A manifestação consciente de nossa realidade…

 

5c1e9-indigoawakening_wofonts

Compreendendo a Consciência...

As línguas saxônicas, como o inglês, permitem diferenciar dois tipos de consciência : conscience – que é a consciência em seu sentido moral e consciousness, traduzindo seu sentido psiconeural. O idioma português dispõe apenas de uma palavra para atender aos dois significados. Em neurociência consideramos o sentido psiconeural do vocábulo, o consciousness da língua inglesa. Pelo conceito clássico, consciência é aquele estado em que a pessoa está ciente de suas ações físicas e mentais. O que só ocorreria, se ela estiver acordada e alerta. Não, se dormindo, em coma, ou sob anestesia geral. A consciência mostra a intimidade máxima do ser humano, uma vez que ninguém poder ter acesso ao mais profundo da consciência de outra pessoa. Os pensamentos da consciência são únicos e intransferíveis. A pessoa decide a quem deseja comunicar parte de seus pensamentos, entretanto, sempre existe uma área de intimidade maior que cada pessoa guarda unicamente para si mesma.
Além disso, a consciência também se conecta de forma direta com a ética, tanto que quando uma pessoa age contra seus princípios morais, ela se sente mal consigo mesma e passa a sofrer remorso na consciência, uma espécie de castigo interior que está relacionado com a falta de paz de espírito. Por outro lado, agir de acordo com a ética e a prática do bem é sinônimo de paz interior, alegria e bem-estar.

O ser humano tem a capacidade de refletir sobre si mesmo e olhar para o seu mundo interior. Desta forma, quando um ser humano fica a só consigo mesmo, ele pode ter acesso ao mais profundo de sua consciência para fazer um balanço sobre um caso em particular. O ser humano também sofre com suas lutas internas entre várias opções.
É importante ser coerente consigo mesmo para ter a consciência em paz, que é a expressão máxima de felicidade e inteligência emocional. O ser humano é um ser consciente de sua própria realidade, capaz de refletir sobre assuntos do cotidiano, como também sobre questões transcendentais. O homem é consciente de seu próprio fim, isto é, ele sabe que nasce e morre.

A consciência é o conhecimento que uma pessoa tem de si própria, de seus pensamentos mais íntimos e também de suas ideias cotidianas. A consciência é o conhecimento dos sentimentos mais profundos do coração. Ter a consciência limpa traz felicidade e saúde, uma vez que não há nada mais positivo do que ter uma consciência tranquila para poder ter uma boa noite de sono.

O ser humano pode arrastar um remorso de consciência por um longo período de tempo muito antes de confessar a verdade. No entanto, todo tipo de remorso está associado ao sofrimento, ao medo, à angústia e à falta de paz interior. O remorso tem um peso excessivo na consciência do protagonista que não se perdoa pelo erro cometido no passado.

Resultado de imagem para consciência espiritual

Manifestando a Consciência da Realidade…

realidade
realidade1

realidade2

Neste processo que estamos passando, é importante estarmos atentos o tempo todo ao que sentimos, prestar atenção nas emoções que estão nos motivando a tomar qualquer atitude durante nosso dia. Por exemplo, se precisamos fazer algo em nosso trabalho mas sentimos desânimo, ou algo nos segura, ou certa insegurança, prestem atenção nas emoções que estão por trás disso. O mesmo em casos em que ficamos preocupados ou nervosos, que alguma coisa nos tira do sério, nossas vontades, o que nos está motivando a ter certas vontades e a tomar certas atitudes. Pode ser medo de algo, trauma, programação negativa, condicionamentos, achar que precisamos nos defender ou proteger de alguma coisa, que algo de ruim pode acontecer, que teremos que fazer algo desagradável, que alguém nos prejudicará, que nos julgarão, que deixaremos alguém triste, que seremos perseguidos, várias coisas.
Tudo isso que encontrarem e também seus sintomas físicos como dores crônicas ou pontuais, doenças, sonhos ou pensamentos recorrentes, pessoas com as quais sentem dificuldades de relacionamento etc. são tópicos para reprogramarem suas crenças e que também podemos tratar nas sessões de Terapia Multidimensional.
Agora, gostaria de compartilhar algo novo com vocês. Desde a época de meu avô fala-se muito em reprogramação mental, em fazer afirmações positivas sobre o que queremos manifestar em nossas vidas. Eu pessoalmente há vários anos que as faço e, embora a TM também também tenha me ajudado muito a me livrar de certos padrões negativos, em muitos assuntos continuo manifestando os mesmos resultados desagradáveis.
Há poucos dias fiquei sabendo de uma descoberta (óbvia) de que nosso cérebro rejeita certas afirmações que considera “mentira” e até acaba reforçando o oposto, que o método para nos reprogramarmos é outro: trata-se de fazer perguntas. Por exemplo, ao invés de afirmarmos “sou rico” (nosso cérebro rejeita na hora), perguntamos para nós mesmos “por que sou tão rico?” e damos um espaço para que nosso cérebro assimile esta informação, crie as respostas no subconsciente e programe-o com as informações do porque somos ricos. Não precisamos buscar a resposta conscientemente, nossa mente faz este trabalho sozinho. Dessa forma nosso subconsciente que é o grande “manifestador” da nossa realidade pode ser reprogramado.
As perguntas devem ser todas positivas e feitas como se já fôssemos aquilo que perguntamos. Por exemplo, não é para perguntar “por que tenho medo de ficar sozinho?”, o correto é “por que estou tão bem comigo mesmo?”, “por que me sinto tão seguro?”, sempre corrigindo o padrão limitante que encontrarem em si mesmos e dando alguns segundos de silêncio mental para as mudanças ocorrerem em nosso sistema.
Eu tenho testado isso e já percebi grandes diferenças em meu humor, confiança, paz mental e ânimo. Em algumas perguntas senti até as mudanças em meus chakras! Testem com perguntas como “por que me amo incondicionalmente?”, “por que me permito ser quem eu realmente sou?”, “por que me expresso com tanta facilidade?”, “por que a vida me trata tão bem?”, “por que confio tanto em Deus e no universo?”, “por que minha mente está tão calma e serena?”, “por que sempre opto por alimentos saudáveis?” e assim por diante…
Este é um trabalho de persistência e aprendizado, de curas e transformações. Na medida em que forem se redescobrindo e encontrando seus próprios bloqueios, limitações e também seus potenciais que estavam aí escondidos, estarei à disposição para ajudá-los em suas dúvidas e no que for preciso. Fonte

Resultado de imagem para consciência ética

Namastê!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s