O Coração Humano – A Origem da Luz e da Vida

O Coração Humano – A Origem da Luz e da Vida

post-04-18-1

O DNA é uma cadeia extremamente longa de moléculas que contém todas as informações necessárias para as funções da vida de uma célula. Isso ajuda a transportar informações de gerações para gerações e também ajuda na produção de proteínas que são essenciais para o crescimento e o desenvolvimento do organismo humano.

As moléculas individuais que compõem o DNA são chamadas de nucleotídeos. Existem apenas quatro nucleotídeos que são sempre usados: Adenina, Timina, Guanina e Citosina. Estes nucleotídeos são feitas com átomos de carbono, hidrogênio, nitrogênio, fósforo e oxigênio.

A física quântica já descobriu que o nosso Universo é feito de 99,999% de energia e 0,0001% de matéria. Já está provado que mesmo os átomos do nosso DNA não são nada além de energia. Cada átomo do DNA é composto de uma energia única que codifica um conjunto específico de informação nele contido.

Relacionado: Comprovação Científica, o Nosso DNA Está em Mutação.

Verificou-se que cada átomo tem a sua própria assinatura de energia e que as moléculas coletivamente irradiam uma assinatura única de energia. Esta assinatura de energia é também conhecida como a “inteligência” que determina o comportamento do DNA em termos de produção de proteínas por transcrição e tradução, que por sua vez determina a fisiologia de uma célula viva.

Os fótons são partículas minúsculas de luz. Na física, um fóton é um feixe de energia eletromagnética. Eles carregam energia e o momentum que são dependentes da frequência. Eles têm tanto a natureza das partículas como a natureza de onda. Os fótons se comportam como partículas, quando interagem com a matéria.

Relacionado: Biofótons Mostram Que Somos Feitos de Luz.

Em alguns casos, a energia do fóton é absorvida pela matéria fazendo-a emitir elétrons. Este processo é conhecido como o efeito fotoelétrico.

Os fótons interagem com os elétrons na matéria movendo os elétrons para um maior nível de energia, transferindo a energia dos fótons para os elétrons. A energia que os fótons possuem não é somente energia, é um conjunto de informações que contém tudo o que ele deve fazer durante o seu tempo de vida.

Esta informação é conhecida como a “inteligência”. Não é apenas a luz que é composta de fótons, mas toda a energia eletromagnética é composta de fótons. Isto constitui a natureza de onda dos fótons. Os fótons estão sempre em movimento e viajam a uma velocidade de 2,998 x 108 m/s no vácuo.

Estamos prestes a conhecer a interação maravilhosa entre o nosso DNA e os fótons que viajam à velocidade da luz. Compreendemos agora a existência do DNA em termos de energia que contém um conjunto de informações e a capacidade dos fótons na transferência de energia que contém informações para os elétrons.

Relacionado: A Frequência do DNA e o Corpo Humano.

Neste ponto, você pode estar se perguntando que milagre aconteceria no encontro entre o DNA e uma partícula que viaja à velocidade da luz.

O cientista russo Dr. Vladimir Poponin, identificou fótons espalhados e correndo dentro do vácuo quando ele isolou completamente e criou um vácuo no interior de um recipiente. Então ele inseriu um DNA dentro do recipiente e, em seguida, mediu a localização dos fótons. O que ele encontrou foi incrível. Desta vez, ele viu que os fótons que estavam espalhados anteriormente no vácuo estavam agora perfeitamente dispostos em alinhamento com o DNA que foi inserido no vácuo.

Foi uma experiência totalmente chocante para os pesquisadores. Em seguida, eles removeram o DNA do recipiente e, em seguida, buscaram novamente localizar a posição dos fótons. Desta vez, os resultados do experimento foram ainda mais chocantes do que o anterior: os fótons estavam alinhados nas mesmas posições anteriores quando o DNA estava no recipiente, pareciam exatamente como um DNA feito de fótons.

Fato este conhecido como “DNA fantasma”. Finalmente, foi comprovado que o DNA físico gerava um efeito sobre os fótons não físicos e o DNA estava em comunicação com estes fótons através de um novo campo de energia. Isto provou a existência de uma ligação entre o DNA e os fótons (1).

Mas não parou por aqui: estes fótons não só interagem com o DNA, mas também desempenham um papel principal na determinação da saúde do nosso corpo. Espantado ? Sim, em outro experimento uma verdade chocante apareceu que trouxe uma nova luz para o mundo da saúde.

Um físico alemão Dr. Fritz Albert Popp, que fez uma pesquisa exclusiva em biofísica descobriu a presença de biofótons nos tecidos. Ele descobriu que o DNA existente em uma célula armazena e libera fótons criando “as emissões biofotônicas” que detêm a chave para a doença e a saúde.

Estes biofótons não são meros fótons que desempenham um papel significativo na comunicação dentro e entre as células para determinar a integridade dos tecidos. A emissão coerente de biofótons está ligada a processos de transferência de energia e informação nos organismos biológicos e que também está ligado à função do DNA para a regulação do gene. Na sua investigação, verificou-se que as células saudáveis tinham mais biofótons, enquanto as cancerosas e as células doentes tinham uma menor quantidade de biofótons (2, 3, 4).

A conclusão é de que os fótons são os meios pelos quais as células do nosso corpo se comunicam. Quanto mais o DNA humano armazena e libera fótons (biofótons) mais determina a saúde dos tecidos vivos do corpo humano. Quanto mais fótons maior o conjunto de informações conhecidas como “inteligência” que entrega as instruções ao DNA no que se refere à produção de proteínas que são essenciais para a nossa vida. Quanto mais aumenta o número de biofótons na célula mais saudável ela se torna, e quanto menor a quantidade de biofótons na célula mais doente ou cancerosa ela se torna.

A Luz é na verdade, uma energia eletromagnética que está ligada à consciência humana, que é a fonte fundamental da vida humana. O mais poderoso gerador eletromagnético no corpo humano é o nosso coração, ele é 5.000 vezes magneticamente mais poderosos do que o cérebro. Ao mesmo tempo, o nosso coração é 100 vezes mais poderosos eletricamente do que o cérebro (5, 6).

Em suma, o coração é cinco vezes eletromagneticamente mais poderoso do que o cérebro, o que o mantém constantemente gerando pacotes quânticos eletromagnéticos que carregam um conjunto de informações conhecidas como “inteligência” para o corpo todo, que está imerso no campo do coração. Este campo é detectável de 3 a 4 metros de distância.

Ao alterar os campos eletromagnéticos do coração, somos capazes de mudar todo o campo eletromagnético em que está imerso o corpo humano. O coração humano na verdade é a fonte de luz e poder, esta luz determina a saúde do corpo humano. As pessoas que geram emoções mais positivas são capazes de criar coerência cardíaca de alta qualidade, que por sua vez, determina a qualidade do campo eletromagnético gerado pelo coração. Isso então determina os biofótons que são emitidos pelo campo eletromagnético do nosso corpo, o que determina a nossa saúde.

No Instituto Heartmath, os cientistas passaram a testar o efeito das emoções sobre o DNA. Nesta experiência, uma amostra de DNA de placenta humana foi colocado em num recipiente a partir do qual se podia medir as alterações do DNA. Vinte e oito frascos de DNA foram entregues para cada um dos 28 pesquisadores treinados. Cada pesquisador havia sido treinado sobre como gerar e sentir emoções diferentes. Os resultados da experiência mostraram que o DNA alterava a sua forma de acordo com os diferentes sentimentos dos pesquisadores.

Estes excelentes resultados mostraram que quando os investigadores sentiram gratidão, amor e apreço, o DNA respondeu relaxando e os filamentos se esticaram com o comprimento do DNA tornando-se maior. Quando os pesquisadores sentiram raiva, medo, frustração e estresse, o DNA respondeu contraindo-se e desligando muitos códigos do DNA (7).

Mais tarde o HeartMath aplicou intervenções práticas para gerar emoções positivas em pacientes HIV positivos e descobriram que o sentimento de amor, gratidão e apreço aumentou em 3.000.000 vezes a resistência ao HIV que eles tinham (8).

Verdadeiramente, por abrigar emoções positivas no coração uma pessoa é capaz de gerar um campo eletromagnético altamente coerente, que pode até mesmo alterar o DNA, podendo mudar sua saúde e sua vida.

©Dr. Fahad Basheer
Origem: wakeup-world
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Referências:

(1) P.P.Gariaev, K.V. Grigor’ev, A.A. Vasil’ev, V.P. Poponin, and V.A. Shcheglov, “Investigation of the Fluctuation Dynamics of DNA Solutions by Laser Correlation Spectroscopy,” Bulletin of the Lebedev Physics Institute (1992), no. 11-12, p. 23-30, as cited by Vladimir Poponin in an online article “The DNA Phantom Effect: Direct Measurement of a New Field in the Vacuum Substructure” (Update on DNA Phantom Effect: March 19, 2002)
Rattemeyer M., Popp F. A., Nagl,W. (1981) Evidence of photon emission from DNA in living systems, Nature Wissenshanften, 68 (11): 572-573.
(2) Cohen, S., Popp, F.A. (1997) Biophoton emission of the human body. Journal of Photochemistry and Photobiology B: Biology 40(2): 187-189
(3) Motohiro; Kobayashi, Masaki; Takayama, Mariko; Suzuki, Satoshi; Ishida, Takanori; Ohnuki, Kohji; Moriya, Takuya; Ohuchi, Noriaki (2004).
(4)”Biophoton detection as a novel technique for cancer imaging”. Cancer Science 95 (8): 656–61
(5) Rollin Mc Carty. irector of research institute of heartmath. BBC Documentary Catalyst 2007
(6) Rollin Mc Carty director of research institute of heartmath. Shift cv the frontiers of consciousness
(7) Rollin McCraty, Ph.D. Mike Atkinson, and Dana Tomasino, b.a modulation of DNA conformation by heart focused intention, Institute of heartmath, (2003)
(8) A Pilot Intervention Program Which Reduces Psychological Symptomatology in Individuals with Human Immunodeficiency Virus: Deborah Rozman, PhD, Rupert Whitaker, PhD, Tom Beckman, BS and Dan Jones; Complementary Therapies in Medicine. 1996; 4 (4): 226-232.

Frequência, DNA e o Corpo Humano

Toda a sua existência… Toda a matéria, toda a vida, todas as experiências, tudo deve a sua existência no mundo físico, a frequência. Absolutamente tudo é frequência. Você não pode ter uma experiência neste planeta sem atrai-la através da frequência.

Toda emoção, incluindo amor e ódio sintonizam em uma frequência específica. A saúde tem uma frequência. A doença tem uma frequência.

Cada um dos seus órgãos estão sintonizados em uma frequência específica, como está todo o seu corpo, que ressoa em sua própria frequência. Você é uma sinfonia de frequências, enquanto você se projeta através deste Universo e cria a sua realidade física. Você é um mestre da sua energia, e, portanto, você é capaz de controlar tudo o que você é, tudo o que você faz, tudo o que você experimenta. Desde o dia em que você nasceu até o dia de sua morte, nada vai mudar o fato de que você é ambos, um emissor e um receptor de frequência em fluxo com o seu ambiente interno e externo.

O DNA possui duas características estruturais de antenas fractal, condução elétrica e auto simetria. A condução elétrica permite a circulação de partículas eletricamente carregadas dentro do corpo, cujo fluxo produz a nossa força vital.

A própria vida como a conhecemos está incrivelmente entrelaçada com formas geométricas, a partir dos ângulos de ligações atômicas nas moléculas dos aminoácidos, nas espirais do DNA, com o protótipo esférico da célula, nas primeiras células de um organismo que assumem vesical tetraédrica e estrela (duplas) em formas tetraédricas antes da diversificação dos tecidos para diferentes funções fisiológicas.

As moléculas do nosso DNA, a córnea do nosso olho, os flocos de neve, as pinhas, as pétalas das flores, os cristais de diamante, a ramificação das árvores, um escudo do nautilus, a estrela que gira em torno de si, a espiral de galáxia dentro de nós, o ar que respiramos e todas as formas de vida como as conhecemos emergem de códigos geométricos intemporais.

Nosso corpo humano neste planeta é todo desenvolvido com uma progressão geométrica comum de um para dois, para quatro, para oito células primitivas e mais além.

O Universo é mais do que 99,999% de espaço vazio, incluindo o nosso próprio corpo. Todas as coisas físicas são feitas de átomos, que são principalmente espaços vazios. Se o núcleo fosse do tamanho de uma bola de gude, os elétrons seriam partículas de poeira há um quilômetro de distância. Cada coisa física tem muito espaço vazio nela. Dentro desse espaço vazio está a inteligência e a frequência.

Em quase todo lugar que olhamos, a inteligência mineral incorporada dentro de estruturas cristalinas segue uma inabalável geometria na sua exatidão. Os padrões de treliça em todos os cristais expressam os princípios da perfeição matemática e repetição de uma essência fundamental, cada uma com um espectro característico de ressonâncias definidas pelos ângulos, comprimentos e orientações relacionais dos seus componentes atômicos.

A proporção áurea de segmentos na estrela de 5 pontas (pentagrama) eram considerados sagrados para Platão e Pitágoras em suas escolas de mistério. Note-se que cada seção maior (ou menor) está relacionada com a proporção fi, de modo que em uma série de potência da razão de ouro sucessivamente elevada para superior (ou inferior) as potências são geradas automaticamente.

Proporções de Fibonacci aparecem na proporção do número de braços espirais nas margaridas, na cronologia das populações de coelhos, na sequência de padrões de folhas como elas se torcem em torno de um ramo e uma infinidade de lugares na natureza onde os padrões de auto geração estão em vigor. A sequência é a progressão racional para o número irracional consubstanciado na proporção áurea por excelência.

O mundo e o Universo ao nosso redor são preenchidos com a geometria sagrada e a proporção áurea. A partir das conchas até o corpo humano, desde o cosmos até o átomo, todas as formas são permeadas com os padrões encontrados na geometria sagrada. As teorias da geometria sagrada podem ser verificadas matematicamente, sendo também um campo que gera interesse para muitas comunidades religiosas diferentes que entendem que ele detém profundos significados espirituais para eles. Os cientistas, arqueólogos, matemáticos e muitos buscadores espirituais estudam geometria sagrada também.

O genoma humano têm pelo menos quatro milhões de interruptores de genes que residem em pedaços de DNA que uma vez foram dispensados como “lixo”, mas verificou-se que o chamado DNA lixo desempenha um papel crítico no controle de como as células, órgãos e outros tecidos se comportam. A descoberta, considerada um grande avanço médico e científico, tem enormes implicações para a saúde e consciência humana, pois muitas doenças complexas parecem ser causadas por pequenas mudanças em centenas de comutadores de gene.

A medida que os cientistas mergulharam no “lixo”, partes do DNA que não são genes reais contêm instruções para as proteínas, eles descobriram um complexo sistema que controla os genes. Pelo menos 80 por cento deste DNA é ativo e necessário. Outros 15 a 17 por cento tem as mais altas funções que os cientistas ainda estão decodificando.

A maioria das moléculas do corpo são dipolos elétricos. Esses dipolos elétricos funcionam como transdutores sendo capazes de transformar as ondas acústicas em ondas elétricas e as ondas elétricas em ondas acústicas.

Um número de proteínas da membrana, bem como o DNA consistem de bobinas helicoidais, permitindo que funcionem eletricamente como bobinas indutoras. Os tecidos biológicos podem possuir propriedades supercondutoras. Se certas proteínas da membrana e o DNA realmente funcionarem como indutores elétricos eles podem permitir que a célula produza transitoriamente altas tensões elétricas.

A doença crônica ocorre quando a tensão cai abaixo de certa voltagem. As células, então, não tem energia suficiente para funcionar corretamente e a quantidade de oxigênio nas células cai, ocorrendo uma mudança de metabolismo aeróbico (oxigênio disponível) para metabolismo anaeróbico (diminuição de oxigênio).

As propriedades naturais das estruturas biomoleculares permitem que os componentes celulares e células inteiras oscilem e interajam ressonando com as outras células. As células do corpo e os componentes celulares possuem a capacidade de funcionar como ressonadores elétricos.

O Professor H. Frohlich previu que a oscilação fundamental das membranas celulares ocorre em frequências da ordem dos 100 GHz e os sistemas biológicos possuem a capacidade de criar e utilizar oscilações coerentes e responder a oscilações externas.

Porque as membranas celulares são compostas de materiais dielétricos uma célula irá comportar-se como um ressonador dielétrico e vai produzir um campo eletromagnético evanescente no espaço em torno de si. Este campo não irradia energia, mas é capaz de interagir com sistemas semelhantes.

As aplicações de certas frequências por dispositivos geradores de frequência podem melhorar ou interferir com a ressonância celular, metabólica celular e as funções elétricas. As alterações no grau em que a água está estruturada em uma célula ou no CEM (Campo Eletromagnético) afeta as configurações e propriedades dos cristais líquidos das proteínas, membranas celulares, membranas organelas e o DNA.

Os tecidos saudáveis têm mais água estruturada do que os tecidos não saudáveis. Os médicos que reconhecem este fato descobriram que certos tipos de música, tonificação, cânticos, diapasões, taças, águas magnéticas, certos tipos de geradores de frequência, tratamentos de fitoterapia e preparados homeopáticos podem melhorar a estruturação da água nos tecidos e a saúde quando corretamente utilizados.

As células do corpo são compostas de matéria. A própria matéria é composta de átomos, que são misturas de elétrons carregados negativamente, prótons carregados positivamente e nêutrons eletricamente neutros. Quando um elétron é forçado a sair de sua órbita em torno do núcleo de um átomo a ação do elétron é conhecida como eletricidade. Um elétron, um átomo, ou um material com excesso de elétrons tem uma carga negativa.

Existem várias estruturas de células que atuam como componentes elétricos. Se os tecidos biológicos e os componentes dos tecidos biológicos podem receber transdução e transmitir vibrações elétricas, acústicas, magnéticas, mecânicas e térmicas, então isso pode ajudar a explicar fenômenos como:

  • 1. Reações biológicas a perturbação atmosférica, eletromagnética e iônica (manchas solares, tempestades e terremotos).
  • 2. Reações biológicas ao campo geomagnético da Terra e campos de frequência de Schumann.
  • 3. Reações biológicas a cura pelas mãos.
  • 4. Reações biológicas a máquinas que produzem eletricidade, magnetismo, fotônica e vibrações acústicas (geradores de frequência).
  • 5. Os dispositivos médicos que detectam, analisam e alteram os campos eletromagnéticos biológicos (o Campo Magnético).
  • 6. Como técnicas como a acupuntura, moxabustão, e acupuntura com laser (fotônica) podem resultar em efeitos de cura e movimentos do Chi ?
  • 7. Como o trabalho do corpo, como a massagem profunda, o rolfing, a fisioterapia, a quiropraxia entendem como promover a cura ?
  • 8. A comunicação holográfica.
  • 9. Como funciona a terapia neural.
  • 10. Trabalhos de triagem Como eletrodérmicas.
  • 11. Como alguns indivíduos têm a capacidade de sentir, interpretar e corrigir alterações no biocampo de outro indivíduo.

Os campos elétricos precisam ser medidos não apenas como fortes ou fracos, mas também como portadores de baixa ou alta carga de informação.

O biofísico russo e biólogo molecular Pjotr Garjajev e seus colegas também exploraram o comportamento vibracional do DNA. O resultado final foi: “cromossomos vivos funcionam como computadores solitônicos/holográficos utilizando a radiação laser no DNA endógeno.” Isso significa que eles conseguiram, por exemplo, modular determinados padrões de frequência em um raio laser e com isso influenciaram a frequência do DNA e, assim, a informação genética em si.

Porque campos elétricos convencionalmente definidos como fortes termicamente podem ter baixo conteúdo de informações e eletricidade nas áreas biológicas, campos convencionalmente considerados como termicamente fracos ou não ionizantes podem ter elevado conteúdo de informações, se o equipamento de recepção adequada existir nos tecidos biológicos. Campos eletromagnéticos fracos são: bioenergéticos, bio-informacionais, não ionizantes e exercem efeitos biológicos mensuráveis não térmicos. Campos eletromagnéticos fracos afetam organismos biológicos, tecidos e células, que são especificamente de alta frequência e a curva/dose resposta é não linear. Devido aos efeitos dos campos eletromagnéticos fracos serem não lineares, a frequência dos campos e a amplitude das janelas adequadas podem produzir grandes efeitos, que podem ser benéficos ou prejudiciais.

A homeopatia é um exemplo do uso de um campo fraco com um efeito eletromagnético benéfico. Exemplos um campo termicamente fraco, mas com alto conteúdo de informações na faixa de frequência correta são a luz visível e o toque de cura. Os tecidos biológicos possuem componentes elétricos que podem receber, transduzir, transmitindo sinais elétricos fracos que são realmente abaixo do ruído térmico.

Organismos biológicos usam campos eletromagnéticos fracos (eletricidade e fotônicos) para se comunicar com todas as partes de si. Um campo elétrico pode transportar informação através da frequência e flutuações de amplitude.

Organismos Biológicos São Hologramas

Esses organismos biológicos saudáveis têm biocampos coerentes e organismos saudáveis têm campos de interrupções e sinais não integrados. Diz-se que a frequência e sua vibração é a variável de dependência. A informação genética de onda do DNA, registrada dentro das polarizações dos fótons conectados sendo um quantum não local, constitui um espectro de ondas de rádio de banda larga correlacionados por meio de polarizações com os fótons.

Existe atualmente em nosso planeta, um grande cisma na crença quanto à frequência de ressonância. Há aqueles que acreditam que sim, todos nós vibramos na mesma frequência, sendo a taxa vibracional dos pontos de energia ou a taxa vibracional do fígado. E muitas dessas pessoas que acreditam, realmente descobriram a taxa vibracional dos diversos órgãos, de outras partes do corpo e dos campos etéricos, eles inventaram instrumentos, fizeram fitas ou criaram máquinas que de alguma forma projetam a frequência de ressonância correta ao redor do corpo curando o que o aflige.

Existem outros que acreditam que nós somos seres vibratórios únicos, que as frequências dos nossos órgãos e sistemas corporais podem ser diferentes e não são iguais.

Um fato permanecerá sempre… Todos nós somos energia delimitados por frequência. Como podemos interpretar a nós mesmos e o nosso Universo é guiado por um conceito fugaz que os cientistas ainda acham misterioso, mas intrigante. Até esse dia chegar, quando mais pesquisa for dedicada à forma como as frequências afetam toda a nossa existência, as respostas a estes mistérios permaneceram sem resposta.

transicao_dna

97% do nosso DNA tem um propósito maior e não é “lixo” – Como rotulada por cientistas

Depois de milhares de anos de ser desconectado de frequências e dimensões superiores, o nosso DNA está finalmente a romper com velhos padrões  que foram presos em uma matriz de tempo universal .No entanto, os seres humanos, em breve vão conhecer e entender porque 97% do nosso DNA tem um propósito mais elevado e porque sua transformação está nos levando para um despertar que nunca poderíamos ter imaginado.

O genoma humano é embalado com pelo menos quatro milhões de interruptores de genes que residem em pedaços de DNA que uma vez foram descartadas como “lixo”, mas verifica-se que os chamados junk DNA desempenham um papel crítico no controle de como as células, órgãos e outros tecidos se comportam. A descoberta, considerada um grande avanço médico e científico, tem enormes implicações para a saúde humana e da consciência, porque muitas doenças complexas parecem ser causadas por pequenas alterações em centenas de interruptores de genes.

Como cientistas mergulharam no “lixo” – partes do DNA que não são genes reais contendo instruções para proteínas – eles descobriram um complexo sistema que controla genes. Pelo menos 80 por cento deste DNA é ativo e necessário. Outros 15-17 por cento tem funções superiores que os cientistas ainda estão descodificando.

O resultado do trabalho é um roteiro anotado de grande parte desse DNA, observando o que está fazendo e como. Ele inclui o sistema de interruptores que, atuando como interruptores dimmer de iluminação, em que o controlo de genes são usados em uma célula e, quando eles são utilizados, e determinam, por exemplo, se uma célula torna-se uma célula do fígado ou um neurônio.

Há evidências de um novo tipo de medicina nas quais  o DNA pode ser influenciado e reprogramado por palavras e frequências  SEM cortar e substituir genes individuais.

Resultados e as conclusões dos pesquisadores russos são simplesmente revolucionários! De acordo com eles, o nosso DNA não é apenas responsável pela construção do nosso corpo, mas também serve como armazenamento de dados e na comunicação. Os linguistas russos descobriram que o código genético, especialmente no DNA lixo aparentemente inútil segue as mesmas regras que todas as nossas linguagens humanas. Para este fim, eles compararam as regras da sintaxe (a forma em que as palavras são unidas para formar frases e sentenças), a semântica (o estudo do significado nas formas de linguagem) e as regras básicas da gramática. Eles descobriram que os alcalinos de nosso DNA seguem uma gramática regular e têm regras como os nossos idiomas. Então idiomas humanos não apareceram coincidentemente, mas são um reflexo de nosso DNA inerente.

O biofísico russo e biólogo molecular Pjotr Garjajev e seus colegas também  exploraram o comportamento vibracional do DNA. O resultado final foi:  “cromossomas vivos funcionam como computadores solitônicas / holográficos usando a radiação laser do DNA endógeno.”  Isso significa que eles conseguiram, por exemplo, para modular determinados padrões de frequência sobre um raio laser e com isso influenciaram a frequência do DNA e, assim, a genética informação em si. Uma vez que a estrutura de base de pares de DNA-terroso e da linguagem (como explicado anteriormente) são da mesma estrutura, não é necessário descodificar o DNA.

Isso explica finalmente e cientificamente por que as afirmações, o treinamento autógeno, hipnose e similares podem ter efeitos tão fortes nos humanos e seus corpos. É perfeitamente normal e natural para o nosso DNA reagir à linguagem. Enquanto os pesquisadores ocidentais cortam genes únicos das fitas de DNA e inserem-nos em outro lugar, os russos entusiasticamente trabalham em dispositivos que podem influenciar o metabolismo celular através de frequências de rádio e luz modulada adequados e, assim, reparar defeitos genéticos.

Grupo de pesquisa de Garjajev conseguiu provar que com este método cromossomas danificados por raios-x, por exemplo, podem ser reparados. Eles até capturaram padrões de informação de um DNA particular e transmitiram para outro, reprogramando assim as células para outro genoma. Assim eles transformaram com êxito, por exemplo, embriões da rã para embriões salamandra simplesmente transmitindo os padrões de informação do DNA! Desta forma, toda a informação foi transmitida sem qualquer um dos efeitos secundários ou desarmonias encontrados durante o corte e re-introdução de genes isolados a partir do DNA. Isso é inacreditável, transformando isto numa revolução mundial! Tudo isto pela simples aplicação da vibração e da linguagem em vez do procedimento de corte arcaico para fora! Esta experiência aponta para o imenso poder da genética de onda, o que obviamente tem uma influência maior na formação dos organismos do que os processos bioquímicos das sequências alcalinas.

Esta descoberta também aponta para a importância das frequências de som e vibrações na origem da vida humana e da possibilidade de que a criação foi gerada por ondas de consciência. O efeito fantasma DNA é um caso em questão: o campo de energia de uma amostra de DNA permanece detectável por luz laser, mesmo quando a amostra física é removido. Em um nível fundamental, o homem é energia pura. Na onda de Genética, as funções de DNA lixo em uma rica infra-estrutura de nível de super códigos e comunicação onda, realizado na forma material como Gene-hologramas cristalinas estruturas dinâmicas em cristais líquidos do continuum cromossoma. O que esse modelo sugere é que o gene humano é parte de hologramas maiores (multiverso) de informação realidade onda. Hyper-comunicação, na forma de sensoriamento remoto, a cura à distância e telepatia, é definitivamente uma parte do protocolo humano.

Os cientistas estão cientes de que 97% do nosso DNA é, como eles chamam de “DNA lixo”. Eles chamam isso de lixo, porque eles não conseguem ver a sua utilidade para ele. Apenas 3% do nosso DNA é enrolado no fio espiral de dupla hélice. Durante o tempo do ciclo de 75.000 anos, quando somos expostos a maioria das ondas de energia de torção e isso afeta o nosso DNA, reorganizando a 97% “junk” DNA a partir de uma dupla hélice 2-fio a uma hélice avançada do homem de 12 filamentos em um salto da evolução.

Espaço vazio não é realmente vazio, mas preenchido com a energia das ondas de torção invisível em diferentes graus de concentração. Assim, como as estrelas e os planetas à deriva através da galáxia elas passam por diferentes concentrações em intervalos muito exatos de tempo, com ciclos precisos que podem variar em comprimento de milhares a milhões de anos. Como os planetas se movem através de períodos de alta concentração dessas ondas de torção uma transformação afeta a estrutura do DNA no planeta, o que causa uma evolução e formas de se replicar mais rápida do que as formas menos evoluídas da vida. Amplo evidência disto é visto a ocorrer através de nossos registos fósseis, que a evolução tem mostrado que isso ocorra em solavancos repentinos e não como um processo gradual. O efeito foi nomeado como “equilíbrio pontuado” por biólogos tradicionais.

SOBRE O AUTOR: 
Michael Forrester  é um conselheiro espiritual e é um palestrante motivacional praticando para as empresas no Japão, Canadá e Estados Unidos.
http://themindunleashed.org/2014/05/97-percent-dna-higher-purpose-j…
http://curasnaturais.tk/adn/97-por-cento-do-nosso-dna-tem-um-propos…
Anúncios

Uma ideia sobre “O Coração Humano – A Origem da Luz e da Vida

  1. Pingback: O Coração Humano – A Origem da Luz e da Vida – Saúde Holística

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s