Os 7 Raios das Plantas…

Imagem relacionadaComo já dissemos anteriormente, a Magia Elemental, ou ELEMENTOTERAPIA, é a antiquíssima ciência que versa acerca dos Elementais e a manipulação de seus poderes ocultos e mágicos. Os antigos índios americanos, os alquimistas medievais, os taoístas e xintoístas orientais e os cabalistas árabes(Ordem Súfi dos Zuhrawardi) e hebreus não desconheciam esta Magna Ciência.

O grande Mestre Paracelso sistematizou e classificou os elementais de uma forma extremamente didática e sintética, de acordo com a sagrada Lei Cósmica do Sete(Heptaparaparshinokh).
O sistema médico e mágico de Paracelso é baseado nas forças astrais que regem toda a natureza, representadas pelos sete planetas sagrados: LUA, MERCÚRIO, VÊNUS, SOL, MARTE, JÚPITER e SATURNO.
Tais vibrações setenárias refletem-se em nosso Sistema Solar de diversas maneiras(cores do arco-íris, dias da semana, sub-níveis das camadas eletrônicas, notas musicais, sentidos paranormais, anatomia oculta do homem etc…). Vê-se isto na fisiologia e anatomia dos seres vegetais e animais e também nas configurações química e cromática, no reino mineral. De acordo com as classificações de Paracelso, pode-se distribuir os diversos seres elementais de acordo com os 12 signos zodiacais e também de acordo com os planetas astrológicos. Existem também outras classificações, como as da árvore sefirótica e suas múltiplas dimensões ou planos.
Neste capítulo, entregaremos uma Tabela dos minerais, metais, vegetais e animais, ligados a um dos sete Raios Planetários. Isso é útil quando o mago-praticante necessita produzir resultados específicos, como no aspecto curativo, mental, sexual, mágico, da defesa e limpeza psíquicas etc.

Raio Lunar
Características lunares: elementais aquáticos(ondinas e nereidas); pode-se trabalhar com viagens, artes manuais, respeitar a Ordem da natureza, romancistas, negócios de líquidos, enfermidades do estômago, cérebro e pulmões, maternidade e parto, educação de crianças com até 7 anos de idade, inconstâncias, agricultura, iniciação, preparação mágica de ambientes e pessoas para trabalhos espirituais. Seres lunares: plantas aquáticas em geral, eucalipto, oliveira(azeite, azeitonas), dama da noite, saia branca(Datura arbórea-floripôndio), estramônio(Datura stramonium L.),feto macho e samambaias em geral, cânfora(Laurus Camphora L.), caqui, abacateiro, acelga, alface, agrião, aranto(Vaccinium myrtillus L.), guaco, aipo, berinjela,erva mate, aspargos, bálsamo, beldroega, bananeira, fuscia, urtiga do bom pastor, betônica, venturosa; (minerais) amônia, prata, platina; (animais) peixes em geral, siris, caranguejos, sapos e rãs, tartarugas, marsupiais em geral etc.; cores: branco, prateado e azul celeste.

Raio Mercuriano
Características mercurianas: são silfos do ar, possuem influência dupla, solar-mercuriana; magia mental, comunicação, amizade, jornalismo, divulgação, intelecto, cura mental, viagens, viagem astral, mente e personalidade de crianças entre 7 e 14 anos etc. Seres mercurianos: (plantas) canela, avelã, guaraná, anis estrela, tabaco, coca, anis, cânhamo; (animais) esquilo, cavalo; (metais) mercúrio etc.; cores: amarelo e laranja.

Raio Venusiano
Características venusianas: são silfos do ar, são duplamente influenciados, por Vênus-Lua; magia do amor e magia sexual; raio rosa, amor, artes, romances e namoro, ímpeto sexual e fertilidade, artes plásticas, perfumes, poesia, artes dramáticas, sexualidade feminina, adolescência(entre 14 e 21 anos), matrimônio, música etc. Seres venusianos: (plantas) rosa, passiflora, verbena, margarida, maria-sem-vergonha, cravo, violeta, uva, trigo, groselha, morango, amora, goiaba, murta; (animais) abelhas, pombos, coelhos, cisnes; (minerais) cobre, quartzo rosa etc.; cores: azul e rosa.

Raio Solar
Características solares: silfos do ar; raios azul e dourado, teologia, rituais, antigas sabedorias, magia das estrelas, contato com altos dignatários e hierarquias, posição social, dignidade, fé e humildade, saúde em geral etc. Seres solares: (plantas) girassol, abacaxi, ameixeira, damiana, mangueira, marcela, alface, olíbano(incenso), mulungu(Erictrina mulungu L.), mostarda, milho, benjoim, pfaffia paniculata, louro, camomila, estoraque, dente de leão, lírio, grama, maracujá; (animais) leão, galo, beija-flor, pavão real, águias e falcões; (minerais) ouro, cristal, diamante, pirita etc.; cores: azul e dourado.

Raio Marciano
Características marcianas: salamandras ígneas; raios púrpura e vermelho, assuntos com a polícia e militares, discussões, desentendimentos e pelejas, cirurgia(sangue), força, limpeza astral, anemia, paz, ímpeto e início de empreitadas etc. Seres marciais: (plantas) espada-de-São-Jorge, manjericão, alecrim, arruda, pimenteiras, acácia, assafétida, artemísia, aroeira, alho, boldo, carqueja, cáscara sagrada, carvalho, mogno, figueira, absinto(losna), nogueira, salsaparrilha, olmo, sarça, zimbro(Juniperus communis L.), tanchagem, tomateiro, cardo-santo, Jacarandá Mimoso(Gualandai), cana de açúcar, cana de bambu, limoeiro, urtiga, mamona, cavalinha, pau- d’alho, paineira; (animais) lobo, carneiro, gato; (metais) ferro e ímã-ferroso, hematita etc.

Raio Jupiteriano
Características jupiterianas: silfos do ar, também com características saturnianas; raios safira, púrpura e azul marinho; assuntos ligados a dinheiro, lucratividades, contatos com altos dignatários e juízes, vitória em tribunais, eloquência, autoridades eclesiásticas etc.; Seres jupiterianos: (plantas) todas os vegetais semelhantes a coroa, tais como a pita(Agave americana marginata), babosa(Aloes vera L.), aloés(Aloes socotrina L.), heliotropo(Viburnum prunifolium L.); (minerais) estanho, safira etc.

Raio Saturniano
Características saturnianas: gnomos da terra; cores branca, preta e cinza; assuntos ligados a questões de terra, ecologia, agronomia, doenças de pele, minas, terremotos, depressões, desejos de suicídio, karmas a serem resgatados, trabalho e desemprego etc.; Seres saturnianos: (plantas) melissa, hortelã-menta, pinheiros, cipreste, quaresmeira, salgueiro-chorão (Salix alba L.), bardana, inhame, cenouras, batatas e outros tubérculos, ipê, laranjeira, romãzeira, jabuticabeira; (animais) urubus, abutres, tatus e toupeiras, hienas, aranhas, minhocas, borboletas e mariposas; (minerais) ônix, chumbo, urânio e outros radiativos, ágata, magnetita, rochas vulcânicas etc. Ens Espirituale O Mestre Paracelso intitula de Ens Espirituale(Entidade Espiritual) a todos os seres que vivem e são a causa de manifestação dos elementos da natureza, ou seja, os Elementais. Para este grande Mestre Curador, existem muitas formas de manipulação desses Tattwas, tanto para o bem quanto para o prejuízo humano. Elementais de certas plantas, p.ex., para chamar chuvas tão fortes que podem causar inundações, outros podem incendiar casas inteiras; outros, causar loucura coletiva. O mestre Zanoni, certa vez afirmou a um de seus discípulos que nos tempos da Caldéia(já que ele era um mago do Raio caldeu) se manipulavam secretamente os poderes ocultos de certas plantas, muitas delas minúsculas, capazes de atrair pestes e outras desgraças para as populações de cidades inteiras, como ele mesmo já presenciara num passado remoto. E o mestre Samael Aun Weor comenta casos fantásticos gerados pelos índios sul-americanos, que batizam os elementais com o nome de Animus.
Qual é o princípio dessa manipulação? Inicialmente, é necessário se conhecer o Raio ao qual a planta pertence, se seu elemental é uma salamandra, um silfo etc. A partir disso, podem-se criar diversas experiências com tais seres, até se adquirir completo domínio sobre si mesmo e sobre eles. Dois exemplos impressionantes da manipulação dos Animus são os dos profetas Moisés e Maomé(fundador do Islamismo). Moisés, por meio de seu imenso poder da Vontade Consciente, fez aparecerem as pragas no Egito, como a dos gafanhotos, a vermelhidão do rio Nilo e o aparecimento de chagas no corpo de toda a população egípcia, entre outros fenômenos mágicos. Já o profeta Maomé conseguia vencer batalhas, onde seus exércitos estavam em absoluta desvantagem: Conta-se que numa delas, o profeta segurou um punhado de terra e o jogou para o alto e dos céus desceram chuvas de fogo que destruíram totalmente os soldados inimigos.

Plantas Zodiacais
O poder e a influência do Cosmos também influenciam a configuração astral dos seres na Terra. Existem, p.ex., no reino vegetal, plantas e árvores arianas, outras taurinas, outras tantas são influenciadas por Escorpião, e assim por diante. Essa influência se nota na morfologia dos vegetais e, acredite se quiser, nas partes do corpo correspondentes à influência zodiacal. Por receber a influência astral de Áries, a nogueira possui características particulares. Se prestarmos atenção, as nozes lembram a forma de um cérebro; por isso se aceita, tradicionalmente, que nozes moídas e misturadas com mel são ótimas para a regeneração dos neurônios. A berinjela, influenciada pela Lua, por lembrar uma parte de nosso estômago, se bem preparada como alimento(especialmente no forno), auxilia comprovadamente nas afecções e úlceras gástricas. O chá de “barba de milho” é fortalecedor das funções renais. Por que? Pela semelhança dos filamentos do interior dos rins, que nos lembram a barba de milho.
O pepino nos lembra um órgão sexual masculino. Recentemente, cientistas chineses descobriram uma proteína que inibe naturalmente a gravidez e o excesso de ímpeto sexual. Esse Princípio das Similitudes, apregoado por Paracelso, está sendo levado em grande consideração pela ciência contemporânea. Do ponto de vista esotérico, sabe-se que as formas, cores, características e propriedades dos objetos, vegetais, órgãos e vísceras etc., são criados pelos Anjos das Formas. São eles, os Construtores da Natureza, que utilizam determinadas energias e forças astrais, mentais etc., para arquitetarem todos os corpos materiais, dos mais simples aos mais complexos e grandiosos. Tudo isso, baseados num Plano Divino maravilhoso. Por haver infinitas manifestações, infinitas formas animais, vegetais e minerais, teríamos que ser verdadeiros Deuses encarnados, com uma memória no mínimo fantástica. O mais recomendado para nos aprofundarmos nesses estudos de Elementoterapia é buscarmos a Síntese do Conhecimento Espiritual. Os ensinamentos gnósticos são a essência, o ponto supremo de toda a Ciência, Arte, Filosofia e Mística de todos os tempos. Sobre essa base sólida, perene e eterna, podemos compilar objetivamente um maravilhoso índice de biologia elementoterápica.

Resultado de imagem para energia Qi das plantasA ATUAÇÃO DOS RAIOS CÓSMICOS NO REINO VEGETAL…

Os Raios Cósmicos são Expressões Criativas Divinas e atuam sobre a evolução de todos os Reinos do Universo.
Têm a propriedade de compor toda a matéria manifestada, e também a propriedade de penetrar na matéria já existente, para estimulá-la à elevação do seu padrão vibratório, transformando-a.
Em nosso planeta somente dois raios atuam nos reinos humano, mineral e animal. No Reino Vegetal existe a atuação de três raios cósmicos.
Os raios cósmicos responsáveis pela construção do Reino Vegetal são:
O Segundo Raio (dourado), o Quarto Raio (Branco) e o Sexto Raio (Rubi).

A síntese da vida manifesta-se em toda a sua glória, no reino vegetal, através do Segundo Raio AMOR-SABEDORIA. A atração magnética deste raio atua no sentido da beleza, da distribuição, da cor, da forma e do perfume”(Alice Bailey – Psicologia Esotérica – Um tratado sobre os Sete Raios)

O Segundo Raio – O Raio do Amor e da Sabedoria – personifica o amor puro. Infunde em todas as formas a qualidade do amor, conjuntamente com a manifestação mais materialista do desejo, constituindo o principio atrativo da natureza, ou a Lei da Atração. É o mais poderoso dos sete raios, porque pertence ao mesmo raio cósmico da Deidade Solar. Expressa a si mesmo, principalmente através do planeta Júpiter, o qual constitui o seu corpo de manifestação.
O segundo raio encontra-se particularmente ativo no reino vegetal; produz entre outras coisas a atração magnética das flores. Perfume e irradiação se relacionam, e são expressões que emanam dos efeitos produzidos pelos raios ao atuar sobre os diversos agrupamentos de substancias materiais.

O Quarto Raio é o Raio da Harmonia, Beleza e Arte. Sua principal função consiste em criar a Beleza (como expressão da verdade) mediante a livre interação da vida e da forma, baseada nas regras da beleza conforme o plano inicial da criação, tal como existe na mente do Logos Solar. A emanação desse Raio Cósmico produz uma combinação de sons e cores.
O Quarto Raio no reino Vegetal é o que mantém a pureza e a perfeição do Plano Divino da Criação, através da síntese dos seus atributos conjuntamente com a harmonia da cor.
O Quarto Raio trabalha a Harmonia. O reino vegetal é um reino em harmonia. Através da ligação com esse reino, nos purificamos e harmonizamos nossos corpos físicos e suprafísicos.

O Sexto Raio– O Raio da Devoção e do Idealismo. A força do Sexto Raio, junto com o Segundo Raio, constituem a expressão vital da natureza divina. No reino vegetal determina a família, a aparência, a força, o porte e a natureza das plantas.
O efeito da ação conjunto desses três raios no reino vegetal resulta no perfume e no poder de cura desse reino.

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA:

Bailey, Alice – Psicologia Esotérica – Um Tratado sobre os Sete Raios.Fundação Cultural Avatar
Margonari, Neide – O doze Raios Divinos – Ed. Florais S Germain.

DEIDADE SOLAR – O Sol que brilha além de todos os sóis.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s