Exercício 17: O processo da roda do foco

Exercício 17: O processo da roda do foco

Através da exposição às experiências da vida as pessoas normalmente alocam crenças que as mantêm em padrões vibracionais que não permitem que recebam algo que elas desejam. E embora essas crenças não as sirvam, muitas pessoas defendem o retorno a esses fatores indesejáveis, argumentando que “ao final das contas, elas são verdadeiras”.

Resultado de imagem para lei da atração simboloQueremos lembrá-lo que a única razão pela qual qualquer coisa se manifesta como verdade física, tangível, definida é porque alguém lhe deu atenção suficiente para que aquilo viesse à tona. Mas somente porque alguém criou sua verdade, isso não significa que tenha alguma relação com você ou com o que você criará.

Em sua tentativa de documentar os fatos e os eventos de seu tempo, vocês normalmente , sem saber o que estão fazendo, se mantêm em padrões vibracionais que fazem com que vocês confirmem a “verdade” (ou algum fato que estejam estudando) com sua própria experiência de vida.

Não é porque é uma verdade inegável que você esteja testemunhando, mas porque, em sua atenção à ela, você alcança a harmonia vibracional com ela, assim a Lei da Atração traz uma experiência compatível com ela para você.

As vezes alguém nos diz “Mas, Abraham, eu não posso ignorar isso, pois isso é verdade!”. E dizemos “Só é verdade porque alguém a tornou verdade através da atenção a ela”. Veja, o que você está na verdade dizendo aqui é “como alguém deu atenção a isso e, de acordo com a Lei da Atração, convidou isso para sua própria experiência, acho que farei o mesmo”. Em outras palavras, embora eu não queira isso, estou obrigado a criar isso em minha própria realidade porque alguém mais fez o mesmo.

Há muitas coisas que são verdadeiras que você deseja. E há muitas coisas que são verdadeiras que você não deseja. Encorajamos você a dar sua atenção às coisas que você realmente deseja – e fazer dessas coisas maravilhosas a verdade de sua experiência de vida.

A maioria das pessoas, no entanto, não guia seus pensamentos deliberadamente para as coisas que as fazem sentirem-se bem; assim, sem saber o que estão fazendo, desenvolvem padrões de pensamentos que continuam repetindo.

Claro, alguns de seus padrões de pensamentos são extremamente benéficos para vocês. Outros, não. Assim, esse Processo da Roda do Foco é destinado a ajudá-lo a mudar seus padrões vibracionais nos temas que não são benéficos para você. É um processo através do qual você pode, literalmente, praticar seus pensamentos visando melhor sentimento e, conseqüentemente, um melhor ponto de atração.

Recomendamos que você gaste 15 ou 20 minutos com esse processo todas às vezes que você sentir uma emoção muito negativa sobre algo que lhe aconteceu, ou quando você desejar aperfeiçoar seu sentimento de clareza.

Suas emoções negativas pesadas sempre sinalizam uma boa oportunidade para alterar sua Energia em algum assunto, pois o que você tem vivido se torna objeto de foco particular. Agora, quando você aplica o Processo da Roda do Foco, você é capaz de sentir alguma melhora, conseguida de maneira mais enfática. Recomendamos o uso desse Processo da Roda do Foco a qualquer momento em que você esteja incisivamente consciente de algo que você não quer.

Esse é o processo onde você faz uma declaração geral que se compatibiliza com seu desejo. Em outras palavras, você está alcançando uma compatibilização. E como você sabe que encontrou? Porque você sente uma sensação de alívio. Em outras palavras, a declaração lhe conforta, a declaração faz com que você se sinta um pouco melhor. E uma vez que você encontre isso, se focar nisso por um pouco de tempo, ou mesmo amplificar ou exagerar, ou lembrar-se de algo relacionado a isso…se você puder administrar, assim que encontra uma declaração amistosa e gentil, fique ali por pelo menos 17 segundos, assim você permite que outro pensamento se reúna ao primeiro..isso dará impetuosidade a seu novo estado de crença.

Um exemplo do Processo da Roda do Foco
Eis como começar o Processo da Roda do Foco: Desenhe um amplo círculo em uma folha de papel. Depois, desenhe um círculo menor, com algo em torno de cinco centímetros de diâmetro no centro do circulo maior. Sente-se e olhe para o circulo menor e sinta seus olhos focarem-se sobre lê.

Agora, feche seus olhos por um momento e volte sua atenção para qualquer coisa que tenha acontecido que tenha produzido alguma emoção negativa em você. Identifique exatamente o que é que você não quer.

Nesse ponto, diga a si mesmo “Bom, sei claramente o que não quero. O que é que eu quero?”
Isso é bastante útil tanto para tentar identificar o que não quer como para identificar o que quer, em temos de como você quer sentir-se sobre isso.

Por exemplo:
Sinto-me gordo e quero me sentir esbelto.
Sinto-me pobre e quero me sentir próspero.
Sinto-me não amado e quero me sentir amado.
Sinto-me ludibriado e quero me sentir honrado.
Sinto-me doente e quero me sentir saudável.
Sinto-me impotente e quero sentir meu poder.

Em seguida, tente escrever declarações ao redor do grande circulo, no lado externo da linha, que se compatibilize com o que você quer. Quando você encontrar uma declaração que esteja próxima o bastante do que se compatibiliza com o que você quer, você saberá. Em outras palavras, você sentirá se sua declaração não se compatibiliza e põe você para baixo, grosso modo, ou se é uma declaração que está próxima o bastante de seu desejo.

A razão pela qual o Processo da Roda do Foco é tão efetiva é que as declarações que você escreve são as que você deliberadamente escolhe. Elas são declarações generalizadas em que você já acredita, que se alinham com seu desejo. E a razão pela qual funciona é que a Lei da Atração é tão poderosa que quando você mantém um pensamento por pelo menos 17 segundos, outro pensamento semelhante se reúne a ele; e como esses dois pensamentos ficam juntos, ocorre uma combustão que faz com que seus pensamentos se tornem mais poderosos.

Sempre que você faz uma declaração geral, está mais propenso à pureza de pensamento do que quando faz uma específica; assim o poder da Roda do Foco é que você está fazendo declarações gerais nas quais você já acredita, e quando você mantém cada uma por 17 segundos ou mais, isso lhe dá a oportunidade de emitir uma vibração pura que é mais e mais específica a seu desejo.

Digamos que você está se preparando para realizar esse processo e sabe que sua intenção é escrever “Sinto-me bem sobre meu corpo”, ou “Meu joelho está bem”. Mas se você começar aqui, se a primeira frase curta que você escrever for “Sinto-me bem sobre meu corpo”, você pode dizer, pela maneira como se sente, que a Energia está alinhada, pois tudo o que fez o fez sentir-se intratável e irritou sua consciência sobre você se sentir gordo, ou aquela sobre seu joelho doer. Assim, aquela declaração foi específica demais.

Em outras palavras, é como tentar pular em um trem que está se movimentando muito rápido e tudo o que acontece é você saltar fora dele. Você pode se imaginar tentando pegar um carrossel que está indo muito rápido? Não há como fazer isso ainda, mas se ele reduzir a velocidade, haverá essa possibilidade, e você poderá sentir-se confortável nele. O que você quer fazer é reduzir a velocidade da “roda”, reduzir a crença, de forma a poder seguir. Então, assim que você reduz, pode aumentar a velocidade da vibração.

Agora, através do ensaio e do erro, você pode escolher outra declaração.

Você pode dizer algo como “Sei que meu corpo físico responde a meus pensamentos”.

Bom, essa é uma declaração suave e você já acredita nisso, mas isso faz com que você fique um pouco irado consigo mesmo. Então, esse não é realmente um bom ponto de partida também. Você sente o ambiente procurando algo mais e diz algo como “Na maior parte do tempo, meu corpo faz tudo certo”. Bom, agora você acredita nisso. Essa declaração o faz sentir que tudo está certo. Você está apto a se manter no carrossel.

Quando você a escreve ao redor de seu círculo e foca nela, o sentimento é bom. E você faz outra declaração. Pode dizer algo como “Acredito que o Universo compatibiliza nossa vibração”. Você acredita nisso completamente, então a declaração tem coerência. Aí você faz uma declaração como “Esse corpo físico tem sido muito bom para mim”. Você acredita nisso. Essa declaração se sustenta. Você está começando a se sentir um pouco melhor. Está começando a sentir um pouco de alívio. Não está mais frustrado consigo mesmo. Sua vibração está se elevando.

Vamos continuar a somar poder a esse processo da Roda do Foco. Quando você encontra pensamentos que o fazem sentir-se bem, continue escrevendo-os ao redor do perímetro de seu círculo maior. Comece na marcação de 12 horas, como se você estivesse olhando para um relógio e continue até a marcação de 1 hora, 2 horas, e assim por diante, até que você tenha 12 declarações que o façam sentir-se bem.

Já que seus pensamentos já estão se entretecendo com tal noção de momentum que mesmo que você queira mudá-los não seja possível, encontre um estado para o qual pular; esse jogo da Roda do Foco é sobre encontrar um pensamento que esteja próximo o bastante ao estado onde você está agora, de forma que você não seja jogado para baixo, mas a partir de onde você possa, gradualmente, começar a mover-se em direção à maneira como quer se sentir. Essa é uma ferramenta maravilhosa, funcionando como uma ponte vibracional.

Por exemplo, suponhamos que você se sinta gordo. Algo deve ter acontecido em sua experiência para ter trazido isso para sua mente e você está, nesse momento, sentindo uma emoção muito negativa a respeito disso. Pegue seu papel, desenhe um círculo no centro da página e com o círculo você pode escrever a frase “Quero me sentir esbelto”.

Agora, foque no tema em questão e tente encontrar pensamentos que se compatibilizem com o que você quer sentir, pensamentos que o façam sentir-se bem enquanto você pondera sobre eles. Tente encontrar um pensamento que não o coloque para baixo.

“Posso ser esbelto novamente”.
(Esse pensamento está muito distante do que você realmente acredita e mesmo querendo acreditar nisso, você não acredita. E você sente que esse pensamento não se sustenta. E como esse pensamento não o faz sentir-se bem, essa declaração é uma declaração que o coloca para baixo).

“Minhas irmãs são esbeltas e bonitas”.
(Esse pensamento não o faz sentir-se bem também. Ele sinaliza o sucesso delas e faz com que você sinta sua própria ausência de sucesso ainda mais forte. Esse pensamento, portanto, o coloca para baixo).

“Encontrarei algo que funcionará para mim”.
(Embora esse pensamento faz com que você se sinta um pouco melhor do que os anteriores, ele ainda não o faz sentir-se bem. Você tentou várias coisas, mas acredita que não achou nada que funcione para você, então esse pensamento só sinalizar suas falhas passadas. Assim, ele o põe para baixo).

“Sei que há outros que estiveram na mesma situação na qual estou agora e encontraram algo que funcionou para eles”.
(Com esse pensamento você pode sentir uma sensação de alívio. Você se sente um pouco melhor. Lembre-se, você não está procurando pela solução final aqui. Você só está procurando por um pensamento que o faça sentir-se bem o bastante e que se sustente. E esse pensamento não o põe para baixo. Então, escreva-o em sua página, na posição das 12 horas do relógio e agora tenha mais pensamentos que o façam sentir-se bem).

“Não tenho que fazer tudo hoje”.
(Esse é um outro pensamento que se sustenta. Escreva-o na posição de 1 hora do relógio).

“Encontrarei uma dieta que funcione”.
(Esse o põe para baixo).

“Não me sinto bem em minhas roupas.
(Esse o põe para baixo).

“Será divertido comprar algumas roupas novas” (2:00h)
(Esse se sustenta).

“Meu corpo se sentirá mais leve” (3:00h)
(Se sustenta)

“Sentirei mais vitalidade” (4:00h)
(Se sustenta)

“Novas idéias virão para mim” (5:00h)
(Você está pegando o jeito agora)

“Já sei de algumas coisas que poderão me ajudar” (6:00h)
(Isso, sentindo-se melhor)

“Gosto de ter o controle de minha própria experiência” (7:00h)
(Sustenta)

“Estou querendo fazer essa mudança” (8:00h)
(Sustenta)

“Gosto de me sentir bem”
(Essa se sustenta. Escreva-a na posição de 9:00h)

“Gosto de me sentir bem em meu corpo” (10:00h)
(Sustenta)

“Sinto-me bem sobre meu corpo” (11:00h)
(Isso! Agora, após ter escrito essa na posição de 11:00h, circule enfaticamente as palavras que você escreveu no centro de sua Roda do Foco e perceba que agora você se sente bem mais alinhado vibracionalmente com seu pensamento, quando há alguns minutos antes você não estava nem próximo dessa vibração).

Abraham, fale-nos mais sobre o Processo da Roda do Foco
Você já deve ter nos escutado falar que seu ponto de poder está no presente mesmo quando você possa estar falando sobre o passado, ou pensando sobre o agora, ou sobre o futuro – tudo o que você faz, faz no exatamente agora. Você está vibrando agora. O pulso é no agora. A emissão vibracional é no agora. Assim, o que está acontecendo É, qualquer tensão criativa entre a convocação da Força de Vida e a permissão para que ela flua através de você (a convocação e a permissão) – tudo está acontecendo exatamente aqui, no agora.

Assim, eis a palavra na qual queremos que você foque nos próximos dias. Eis você nesse lugar fresco. Amamos o frescor do lugar onde você está. E agora queremos mostrar-lhe como se manter nesse lugar fresco e alinhar sua Energia fresca com o fresco desejo que trará resultados fáceis e frescos.

A Roda do Foco é a melhor ferramenta que encontramos para ajudá-lo a fazer a ponte entre as crenças e o que se compatibiliza com seus desejos. O que queremos dizer com isso é que a fórmula para criar qualquer coisa como, digamos, o tributo da preparação para o contentamento, é: identifique o desejo e, então, alcance uma vibração que se compatibilize com ele.

Outro exemplo do Processo da Roda do Foco
Vamos começar apenas com a tentativa de encontrar uma frase que o deixará bem na Roda. Escreva frases que estejam próximas o bastante com o que você já acredita, assim elas não o jogarão para baixo, grosso modo falando. Em outras palavras, se você escreveu “gosto de pagar impostos”, você está se colocando para baixo. Se você escreve “penso que é uma coisa maravilhosa que o governo pegue meu dinheiro e o esbanje em coisas desnecessárias”, você está se pondo para baixo. Assim, o objetivo é tentar encontrar algo que se compatibilize com seus desejos, fazendo-o sentir-se bem. Você pode escrever algo como “gosto de estar no topo de minha vida. Sinto-me bem por saber de meus compromissos. Gosto de fazer as coisas no tempo correto. Amo o sentimento de ordem e organização em minha experiência de vida”.

Essa pode ser uma declaração muito forte. Você saberá. Você pode saber pela maneira como se sente, se essa declaração se sustenta ou não. Assim, através da tentativa e erro, você simplesmente se mantém tentando. Então, você diz algo como “imagino que há uma grande quantidade de pessoas que se sente como eu, que agora sabem como lidar com isso”. Isso coloca você na roda! “Embora essa taxa do sistema de IRS (semelhante ao IRRF) não seja perfeita, é um mecanismo através do qual nosso governo funciona”. Agora, você acabou de se nocautear ou você consegue se colocar na roda com essa declaração?

“Todo ano eu me torno melhor nisso. Estou administrando as coisas de maneira mais confortável. Encontrarei formas de fazer com que fique mais confortável. Meus tributos são um bom incentivo para ajudarem-me a me organizar e entender melhor como as coisas funcionam”.

Quanto melhor se sente, melhor fica
Agora, eis o que queremos que você escute: não resolvemos nada. Em outras palavras, nada realmente mudou. Você ainda tem suas taxas a serem pagas, mas o que mais queremos que você escute é que você agora está num estado diferente do que estava antes. Em outras palavras, a clareza virá mais fácil agora do que antes. A lembrança virá mais fácil do que antes.

Qualquer ideia sobre onde você deixou algo virá mais fácil do que antes. Ou seja, todos aquelas partes dispersas de sua vida, empilhadas e encaixotadas em pastas de papeis e fundos de bolsas – todos esses pedaços de informações espalhadas aqui e acolá – estão começando a se reunir em sua mente. Em outras palavras, sua Mente Interior começará a se alimentar de forma consistente, de forma que nunca aconteceu antes de você usar um pouco de tempo para alinhar sua Energia com seu desejo.

Seja um castelo ou um botão, se você está usando como objeto de sua atenção, ele está convocando a Força da Vida e é sobre o sentimento da Força da Vida que a Vida é feita. A razão pela qual você está convocando isso é irrelevante. Em outras palavras, é tão possível sentir prazer na preparação do pagamento de seus impostos quanto no planejamento de um cruzeiro marítimo.

Agora você pode não acreditar nisso, mas isso é porque você não tem permitido que a Energia flua através de você em relação ao tema de sua atenção sem a resistência. Você convoca a Energia porque quer fazer o que tem a ser feito, mas entra em divergência com a Energia porque tem todos esses hábitos de praticar declarações que não deixam a Energia fluir.

Quando você tem a Energia fluindo através de você e não a deixa fluir, ela se debate com maestria. E agora, como o Processo da Roda do Foco faz com que você foque por um período longo e não usual de tempo sobre um tema especifico, fazendo com que você deliberadamente procure por pensamentos que o façam sentir-se bem, seu ponto de atração muda.

Através da aplicação desse simples, mas poderoso, Processo da Roda do Foco em vários temas, conforme eles vêm para sua vida, você pode – efetivamente – aperfeiçoar seu ponto de atração em relação a tudo que for importante para você. Fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s