Neste caso não há perda de energia, pois a neguentropia gera energia para dentro do sistema. Existe uma neguentropia fundamental no universo. Senão ele desapareceria no caos. Expandindo a consciência poderemos entender o Campo do Ponto Zero e trabalhar com ele. Para que esse tremendo salto possa acontecer é preciso que cada um esteja disposto a deixar-se transformar pelo Todo. Nesse ponto o corpo físico poderá ser equilibrado para receber mais luz. E essa luz permitirá dar os saltos de consciência. É assim que podemos ascender para níveis mais altos de Luz. 

Cientistas-Post-19.11.2015-18

– O Campo do Ponto Zero – A Viagem

A viagem é eterna. Não existe local de destino. A viagem é o destino. Só existe o caminho.

Uma descoberta fundamental foi a do Campo do Ponto Zero. Na temperatura do zero absoluto -273 graus negativos a energia/matéria deveria ficar paralisada e isso não acontece. O mundo subatômico continua sua dança infinita de energia. Nunca a energia para de vibrar. Em todos os lugares do universo a energia está em movimento. Gerando um suprimento infinito de energia. A energia trocada entre as partículas excede toda a energia da matéria em 10 elevado à 40. Richard Feynman disse que a energia de 1 metro cúbico seria suficiente para ferver todos os oceanos da Terra. A energia do Campo do Ponto Zero é que dá estabilidade à matéria. Sem ele não haveria matéria. É por causa do Campo do Ponto Zero que é possível o emaranhamento quântico. Pois, tudo está interligado através do Campo do Ponto Zero. Todas as partículas estão em contato com todas as outras todo o tempo. E todas as ondas estão em contato com todas as outras ondas. E no final só existe uma única onda. A viagem começa num determinado dia. Seja na outra dimensão ou nesta. Quando saímos desta dimensão continuamos a viagem na outra dimensão, quando voltamos para essa dimensão continuamos a viagem e assim por diante ad infinitum. A viagem nunca termina. É eterna. Não existe porto de destino nem estação de trem para parar. A energia do Campo do Ponto Zero não para nunca e a viagem não para nunca. Tudo mudando, transformando, evoluindo, assimilando informação sem parar. Qualquer objetivo, planejamento ou ação que não considere o dito acima é perda de tempo. Não funciona. Não dá resultados. E tem consequências desagradáveis. A consequência sempre existe. Causa e efeito. Plantação e colheita. Os frutos podem ser agradáveis ou amargos. Como a viagem não acaba nunca, a bagagem que vamos acumulando pode ser um problema na troca de dimensão. Muitos baús, armários, roupas, tesouros, utensílios, etc. para serem transportados para a outra dimensão. Isso é um problema de transportadora. E de lá para cá a mesma coisa. Muita bagagem é sempre um estorvo. A melhor forma de conduzir isso é soltar a bagagem e levar só o estritamente necessário. Tanto de um lado para outro e assim por diante. Quando a bagagem fica muito volumosa os problemas aparecem e mais bagagem é atraída num círculo vicioso sem fim. Se alguém perde a bagagem, começa a acumular nova bagagem imediatamente e a experiência mostra que nunca há bagagem suficiente. E administrar a bagagem passa a ser um problema prioritário. E a pessoa esquece da viagem só se preocupando com a bagagem. E a única coisa que importa é a viagem. Mas, isso é uma sabedoria que leva muito tempo para adquirir. Quando a pessoa entende isso ela solta a bagagem e pode viajar mais confortavelmente. E sem preocupações. A preocupação em acumular bagagem leva muitas vezes a pessoa fazer coisas que “encurtem” o tempo de conseguir mais bagagem. A pessoa começa a manipular a energia para conseguir mais bagagem às custas dos demais passageiros. Essa manipulação deixa de ter limites e passa a valer qualquer coisa para ter mais. Nesse ponto a energia troca de polaridade e passa a ter uma polaridade negativa. O Campo do Ponto Zero é que dá a estabilidade a todo o universo e qualquer tentativa de manipulação deste campo para fins de acumulação de bagagem, prejudicando ou manipulando os outros passageiros, cria uma causa com efeito negativo inevitável. A viagem não tem fim e o efeito voltará mais cedo ou mais tarde. Inevitavelmente. Atraímos exatamente a energia que emanamos. Positiva ou negativa. Aproveitem a viagem!

Cientistas-Post-19.11.2015-19– Continuum Espaço/Tempo – As Realidades Paralelas

“Há um número infinito de realidades paralelas que coexistem conosco no mesmo quarto”. ~Steven Weinberg, Prêmio Nobel de Física (1979)~

Existem centenas de ondas de rádio penetrando onde você está. Se ligar o rádio só poderá ouvir uma frequência por vez. Cada estação tem uma frequência diferente, uma energia diferente. No universo estamos ligados à uma frequência de uma realidade física.

O parágrafo acima é um resumo do que o Prêmio Nobel disse. Quando entendemos isso fica muito fácil aceitar a diversidade de realidades que temos no universo. Nossa realidade física é uma dimensão que está dentro de determinados parâmetros ou constantes físicas. Existe N dimensões além da nossa, cada uma com sua frequência específica. Da mesma maneira que existe vida em nossa dimensão também existe vida em outras dimensões. Cada uma de acordo com as características da matéria daquela dimensão. A consciência é a mesma em todas, pois a consciência permeia todas as realidades e é a realidade última do universo. Viajar através destas dimensões é uma questão de habilidade, que pode ser aprendida e desenvolvida com o tempo. E o tempo também é um continuum que nós humanos dividimos em passado, presente e futuro. Só que isso é uma questão puramente mental nossa. Na verdade é um continuum. Nossa consciência pode plasmar um corpo que pode “viajar” através das dimensões. Devo lembrar que no mesmo local existem varias realidades paralelas, com seus habitantes, flora, fauna, geografia, etc. Da mesma forma que nós podemos ir lá, eles também podem vir aqui. É uma via de mão dupla. É uma questão de conhecimento e capacidade. Em mecânica quântica se diz que se não há um impedimento para algo existir, então ele existe. Traduzindo: as infinitas possibilidades são reais. Portanto, a vida pode tomar infinitas formas de acordo com o meio em que surja. Existe vida por todo o universo e seus habitantes contatam conosco principalmente através da consciência ou através de dimensões não tão sólidas como a nossa. É preciso expandir o paradigma para entender que a vida extra-terrestre é uma realidade.

Cientistas-Post-19.11.2015-20

– Extraterrestres e a Terra

Na série Star Trek – A Nova Geração, existe um episódio em que a Federação manda a Enterprise fazer o primeiro contato com determinado planeta, que vem sendo observado e já está quase atingindo a Velocidade de Dobra em viagens espaciais. O contato é feito e o dirigente máximo do planeta recusa fazer contato com a Federação. A Enterprise vai embora e o planeta continua sem ajuda externa. A Federação respeita a Primeira Diretriz que diz que não se deve interferir na evolução de um planeta até que atinja Velocidade de Dobra. Que é quando inevitavelmente entrarão em contato com outras civilizações. O que o dirigente do planeta esquece é que a Federação é benevolente, mas os Romulanos e Borgs não são. O contato com civilizações não benevolentes é inevitável com o tempo.

O planeta Terra encontra-se nesta mesma situação atualmente. Os extraterrestres benevolentes estão prontos para ajudar, mas precisam da autorização humana para fazer isso.

No seriado o dirigente diz que iria mexer na economia do planeta e em outras coisas. É a mesma coisa que se fala na Terra. Todos os problemas poderiam ser resolvidos, mas não podem sê-lo por causa da manutenção do status quo. Enquanto isso os problemas aumentam sem cessar. No seriado a Terra foi contatada pelos vulcanos depois de uma guerra nuclear. Como a guerra destruiu o status quo terrestre os vulcanos foram bem recebidos. Somente porque houve a guerra nuclear é que foi possível o contato aberto com extraterrestres. Vejamos uma situação em que uma civilização em desenvolvimento encontra uma outra muito superior militarmente. Os tupinambás estavam aqui pelo menos a mais de mil anos. Estabelecidos em toda a costa e estima-se que na costa e no interior existiam 5 milhões de habitantes. Viviam em unidades de 300 pessoas mais ou menos e só sabiam contar até 5. Não conheciam o conceito do zero. Eram caçadores/coletores/agricultores. Num belo dia chegam naves de até 1200 toneladas com centenas de pessoas. Qual foi o resultado do contato entre essas duas civilizações? Escravidão e extermínio. Em um século praticamente não existiam mais. A velocidade do extermínio só depende da tecnologia do invasor. A técnica de invadir e exterminar já tinha sido testada durante 6 mil anos de história com total sucesso. Depois do extermínio um novo governo é estabelecido e é reconhecido por todos os demais. Até hoje isso continua funcionando assim com perfeição. Todos os genocídios seguem esse protocolo. No início pode haver alguma reação, mas depois temos o fato consumado e é aceito. Quem tem olhos veja! Depende de uma mudança de paradigma nos terrestres para que possam ser ajudados. Não há necessidade de sofrimento para evoluir.

Cientistas-Post-19.11.2015-21

– Resistência ao Crescimento – Civilizações Extraterrestres

Da mesma maneira que nós terrestres estudamos certas civilizações e sistemas terrestres, existem cientistas de outros planetas que nos estudam. Eles acham fascinante esse estudo, pois não entendem como os humanos terrestres resistem tanto ao crescimento. Por todo o universo são as mesmas regras para ter sucesso, ser feliz, ser próspero, etc. Simples regras como uma receita de bolo que se for seguida sai bolo do forno com certeza. A única coisa que impede que isso aconteça é o ego dos seres. Seja em que planeta for. A mesma Consciência dirige todo o universo. E estabeleceu as mesmas leis para todos. E são coisas muito simples de entender, mas difíceis de aplicar por causa do ego que só vê os próprios interesses. E vendo só os próprios interesses fica impossível ver o interesse de todos. É por isso que muitos planetas demoram para evoluir e poderem ter contato com outras civilizações. Caso uma civilização extraterrestre avançada entrasse em contato com um planeta onde reina o ego acima de tudo, seria catastrófico para essa humanidade. É por isso que eles só observam. Esperando o dia em que possam entrar em contato abertamente. É a mesma situação de fazer com que uma pessoa faça o bem à força. Ela não fará e ainda resistirá de todas as formas. É por essa razão que o conhecimento só é passado na medida em que pode ser assimilado. Como explicar o que é a paz num planeta de barbárie? Como diria Spok: “Fascinante”.

Cientistas-Post-19.11.2015-22

– Extraterrestres e Espiritualidade

Nos planetas avançados não existe nenhuma distinção entre ciência e espiritualidade. Tudo é uma coisa só. Eles entenderam que o Todo é tudo o que existe. E tem reverência por toda a realidade. Tudo é sagrado. Graças a esta visão de mundo em que tudo faz parte do Todo, o progresso desses planetas é assombroso. Todos os problemas materiais foram resolvidos. Guerra, fome, doenças, etc. não existem mais. Todos procuram a própria evolução espiritual na grande aventura interna de cada um. Na sua ligação com o Todo. Aventura infinita em todas as direções. Estão conscientes das várias dimensões da realidade e interagem com elas naturalmente. Só há vida e só há vivos. Todos acreditam porque vivenciam a realidade última. E a prioridade máxima é a evolução espiritual de cada um. Numa sociedade assim o sentimento preponderante é o amor incondicional. Tudo é feito pensando primeiro no amor incondicional. Todas as leis, a educação, a economia, a saúde, etc. Tudo está debaixo desta prioridade. O resto é consequência. E a consequência é a melhor possível. Paz e prosperidade para todos. Ninguém tem falta de recursos para sua evolução em todos os sentidos.

Evidente que os paradigmas de uma sociedade assim são completamente diferentes de planetas ainda em evolução. É normal que seja assim. Cada coisa tem seu tempo e não funciona arrumar atalhos de evolução. Quando a consciência coletiva chegou num determinado grau de entendimento da realidade o salto acontece. E uma nova visão de mundo se instala e tudo é ajustado para corresponder ao novo paradigma. Esse tipo de salto acontece sempre e contínuamente. É um salto exponencial.

Cientistas-Post-19.11.2015-23É possível que planetas em evolução ganhem tempo e avancem mais depressa? Sim, é possível. Basta que os paradigmas sejam mudados continuamente. Que a mudança seja aceita como normal. Que questionar a realidade seja visto como uma coisa positiva. Que novas idéias sejam avaliadas detalhadamente antes de serem rejeitadas. Que a inovação seja bem-vinda. Que a zona de conforto não exista. Que todos fiquem alegres com as novas descobertas e novas formas de viver. Assim o parâmetro passa a ser o amor e a alegria. Se existe amor e alegria é porque funciona. Se não existe é porque não funciona. Isso para todas as pessoas do planeta. O entendimento de que todos têm direito e podem ser felizes é fundamental num planeta avançado. E isso acontece de forma natural respeitando-se a consciência de todos os demais. Esta forma de ser é um gigantesco avanço em direção à fusão com o Todo.

Cientistas-Post-19.11.2015-24

– A Agenda Reptiliana

Um dos objetivos mais importantes dos reptilianos sempre foi a dessensibilização da humanidade. Dizem que Stálin disse o seguinte: “a morte de uma pessoa é uma tragédia e um milhão de mortes uma estatística”. Sobre os expurgos na década de 30. Na guerra entre os búlgaros e turcos em 1912, que teve trincheiras de 24 km, em cinco dias houveram 90 mil mortes, feridos ou doentes. Isto deveria ter sido um alerta do que seria uma guerra de desgaste em larga escala. Em seguida veio a Primeira Guerra Mundial com o grande experimento de dessensibilização. Um laboratório para se ver até onde a humanidade suportava ver e sentir a destruição, violência e morte em larga escala. Toda a tecnologia moderna foi usada nesta guerra para provocar o maior número de mortes possível e o maior sofrimento. E exterminar uma geração de europeus. O historiador Lawrence Sondhaus diz textualmente: “A Primeira Guerra Mundial – uma revolução global em muitos aspectos – acima de tudo redefiniu o que as pessoas poderiam aceitar, suportar ou justificar, e por isso se destaca como um marco na experiência humana pelo tanto que dessensibilizou a humanidade para a desumanidade da guerra moderna”.

Durante 4 anos a humanidade suportou algo nunca visto antes e terminou com 10 milhões de mortos. O teste tinha funcionado. Poderia ser feito em maior escala na Segunda Guerra e com mais eficiência, pois entrariam em ação os bombardeios aéreos contra civis e cidades sem objetivos militares. E isto foi feito com perfeição no caso da cidade de Dresden, Hiroshima e Nagasaki. Todos os envolvidos na Guerra usaram de bombardeios contra civis. Para que nada sobrasse da sociedade civil. Foi um experimento psicológico para ver até onde a dessensibilização poderia ir.

Cientistas-Post-19.11.2015-25Os reptilianos não tem nação, ideologia ou qualquer outra coisa que indique que são um grupo contra outro grupo. Estão em todos os lados. Nos bastidores. Trabalham à partir de outra dimensão, podendo transitar entre a nossa dimensão e outras. Assim eles podem criar as guerras sem que os humanos percebam o que está acontecendo. E a morte de milhões abastece de Chi os estoques usados como moeda de troca em seus empreendimentos. A Segunda Guerra também foi um sucesso para eles. A cada vez os humanos suportavam mais sofrimento sem reagir. A violência em larga escala foi ficando normal. E assim a criminalidade também poderia expandir. Em seguida vieram as guerras de libertação por todo o mundo. Com os genocídios inevitáveis. Vide Ruanda, Coréia, Vietnã, etc. Ad infinitum. Em 5 mil anos de história houveram apenas 30 anos sem guerras. A cada ano a violência em todos os sentidos foi ficando mais normal e aceitável. Até chegar no ponto em que estamos hoje. Chegamos no auge do que os reptilianos desejam. A violência agrada à maioria da humanidade. Quem tem olhos veja. Hoje um franco-atirador atira nas costas de uma menina de 4 anos e não há nenhuma reação pelo mundo afora. E o mesmo acontece com todas as mulheres mutiladas. Percebam que isso é um plano executado por milênios e que está chegando na etapa final do planejamento deles. Vejam como a escala é crescente. Isso foi executado pacientemente, pois eles trabalham sem problema de tempo. A escala de tempo deles é a eternidade. Só que pelos resultados obtidos até agora o objetivo final está a um passo.

A única solução que existe é a Iluminação Espiritual de cada ser humano. Com a Iluminação o ser humano voltará a ter sensibilidade e não aceitará mais ser objeto de experimentos como estes. E a Iluminação é possível porque só depende de cada um. Feita em silêncio sem chamar a atenção dos demais. Somente a Luz pode romper esse estado de coisas e a Paz finalmente poderá existir neste planeta.

Cientistas-Post-19.11.2015-26

– A Senhora que soltou – Um ensaio sobre o desapego

Durante a vida inteira uma senhora teve uma disputa com outra pessoa sobre um determinado bem. Embora ela não quisesse disputar aquilo a outra queria a disputa. E isso estava estragando completamente a vida da senhora. Depois que os problemas chegaram num nível insuportável a senhora começou a analisar a questão de soltar o bem. Meses depois ela chegou à conclusão de que o melhor para ela era soltar o bem completamente. Fez isso e deu o bem para a outra pessoa. E o problema foi resolvido de vez. Um problema da vida inteira e que comprometia sua vida inteira.

Este é um pequeno exemplo (sem maiores detalhes para garantir o anonimato das pessoas) que mostra mais uma vez que a única solução é soltar. Isso foi enfatizado intensamente a 2500 anos atrás.  Só que isso vai contra todos os princípios do Cérebro Reptiliano (Complexo-R). Soltar é a coisa mais difícil que existe. E também a única solução que existe. Este é o dilema do ser humano.

Todo escravo só pode ser escravo se tiver apego à alguma coisa. É uma coisa evidente por si só. Quando uma pessoa não tem apego a nada como ela pode ser escravizada? Impossível. Então se alguém quer ter escravos fará de tudo para que os escravos não conheçam a filosofia de soltar. No dia em que o escravo começa a analisar isso ele entrou pelo caminho da liberdade. Será uma questão de tempo para que chegue à conclusão de que soltar é o melhor. É o que acontece com todas as pessoas que ouvem pela primeira vez o conceito e começam a analisá-lo já que estão sofrendo muito. Praticamente ninguém solta sem estar sofrendo muito. Poderia soltar sem sofrer, mas poucos chegam nessa conclusão sem antes sofrer muito. As vantagens de soltar são evidentes por si só. O valor da liberdade é óbvio, mas só para aqueles que são escravos. Quem acha que é livre não consegue avaliar isso, pois acha que não é escravo. Ou ainda tem alguma zona de conforto sendo escravo. Este é um fato. Alguns escravos gostam das correntes que prendem seus pés!

A liberdade tem um preço alto. Um preço que nem todos querem pagar. A questão é que mais cedo ou mais tarde o sofrimento da escravidão torna-se insuportável. É questão de grau. Uma rã numa panela em fogo brando não sentirá nada no início, mas quando perceber que esquentou será tarde. A conscientização virá de um jeito ou de outro. Normalmente é preciso sofrer muito para tornar-se consciente de uma situação insuportável.

Cientistas-Post-19.11.2015-27

Para encontrar a solução de problemas sérios é preciso soltar o ego. Isso significa que o ego será alinhado com a Centelha Divina. O ego não desaparece. Ele é assimilado pela Centelha. Torna-se um com a Centelha. Em termos práticos o ego deixou de controlar a situação. Ele observa, mas ele não manda mais. Os interesses particulares do ego não são mais dominantes. Ele está à serviço da Centelha. Isso é a morte do ego e por isso ele foge disso de todas as formas. Mesmo que esteja sofrendo atrozmente. O ego quer continuar no comando. É uma luta inglória porque no final o ego terá de ceder. Só que até lá um longo tempo passou e passará.

A senhora poderia ter resolvido isso muito tempo atrás, mas para que o conceito fosse aceito precisou chegar numa situação quase que irreversível de sofrimento. Daí houve abertura de consciência para analisar o conceito de soltar. E mesmo assim ainda leva meses para decidir soltar. O ego tenta de todas as formas racionalizar a situação para encontrar uma saída que não seja soltar. A primeira coisa que vem na cabeça é que é injusto soltar. A outra pessoa não merece aquilo. Só que a outra pessoa tem poder suficiente para disputar aquilo. E quando nos deparamos em uma disputa com alguém de poder a única forma é soltar. Solta a túnica e a capa. Anda duas milhas ou mais. A disputa só trará mais sofrimento. Chega uma hora em que o custo/benefício não compensa de forma alguma. É preciso soltar antes que se chegue nesse ponto.

O desapego é a única solução. Nunca é demais repetir isso. Ad aeternum.

Toda armadilha só funciona porque existe um ego que quer alguma coisa. E para de pensar sobre as condições em que aquilo está sendo oferecido. A razão para de funcionar. Fica cego pela possibilidade de ter mais aquilo. Uma pessoa completamente desapegada como pode ser influenciada a fazer algo? Impossível. Não há nada que ela queira. A motivação é totalmente interna. Já desapegou de tudo externamente. Embora ainda use coisas para vestir, coma alimentos e durma debaixo de algum teto. Mas, isso não significa nada para a pessoa. Essa pessoa é infeliz? Não. Pelo contrário. É completamente dona de si mesma. Nada pode influenciá-la. Somente seus objetivos internos tem importância para ela. É lógico que para chegar nesse ponto é preciso muito tempo de vida. A sabedoria não é uma coisa que vem logo. Sabedoria é conhecimento vivenciado. E vivenciar demora. Porque a pessoa terá de passar por todas as situações para chegar nas conclusões evidentes. Soltar é uma dessas conclusões. E a mais difícil delas.

Cientistas-Post-19.11.2015-28

O dilema é que só quando se solta é que se tem. Somente quando o vendedor solta o cliente é que ele vende. Somente quando se solta a ansiedade é que se tem resultados. Somente quando se solta o medo é que se é livre. Somente quando se solta o ego é que o ego é livre. O ego é escravo de si mesmo. Também. Quero porque quero! Esse é o lema do ego. A lei do ego. Quero porque quero! Se perguntarmos porque quer assim dirá que não interessa. Quer e pronto!  Pode-se dar todas as razões de que aquilo não é bom para a pessoa, mas ela dirá que quer mesmo assim. Mas, eu quero! Toda vez que se prende se perde e toda vez que se solta se ganha. Só que é muito difícil o ego entender e aceitar isso.

O “Senhor dos Anéis” é uma história que mostra isso. Quanto sofrimento tem de passar uma pessoa para poder destruir o anel? E todos os obstáculos que aparecem para impedir a destruição do anel? Pois quem usa o anel é dominado pelo ego.

E as crenças estão no mesmo nível do Anel. Tão poderosas quanto. As crenças escravizam o ego. O que o ego acredita torna-se a realidade da pessoa. Basta acreditar para ser real. O que se pensa que é real é real. Só para aquela pessoa. Mas, para a mente dela é real. Vivemos num universo mental, portanto a realidade é a realidade que existe na mente da pessoa. Até que a realidade objetiva se imponha. Uma pessoa que ache que um monte de terra é um monte de ouro, lutará de todas as formas para possuir aquele monte de terra. Mentalmente não enxerga que é terra. Acha que é ouro. E toda tentativa de mostrar o contrário não funcionará até que haja uma conscientização. Uma quebra da dissonância cognitiva. Uma catarse. Um evento traumático. Uma perda. Um sofrimento. Nesse momento a pessoa enxerga que é terra. E solta.

Cientistas-Post-19.11.2015-29

Quando se fala crença pode-se pensar que estamos falando de crenças religiosas. Tal a crença de que crença só pode ser sobre assunto religioso! Como a pessoa deve dirigir no trânsito? Isso é uma crença. Como ela deve gastar o dinheiro que ganha? É uma crença. Como deve trabalhar? É uma crença. Como deve tratar as pessoas? É uma crença. Como deve pedir algo no mercado? É uma crença. Como deve pegar o dinheiro para pagar no caixa? É uma crença. Se receber troco a mais o que fazer? É uma crença. Como engraxar os sapatos? É uma crença. Como usar garfo e faca? É uma crença. O que ler? É uma crença. Que profissão ter? É uma crença. De que se alimentar? É uma crença. Tudo que fazemos depende de uma crença qualquer. Vivemos de acordo com as crenças que temos. Desde a forma de levantar da cama de manhã, vestir a roupa, pegar as coisas, dirigir o carro, entrar no ônibus, cumprimentar os colegas de trabalho, forma de trabalhar, etc. Tudo tem uma crença por trás. Provavelmente todas inconscientes. Já estão automatizadas. O subconsciente já “pilota” a vida da pessoa automaticamente. Mas, as crenças estão lá. Controlando a vida da pessoa e fazendo com que sejam realidade. Se a pessoa acha que tem crise econômica terá crise. Se acha que não tem crise não terá crise. Mas, é muito difícil de aceitar isso. E isso também é uma crença!

Cientistas-Post-19.11.2015-30

A única forma de se livrar dos condicionamentos (crenças) é questioná-lo. Analisar os resultados e ver se são condizentes com o que se espera. Os resultados são a realidade objetiva. Olhar em volta e ver os resultados dos demais. Os da própria pessoa é claro que ela acha que são normais, já que ela mesma está criando aquilo com a própria mente. Somente quando vemos os demais é que podemos comparar. Temos um referencial. Achamos que existe uma crise econômica, mas se conhecemos alguém que não está em crise, temos de nos perguntar o que está acontecendo com aquela pessoa. A crise não é para todos? A crença diz isso, mas estamos vendo que não é bem assim. Tem gente que continua crescendo. Então tem algo “errado”. A crise não é para todos. Mas, para chegar nessa conclusão será necessária uma troca de paradigma. Uma mudança de sistema de crenças. Questionar as próprias crenças. Questionar os condicionamentos desde que nascemos e nem lembramos mais que foram postos em nós. Só que esses condicionamentos (crenças) estão bem vivos no inconsciente e aparecem nos resultados e comportamentos. Se uma pessoa dirigindo um carro entra numa contramão conscientemente o que significa isso?

É indispensável ter autoconhecimento. O autoconhecimento permite enxergar as crenças e assim podemos muda-las. Crenças são apenas as coisas que acreditamos. Não são a verdade. A Terra é plana. Se velejarmos para o oeste cairemos pela borda da Terra. A maioria das pessoas acreditava nisso a 500 anos. Foi preciso muito trabalho para provar para as pessoas que a Terra não é plana. Uma foto tirada do espaço prova isso, mas a pessoa pode acreditar que a foto é uma montagem e que a Terra é plana! Crenças são muito difíceis de se mudar. Crenças são confortáveis. Tornam o mundo conhecido. O ser humano detesta o desconhecido, pois tem de sair da zona de conforto e isso dá trabalho. Terá de elaborar um novo sistema de crenças que se adeque à nova realidade percebida. Isso implica em mudar os caminhos neurais no cérebro e nenhum cérebro gosta de fazer arrumação nele mesmo. É como ficar na casa no dia da faxineira. É complicado!

Só que a única saída que existe é o autoconhecimento. A autoanálise sem tréguas de si mesmo. Isso é facilitado quando duas consciências se encontram. Colidem com suas ondas de consciência. Essa colisão eleva ao quadrado o resultado das duas consciências e assim elas dão saltos de consciência. Ganham mais complexidade. Expandem-se. O contato de duas consciências é que propicia a evolução e o conhecimento. É por isso que soltar fica muito mais fácil quando alguém lhe explica o que significa soltar. As consciências iluminam-se mutuamente e ambas crescem.

Cientistas-Post-19.11.2015-31

– As Mandalas do Lírio

É tão difícil para a lagarta imaginar que um dia ela se tornará uma borboleta que não é ela que imagina. Mas a Mente do Criador. É igualmente difícil para a mente habituada ao cárcere imaginar que um dia será livre. É igualmente difícil para mente habituada na mentira absorver a verdade. Consideram que a criação é um ato distante quando estão criando o tempo todo. Consideram que são a única raça capaz de emitir pensamento direcionado quando existem tantas outras inteligências que habitam o vasto universo.

A diferença entre os nossos pensamentos e os vossos é que somos capazes de manter a frequência de amor quando pensamos. Por isso é tão simples criar com nosso mental uma, duas, três, quatro, quantas mandalas desejarmos e nela inserirmos as energias de Luz que a Mente Criadora do Pai assim permitir. Por que perdeis tempo discutindo assunto que foge a vossa compreensão terrena?

Por que simplesmente não aquietais o pensamento e a fala e respirais no centro de vosso ser pedindo o esclarecimento que vem do amor? Antes de falar deveis pensar: Estará minha palavra carregada da energia do amor? Se estiver, pronuncie-a. Se não estiver, silencie.

As mandalas do Lírio servem para expressar o Amor. Devem ser contempladas como se contempla a obra do Criador. Nunca pararam para ouvir os pássaros? Ver as árvores? Apreciar as águas do mar?

Assim é a contemplação. Ver em tudo e em todos uma parte do Amor do Criador.

Contemplem a mandala do Lírio Branco com a intenção de receber e doar amor para a humanidade. A inteligência da mandala saberá enviar a energia para onde ela for necessária e para o maior BEM de todos. Contemplem a mandala do Lírio Rosa com a intenção de receber e doar amor para todas as crianças. A inteligência da mandala saberá enviar a energia para onde ela for necessária e para o maior BEM de todas as crianças. Acaso já viram um boi com cabeça de burro? Ou um esquilo com cauda de jacaré? Isso se chama profanação. Profanar o que é sagrado é distorcer sua essência original.

Agora mesmo não é nem necessário que estejam na frente da imagem da mandala. Basta pensar na mandala do Lírio Branco que ela reverbera em seu campo. Basta pensar na mandala do Lírio Rosa que ela reverbera em seu campo.

Elas se fazem presente. Elas são energia. São frequências. Vibram em hertz.

Se houve a transferência da energia sob a forma de uma, duas imagens é porque para vocês é necessário um foco de observação, do contrário vossas mentes dispersam.

Sejam simples. Aprendam a conectar o amor dentro de vocês. Aprendam a utilizar o tempo com sabedoria.

Líria

Cientistas-Post-19.11.2015-32– A Verdade do Lírio

Gostaria de incentivá-los a usarem a mandala do Lírio que ajuda as crianças. É tão simples utilizá-la. Basta que contemplem a mandala.

Olhem para ela com amor. Vocês não estarão olhando para a mandala na verdade. Vocês estarão olhando para as crianças.

Todas as crianças feridas. Alguns de vocês podem ser sensíveis e não suportar vê-las. Eu sou o suporte que os ajudará.

A Mandala nunca lhes enviará nenhuma mensagem de dor.

Da Mandala nunca receberão nenhuma mensagem negativa.

Creiam na ajuda e ela virá. Reúnam-se e simplesmente contemplem a mandala. Por 5 minutos que seja. Gostaria de incentivá-los a ver com os olhos do coração o amor que a mandala envia para as crianças. Para todas as crianças do mundo. De todos os mundos e universos. Vocês têm uma ferramenta muito profunda, útil e forte nas mãos. Utilizem-se dela. Como saberemos que vocês a estão utilizando? Quando ouvirmos nos noticiários que a violência contra as crianças diminuiu. Como saberemos que vocês espalharam a mandala e dela fazem uso? Quando ouvirmos nos noticiários que a violência contra as crianças não existe mais. Ilusão? Sonho?

Eu digo que é possível. No mundo quântico é possível. Contemplem a mandala das crianças.

Espalhem a mandala das crianças. O lírio rosa. Ame a sua criança interna. Amem as crianças.

Líria

A Serviço da Mente do Criador. 

Cientistas-Post-19.11.2015-33

– Conclusão e Nota do Blog

Falar sobre o Prof. Hélio Couto é falar sobre um novo paradigma científico espiritual, que é a tônica dos nossos cientistas da Nova Era nesta série do nosso blog, já que vem abordando vários autores e várias idéias inovadoras em todas as áreas do conhecimento humano. Não só o Prof. Hélio tem um amplo conhecimento de todos esses assuntos, como também é um estudioso sério e investigativo, haja visto a inovadora Ressonância Harmônica e suas teorias sobre Mecânica Quântica. Todas as suas iniciativas são á favor do desenvolvimento de uma nova raça mais consciente, mais centrada e conhecedora de suas potencialidades e habilidades, ou seja, um propósito de vida nobre e educador, que é de suma importância para a Transição Planetária. Deixamos com os nossos leitores um artigo interessante publicado em uma revista de projeção internacional pelo Prof. Hélio:

 

– O olho da galinha

Artigo publicado na Revista “Physical Review” por cientistas de Princeton, mostra que a retina da galinha tem cinco cones sensíveis à cor. Os humanos têm três. Elas têm um cone para violeta, ultravioleta e um que ainda não foi entendido. Os átomos do olho da galinha estão organizados de uma forma a terem propriedades de cristal sólido e líquido. Elas enxergam muito melhor que os humanos. Estes átomos se organizaram de forma aleatória? Por acaso? E deu este resultado? Quanto tempo levaria para essa probabilidade acontecer? Com certeza mais que a idade do universo seria necessária. É lógico que isso não acontece por acaso. Existem inteligências dirigindo a evolução em todo o universo. Será que é tão difícil aceitar que no nível mais profundo da realidade existe uma única energia, da qual tudo emanou? E que esta energia é consciente, inteligente e amorosa? Nada pode surgir do nada. Isto é absolutamente lógico. Para existir um universo material como o que habitamos é preciso que os átomos surjam de alguma forma. E já foi descoberto de que forma eles se formam. E eles são energia condensada. Que percebemos como matéria ou massa. Essa energia primordial é que forma tudo o que existe. Não há nada de abstrato nesta explicação. É absolutamente concreto e lógico. E já explicado pela ciência. A questão é a Realidade Última. De onde vem tudo. O que é esta energia de onde tudo surge? Falando em outros termos essa energia “cria” tudo o que existe. Ela simplesmente transforma energia pura em massa (átomos). E faz isso de forma consciente, já que existe uma extrema organização no universo. Com leis matemáticas, físicas, químicas, etc. Leis físicas não surgem por acaso. E também tem as constantes cósmicas. São fruto de uma inteligência que administra tudo isso. E que mantém tudo isso funcionando o tempo todo. Exatamente agora se essa Inteligência parasse de manter o universo (colapso da função de onda), este desapareceria imediatamente. Tudo depende de alguém colapsar uma função de onda para algo passar a existir. Sem isso só existem infinitas possibilidades. Para que vire uma probabilidade alguém tem de colapsar. Exatamente como o carro que a pessoa quer que apareça na garagem da casa dela. Portanto, para fins didáticos damos o nome de O Todo para essa energia de onde tudo emergiu e emerge. Este é o Ser Perfeito que emana tudo.

 Hélio Couto – http://heliocouto.blogspot.pt/2015/05/o-olho-da-galinha.html

EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL

Links oficiais:

Atenção, informação muito importante: Não existe um grupo no Facebook que representa a RH (Ressonância Harmônica).

Cientistas-Post-19.11.2015-34Livros do Prof. Hélio Couto – Aqui
Artigos – Aqui
Trabalhos Espirituais – Aqui
DVDs – Aqui
Website – profheliocouto.com.br
Facebook – Aqui
Blog – Aqui
Youtube Oficial – https://www.youtube.com/user/heliocouto01
Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.

Cientistas-Post-19.11.2015-35

Cientistas-Post-19.11.2015-36

Cientistas-Post-19.11.2015-37

Nota: Biblioteca Virtual
Divulgação: A Luz é Invencível

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s