Você quer ser uma vítima ou criador de sua realidade?

Destruindo as ilusões que obscurecem a nossa visão de nós mesmos e do mundo é que podemos transformar a nossa vítima num criador, descobrindo as limitações de conforto, destruindo o pensamento de carência, superando a passividade, transcendendo a discriminação, vendo além da separação aparente, superando os próprios julgamentos, parando de controlar e nos liberando da própria repressão. As circunstâncias que moldaram nossas vidas são tão únicas e individuais como a nossa personalidade: não existem duas pessoas iguais. No entanto, a nossa capacidade de crescer como pessoas, para evoluir sendo mais compassivos, amorosos e conscientes, não depende do que aconteceu com a gente, mas da nossa atitude. E ai, enfrentamos as dificuldades sendo pequeninos, resistindo, ou usando a situação para crescer? Só há duas atitudes que podemos tomar na vida: a de vítima ou de criador. A vítima não vê a beleza, não pode ver a abundância ou a perfeição das coisas, pois pensa que sabe como as coisas deveriam ser, uma ideia que inevitavelmente foi violada, uma ideia que está em desacordo com o que realmente é. Este sentimento de insatisfação gera raiva ‐ raiva da vida, diante de Deus ‐, e isso manifesta‐se na vítima como passividade, depressão, como inércia e uma aparente falta de interesse. E finalmente em ódio e violência.

Fonte: Você quer ser uma vítima ou criador de sua realidade?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s